Passa já da hora o vosso despertar espiritual . . . Saiba que a tua verdadeira pátria é no mundo espiritual . . . Teu objetivo aqui é adquirir luzes e bênçãos para que possas iluminar teus caminhos quando deixares esta dimensão, ascender e não ficar em trevas neste mundo de ilusão . . .   Muita Paz Saúde Luz e Amor . . . meu irmão . . . minha irmã

terça-feira, 19 de abril de 2016

CAPÍTULO V - A FACULDADE INTUITIVA – Livro: Derradeira Chamada – pelo espírito do Irmão Thomé. Psicografado por Diamantino Coelho Fernandes.





Sempre que os homens e mulheres necessitarem de ajuda para suas tarefas de seres encarnados, não têm mais do que elevar seu pensamento ao Senhor, e solicitá-la. Sempre que uns e outras sentem necessidade de algo que escapa às suas possibilidades, disponham-se a conversar com o Divino Salvador por meio da prece sentida em seu coração, e confiem seu pedido ao Senhor, na certeza de que serão invariavelmente atendidos em tudo quanto de justo e razoável lhe pedirem.

Muito mais feliz e tranquila poderia decorrer a vida de um sem número de criaturas humanas, se não houvessem olvidado a recomendação que lhes foi transmitida ao partirem para a Terra, em termos mais ou menos assim:
- "Não te esqueças, meu filho, de que o Senhor é teu amparo em todos os momentos. Apela para Ele sempre que necessitares do seu apoio e este jamais te faltará."

Infelizmente porém, a memória física construída em cada nova encarnação, dificulta sobremodo esta recordação do Espírito ao ser encarnado. Contudo, Nosso Senhor não esquece os filhos da Terra, e pode dizer-se que permanentemente os visita, por intermédio de seus inúmeros mensageiros, como ainda agora o faz, para acordar neles esta recomendação. E hoje ainda mais do que no passado ela se torna necessária em face das medidas preparatórias no inicio do 3º milênio. Para este fim desceram à Terra muitos milhares de enviados do Senhor em todos os países, na esperança de despertar a memória espiritual de todos os filhos e filhas da era presente.

Por minha parte, começo a sentir uma grande alegria, decorrente do êxito de meus conselhos que correm o mundo enfeixados no meu primeiro livro “As Forças do Bem”, felizmente tão bem compreendidos pelos meus queridos leitores, cujo Espírito, em muitos deles, assemelha-se já a um diamante em fase final de lapidação. Espíritos de inúmeros leitores, sinceramente dedicados à prática de meus conselhos e ensinamentos, já têm estado em presença do Senhor Jesus em suas horas de sono na Terra, rendendo ao Divino Salvador a homenagem de agradecimento pelos conselhos recebidos por intermédio deste mensageiro.

Constitui em verdade um espetáculo inesquecível, presenciar a multidão de irmãos encarnados que todas as noites se transporta aos pés do Senhor Jesus, para agradecer as graças que por meu intermédio lhes enviou. Estes são os irmãos que primeiro conseguiram assimilar e pôr em prática os meus conselhos. Outros muitos estão igualmente a caminho de sua compreensão, sendo grandemente compensador para este mensageiro, testemunhar o sincero esforço que fazem para praticar os meus conselhos. De um modo geral, porém, graças sejam dadas ao Senhor Jesus, o ambiente terreno melhora de dia para dia, pela elevação das vibrações mentais emitidas pelos seres humanos, podendo Nosso Senhor esperar pela geral transformação das ondas negras anteriores, em luminosas ondas vibratórias, com real benefício para todos os homens e mulheres da era presente.

Evidencia-se desse princípio de transformação vibratória, que a grande maioria dos Espíritos encarnados carecia de esclarecimentos sobre os objetivos da vida terrena e suas indispensáveis ligações com os planos espirituais, o que bem compreendido foi no Espaço pelas Forças do Bem, ao decretarem o início desta Grande Cruzada de Esclarecimento.

Isto posto, meus irmãos e amigos queridos, dir-vos-ei algo de inteiramente novo para vós em vossa presente existência na Terra. Não transcorrerão mais de cinco a oito anos sem que um acontecimento verdadeiramente novo se verifique neste lado do mundo terreno, do qual vários outros hão de decorrer, com grande alegria para todos os homens e mulheres. Nosso Senhor determinou às Forças do Bem a preparação desse acontecimento, para que o mesmo se verifique o mais cedo possível na Terra. E isto para que muitos dos Espíritos que têm sua partida marcada de regresso aos planos que lhes são próprios, ainda possam assisti-lo. Que acontecimento será esse? – perguntareis vós. Eu vos responderei que o aguardeis confiantes e alegres, porque do mesmo resultará um grande número de benefícios para todos os encarnados.

Sem desejar denunciar desde já o que em breve virá, para vossa maior alegria e felicidade, sempre direi que o fato está estreitamente relacionado com a vinda do Senhor Jesus em Espírito à Terra, daí decorrendo o que venho de anunciar. Os sinais precursores do referido acontecimento começarão a aparecer em breve, e serão vistos e sentidos por toda a parte neste lado do hemisfério.

Aguardemos todos esse desejado momento.

A seguir desejo transmitir a todos vós, meus irmãos e amiguinhos, o que designarei simplesmente como desenvolvimento da faculdade intuitiva, ao alcance de cada um. Esta faculdade, existindo em estado latente em todos os Espíritos, encontra-se de certo modo adormecida em todos os homens e mulheres, e vou dizer-vos como fácil será despertá-la. A faculdade intuitiva independe de credo religioso, assim como do maior ou menor grau de instrução do ser humano. Ela reside numa glândula muito próxima ao cerebelo, e tem a finalidade de transmitir ao ser humano a orientação segura em suas atitudes ou deliberações. Como, pois, desenvolver esta utilíssima faculdade? Muito facilmente meus irmãos. Vós todos que decidistes e vindes praticando a meditação diária, já vos encontrais em excelente situação para desenvolver a faculdade intuitiva, por meio da qual vireis a saber com maior antecedência o que irá ocorrer no dia seguinte ou imediato, no setor que vos interessar. Agi, então, da seguinte maneira: Terminada a vossa meditação, que pode atingir os quinze minutos, encontrando-vos por conseguinte em estado de concentração mental, iniciai o seguinte exercício: - Procurai querer saber o que acontecerá em tal ou qual setor do vosso interesse, nos próximos dias, ou mesmo no dia seguinte. Fixai vosso pensamento nesse setor, procurando ver mentalmente as pessoas com ele relacionadas, o mais claramente possível. Demorai até cinco minutos neste exercício, ao fim dos quais algum quadro mental se vos apresentará, relacionado com o vosso objetivo. Tomai bem nota desse quadro. Pode dar-se também que o quadro só se apresente mais tarde ou quando estiverdes entregues aos vossos afazeres. O resultado, entretanto, da vossa indagação mental, vós o recebereis por meio da intuição, e esta não falhará nunca. Uma recomendação que desejo fazer-vos, meus irmãos leitores, é que não useis de especulação por meio da intuição, que só deve funcionar com propósitos honestos.

Uma vez convenientemente desenvolvida a faculdade intuitiva por este exercício, vós próprios vos surpreendereis com os resultados que haveis de colher em vossa vida diária. Tereis nesta faculdade um conselheiro autêntico, porque falarão por esse meio, não apenas vossa própria experiência milenar, como os conselhos de vossos maiores do Espaço, sempre desejosos de ajudar-vos. Praticai pois, o exercício da intuição, para dela colherdes frutos magníficos para a vossa felicidade na Terra, mas jamais especuleis com ela.

Ora bem. Para encerrar o presente capítulo, amiguinhos meus, uma nova recomendação vos transmito de ordem de Nosso Senhor Jesus, que é a seguinte: - Furtai-vos de alimentar toda e qualquer polêmica em torno destes conselhos que por Sua Ordem vim escrever na Terra. Furtai-vos de alimentar polêmica, à qual muitos de vós podem vir a ser tentados. Polêmica só pode interessar a quem, inspirado por Entidades perturbadoras, deseje diminuir o valor e a eficiência de quanto tenho divulgado na Terra. Lembrai-vos daquela cena do deserto, em que Nosso Senhor se viu tentado, e cortai o mal pela raiz, para vossa tranquilidade. O fato de alguns seres encarnados não aceitarem o que escrevi por determinação do Senhor Jesus, não lhes retira parcela mínima que seja, e por conseguinte, furtai-vos à discussão nesse terreno, deixando delicadamente que cada qual continue a pensar como lhe convier. Vós, sim, que aceitastes e praticais os meus conselhos, procurai aproximar-vos também de Nosso Senhor durante as vossas horas de sono, e d’Ele recebereis a confirmação do que aqui vos deixo, irmãos e amigos muito queridos.