Passa já da hora o vosso despertar espiritual . . . Saiba que a tua verdadeira pátria é no mundo espiritual . . . Teu objetivo aqui é adquirir luzes e bênçãos para que possas iluminar teus caminhos quando deixares esta dimensão, ascender e não ficar em trevas neste mundo de ilusão . . .   Muita Paz Saúde Luz e Amor . . . meu irmão . . . minha irmã

quinta-feira, 28 de novembro de 2013

137ª MENSAGEM DE ENSINAMENTOS ESPIRITUAIS Ditada pelo Apóstolo Thomé – Livro: Nova Ordem de Jesus Vol II Em 2-10-1971 Rio de Janeiro - Brasil ALGUNS MILHÕES DE ALMAS PODEM ALCANÇAR A REDENÇÃO AINDA NESTE SÉCULO – UMA NOVA ENCARNAÇÃO DEMORARÁ SÉCULOS – SIGAM OS ENSINAMENTOS DO SENHOR – PALAVRAS DO SENHOR AOS DIRIGENTES RELIGIOSOS DO OCIDENTE



A GRANDE PREOCUPAÇÃO do Senhor Jesus é ajudar as almas encarnadas que são todos os homens e mulheres da Terra, a galgarem os poucos degraus que ainda lhes faltam para alcançarem a sua redenção espiritual. Dizendo redenção espiritual o Senhor Jesus deseja significar o grau de relativa perfeição moral a ser atingida na Terra pelo grande número de almas que aqui se encontram em busca de maior progresso espiritual. Não se trata, evidentemente, da evolução total destas almas visto como sendo a vida infinita, muito terão ainda de aprender ao longo dos milênios do porvir. Há, porém, um determinado limite a ser atingido pelas almas que se encontram na Terra, para que possam considerar-se almas redimidas, e o Senhor Jesus está empenhado em que esse limite seja atingido ainda por alguns milhões de almas que se encontram encarnadas na Terra.

Há então necessidade de que todas estas almas se capacitem desta verdade e se despertem para alcançá-la o mais rapidamente possível, visto como encerrada esta presente encarnação deverão contar com um estágio de cem a duzentos anos no mundo espiritual para que possam conseguir um novo mergulho na carne.

O Senhor Jesus já explicou em Mensagem anterior o Seu grande empenho em preparar o maior número possível de almas encarnadas para servirem nos próximos séculos como Guias espirituais de outras almas encarnadas. Mas para que possam desempenhar tão elevada missão do serviço divino, necessário se faz que se encontrem na posse de certos conhecimentos acerca da vida espiritual.

O Senhor Jesus tem procurado difundir nestas Suas Mensagens uma soma de conhecimentos capazes de servirem ao desenvolvimento espiritual de todos os leitores, como o elemento de que mais necessitam para alcançarem aquele desejado grau de desenvolvimento espiritual que é a sua redenção. Com isto está o Senhor Jesus procurando suprir as deficiências dos ensinamentos ministrados pelas religiões terrenas, tão deficientes tem sido no que se refere à vida espiritual das almas encarnadas. A propósito, deseja o Senhor informar aos seus estimados leitores, que se estão preparando no Alto grandes reformas no ensino religioso da Terra, de maneira a esclarecer as almas desde a infância acerca de sua origem e finalidade de sua vinda à Terra. O sentido dessas reformas já está sendo transmitido por inspiração aos dirigentes das diversas religiões existentes na Terra, na esperança de que os recebam e ponham em prática o mais depressa possível.

O mundo terreno está caminhando cada dia para um novo e mais alto nível de vida planetária, em harmonia com as próprias vibrações de sua população de almas voltadas para a espiritualidade, e isto importa paralelamente no aprimoramento do ensino religioso que vem sendo ministrado nestes dois últimos milênios. Numerosas almas estão descendo à Terra desde a segunda metade do século passado com a missão de impulsionarem o ensino religioso com vistas à espiritualização de todas as almas encarnadas, do que resultará a elevação do nível vibratório de toda a população terrena.

Seria talvez pedir de mais aos atuais dirigentes das religiões terrenas, principalmente no Ocidente, que procedessem a uma reforma imediata dos seus princípios fundamentais, dado que já os encontraram ao assumirem seus cargos atuais. Contudo, o Senhor Jesus sempre deseja dizer algumas palavras a essas almas responsáveis por cada uma das religiões terrenas, e essas palavras são as seguintes: – Meditem demoradamente sobre quanto está acontecendo na Terra em matéria dos novos instrumentos do progresso que se estão apresentando em todos os setores da vida material, sendo levados a concluir que isso deve ser apenas uma parte do progresso geral da vida terrena. Hão de certamente chegar à conclusão de que os homens que tal sentido de progresso estão imprimindo à vida terrena não podem ser almas possuidoras de uma única encarnação no solo terreno, mas Entidades longamente vividas e experimentadas através de numerosas vidas passadas, durante as quais lograram desenvolver e aprimorar os seus conhecimentos. Isto é uma verdade autêntica que deve ser aceita e proclamada pelas religiões terrenas a todos os seus adeptos, em substituição à falsa afirmativa de que as almas são criadas no momento do nascimento dos corpos e com eles encerrarão a sua vivência na Terra. Semelhante teoria deve ser substituída pela verdade das reencarnações sucessivas das almas durante milênios, até que adquiram na sua vivência terrena todos os conhecimentos e experiências possíveis de adquirir na Terra. É tempo, pois, de se arquivar esse tipo de ensinamentos ditos religiosos, mesmo porque as almas que vêem chegando ao solo terreno já se encontram muito além desse tipo de ensinamentos.

Preparem-se as religiões terrenas para ministrar aos seus adeptos o conhecimento da origem das almas, surgidas de uma simples idéia na Mente Divina, e sua longa caminhada através de milhões de anos vividos primitivamente no éter imponderável até que as circunstâncias lhes permitam construir, primeiro, um organismo animal bastante simplificado para se transportarem a este plano físico. Todas as almas tiveram esta mesma origem, tendo percorrido longamente a escala da vida animal que pode ser contada por milênios, até que lograram ingressar no estágio humano peculiar a mundos inferiores à Terra, onde igualmente terão permanecido novos milhões de anos até que, havendo desenvolvido aptidões e adquirido conhecimentos dessas escolas, foram julgadas merecedoras de promoção à vida terrena. No mundo espiritual da Terra essas almas recém-ingressadas necessitavam de freqüentar as escolas nele existentes a fim de se prepararem para descer ao plano físico, para aqui iniciarem os primeiros passos como almas pertencentes ao ciclo terreno. Muitas foram, portanto, as reencarnações de todas as almas assim iniciadas na vida terrena, o que vale dizer que aqui nasceram, viveram e morreram um grande número de vezes em busca de luzes e experiências de que muito necessitavam. Como afirmar-se, então, que só se vive uma vez e que tudo termina na sepultura? É urgente o arquivamento deste tipo de ensino à guisa de ensinamento religioso porque inteiramente falso e prejudicial aos seres humanos. Prejudicial sim, explica o Senhor Jesus, pelo fato de dar ao homem a idéia de uma única vida, ao fim da qual tudo acaba para ele. Ao passo que, ensinando-se que a vida é infinita e que, provindo de um passado longínquo desde as classes mais ínfimas da criação até aos dias presentes, e que em cada uma de suas vidas o ser humano prepara a próxima existência na carne, ensinando-se esta grande verdade a todas as almas encarnadas, dar-se-lhes-á desta maneira a idéia de se conduzirem de maneira a não terem de resgatar em vidas futuras as faltas mais e menos graves que forem levadas a praticar em sua vida presente. Isto evidencia o grave erro das religiões que afirmam a existência de uma vida única, o que induz as criaturas a se aproveitarem ao máximo das coisas que as rodeiam, quando a verdade é muito outra: a vida é infinita como infinita é a Divindade.

As almas presentemente encarnadas neste pequeno planeta já percorreram uma longa escala de vidas que jamais conseguirão recordar nem constam sequer dos seus arquivos espirituais. Estão, por conseguinte, em relação à Terra, numa situação semelhante à dos alunos da série final do curso; se não passarem no exame final terão de deixar a escola porque outros alunos irão ocupar os seus lugares.

O Senhor Jesus vem expondo o assunto tão detalhadamente porque muito se empenha na compreensão do mesmo por parte dos Seus leitores, que o Senhor deseja sejam todas as almas encarnadas em todos os recantos do planeta. E é já tão longo o rosário de reencarnações de todas as almas que se encontram no solo terreno, que a displicência de muitas delas em tomar a sério estes ensinamentos e explicações do Senhor poderá importar no afastamento das mesmas do plano terreno por vários séculos, o que importará num estacionamento evolutivo bastante prejudicial a essas almas. Ao passo que um pequeno esforço das almas que estas Mensagens lerem ou delas tomarem conhecimento através de outrem, esforço de tal modo simples, que as impulsionará decisivamente no sentido da sua felicidade máxima como almas encarnadas. O esforço referido pelo Senhor Jesus outro não é senão a criação do hábito bastante agradável das almas se comunicarem todas as noites com a Divindade por meio da oração e meditação, através da qual receberão da Divindade, transformadas em luz para suas almas, as vibrações luminosas decorrentes da sua oração. Aquelas que se decidirem à prática deste belo hábito, podem estar certas de receberem da Divindade toda a ajuda de que necessitarem para poderem concluir satisfatoriamente a sua presente encarnação e se habilitarem a ingressar no serviço divino.

Vede, estimados leitores, quão fácil lhes será realizar esse pequeno esforço em benefício exclusivo do vosso rápido progresso espiritual. Empreendei-o, pois, com devoção e amor enquanto dispuserdes do vosso corpo atual.

O exame da série final do curso é agora – o gabarito são essas Mensagens.

A origem das Almas é uma simples idéia surgida na Mente Divina.

Todas as Almas do Universo – sem exceção – percorreram as diversas escalas evolutivas.


Verifique a possibilidade de vossa REDENÇÃO ESPIRITUAL