Passa já da hora o vosso despertar espiritual . . . Saiba que a tua verdadeira pátria é no mundo espiritual . . . Teu objetivo aqui é adquirir luzes e bênçãos para que possas iluminar teus caminhos quando deixares esta dimensão, ascender e não ficar em trevas neste mundo de ilusão . . .   Muita Paz Saúde Luz e Amor . . . meu irmão . . . minha irmã

quarta-feira, 16 de novembro de 2016

CAPÍTULO III - Livro: Corolarium – ditado pelo Espírito de Maria de Nazareth ao médium Diamantino Coelho Fernandes. Cruzada Espiritual Feminina. — Sua constituição no Alto. — Organizada agora para funcionar também no plano terreno. — Entidades missionárias se tornarão visíveis e dirigirão a palavra aos encarnados.




 O meu maior desejo ao me dispor a ditar um livro na Terra, no qual espero poder dizer algo de muito importante ao coração das minhas queridas filhas, é o de contribuir com a minha  palavra para a maior e mais completa felicidade de cada uma. As almas que descem ao plano terreno para uma nova existência no corpo, perdem quase por completo a recordação do muito que já aprenderam antes, através de um sem-número de vidas, tornando-se aqui uma espécie de alunos do primeiro ano primário, quando tudo na escola lhes parece inteiramente desconhecido. 

As almas encarnadas, porém, possuem a faculdade de recorrer à memória espiritual que deixaram no Alto ao reencarnarem, podendo por isso recordar conhecimentos que muito as ajudarão em sua presente viagem à Terra.  Isto é uma lei que todas as almas podem utilizar, com resultados nem sequer imagináveis. Como, entretanto, nem todas se dispõem a buscar suas próprias recordações no plano espiritual onde possuem seus arquivos milenares, a grandiosidade da misericórdia do Senhor envia à Terra seus dedicados mensageiros com o fim de procurar despertar nas almas que aqui vivem o interesse pelas coisas do Espírito, e, consequentemente, o seu progresso evolutivo. 

Eu pedi então ao meu amado filho uma tarefa ao alcance das minhas possibilidades, pelo desejo imenso que me anima de despertar no coração das minhas estimadas filhas encarnadas o interesse pela sua mais rápida evolução espiritual. Recebi então do Senhor esta agradável missão que ora estou desempenhando por meio da palavra escrita, um dos meios mais eficazes de nós, Espíritos, falarmos ao vosso coração. 

Mas esta missão é tanto mais agradável para mim, quanto a certeza que eu tenho de que as minhas palavras vão penetrar como um bálsamo no coração da totalidade das minhas queridas filhas terrenas, e certamente também no dos muitos milhares ou milhões de filhos a quem eu também muito quero.  A circunstância de  eu resolver pedir ao Senhor esta missão, explica-se muito facilmente e de várias maneiras. Em princípio devo confessar a carência de um instrumento devidamente preparado para gravar no papel a minha  palavra, a minha  idéia, o meu pensamento, o que agora encontrei neste que me serve de intermediário. 

Não quero dizer com isto, que não se encontrem encarnados outros espíritos em condições de receber telepaticamente o meu pensamento e o transportar para o papel, tal como agora ocorre. Existem, sim, numerosos encarnados portadores de poderes e capacidade de produzir este fenômeno mediúnico. O que sucede, então, é que ou não conseguiram desenvolver esta maravilhosa faculdade psicográfica, ou se nela se iniciaram, faltou-lhes a perseverança necessária ao seu aperfeiçoamento. Constituiu por isto para todos nós, no Alto, um motivo de grande contentamento, o encontro deste querido intermediário, perfeitamente apto a receber nossa mensagem com uma dedicação e boa-vontade que todos louvamos e agradecemos. É bem aquele canal cósmico de que falais, através do qual estão sendo escritos na Terra os valiosos livros divulgados e ainda os que se encontram em andamento, este inclusive.   

As referências que faço à faculdade mediúnica deste querido intermediário não têm, nem de longe, o objetivo de lhe tecer elogios, que a bondade do seu Espírito só receberia constrangida; têm, antes, a finalidade de incentivar em cada uma de vós, minhas filhas, assim como nos meus filhos que eu estimo e quero igualmente, o desejo de vos tornardes também intermediários dos enviados do Senhor, todos desejosos de grafar palavras do maior valor para todos os viventes. E o melhor processo para isso é precisamente o desenvolvimento da faculdade psicográfica que todos vós possuís, só dependendo de um pouco de exercício para entrar em pleno funcionamento. 

Nosso Senhor retribuirá generosamente a todos que na Terra se prepararem para receber e divulgar quantos conselhos Ele desejaria ver circulando em livros no meio terreno. Preparai-vos, pois, filhas e filhos meus, para este elevado mister, na certeza de que estareis com isso praticando um verdadeiro serviço apostolar ao Nosso Querido Mestre Jesus.  

Eu sei de antemão que não há de faltar quem se disponha a contestar, provavelmente, a autenticidade da minha  palavra através deste livro, isto não, certamente, por não lhe reconhecer o mérito; mas por supor, na elevação da dedicação em que conserva a minha  personalidade espiritual, julgando por isso impossível àquele Espírito que teve a felicidade imensa de trazer o Senhor à Terra em corpo físico, deslocar-se da Corte Celeste para mergulhar no ambiente perturbado da Terra, com o objetivo de ditar um livro para conhecimento de quantos tiverem a ventura de possuí-lo. Eu esclarecerei de todo o coração os meus dedicados filhos e filhas que assim pensarem, que a circunstância de uma Entidade haver prestado serviços à Humanidade terrena, merecedores ou agraciados com a santificação do seu nome pela venerável Igreja Católica, não a impede, absolutamente, não só de reencarnar com outro nome em cada novo mergulho na carne, e muito menos de prosseguir em seu trabalho meritório no Espaço, da maneira pela qual possa melhor servir aos desígnios do Senhor. Este tem sido o meu, e o caso de numerosas Entidades que lograram receber de Roma o elevado grau de sua santificação, galardão que ostentam com sincera humildade. Eu voltei à Terra várias vezes após o fato histórico de Jerusalém, tendo sido religiosa em duas delas pelo menos, e a última vivida fora de qualquer laço religioso, para me dedicar com toda a minha  alma à difusão dos princípios espiritualistas, aos quais me referi no capítulo anterior. 

Assim, pois, eu rogarei aqui aos meus filhos e filhas que porventura se sentirem inclinados a recusar-me a autoria deste livro, que antes de externarem essa idéia, me solicitem um esclarecimento espiritual direto, pessoal, que eu acorrerei com alvoroço a fornecer-lhes as provas insofismáveis de que sou eu mesma, a Mãe do Senhor Jesus que vim grafar na Terra quanto consta das páginas deste volume, cujo título nesta altura ainda não escolhi.  

Isto dito, queridas e queridos filhos a quem amo verdadeiramente de todo o coração, quero falar-vos de outro assunto que no Alto preparei durante a semana para constar deste capítulo. Desejo alertar-vos a todos para uma série extensa de fenômenos que devem aparecer entre vós, nos próximos anos, fenômenos estes oriundos do processo em curso desde agora visando à modificação de certas condições existentes presentemente no meio terreno. À parte o que se refere propriamente à geologia e à topografia atuais, nas quais se operarão transformações mais ou menos profundas, aparecerão entre vós e se mostrarão aos vossos olhos materiais, numerosas Entidades a dirigir-vos a sua palavra iluminada, no sentido de que compreendais devidamente a nova situação em que podereis encontrar-vos de um momento para outro. 

O Senhor programou este gênero de avisos a serem divulgados por meio da manifestação espiritual de Entidades missionárias, considerando a possibilidade de que os livros que estão sendo divulgados a este respeito, não consigam chegar ao conhecimento de todos os filhos encarnados. Tereis então oportunidade de dialogar com as Entidades missionárias, como se o fizésseis com irmãos encarnados, e delas recebereis então os mais úteis conselhos, que elas vos transmitirão como emissários do Senhor Jesus, para que estejais preparados para partir, se for o caso, de regresso ao vosso lar espiritual. 

Este fato ainda se revestirá de importância maior, por se tratar da concessão da vidência espiritual a todos os encarnados, fenômeno ainda circunscrito a um pequeno número de pessoas, conforme deveis saber. Trata-se, evidentemente, de providência determinada pelo Alto com a finalidade não apenas de confirmar o que vem sendo escrito pelas Entidades que me precederam, como pelas que ainda virão a utilizar este e possivelmente outros instrumentos mediúnicos.  

O meu grande desejo consiste, então, em que minhas palavras possam encontrar guarida nos corações de todas as minhas filhas e filhos que as lerem, e que dessa leitura resulte uma forte decisão de cada um em se voltar dia e noite para o Senhor, ligando-se dessa maneira àquele poderoso sistema de salvamento já em funcionamento no plano espiritual. 

Todo o empenho do Senhor consiste em livrar de sofrimento, por menor que ele seja, as almas atualmente na Terra e que tenham de partir próxima ou remotamente, em virtude dos fenômenos que aqui se verificarem, e isto porque, sendo Jesus a Bondade, o Amor e o Socorro de todas as almas, Ele tudo está empreendendo no sentido de as preservar de quanto possa suceder-lhes de desagradável. 

Eu venho dizer-vos então por minha  vez, minhas filhas do coração, que eu também me preparei para cooperar decisivamente nos trabalhos do Senhor. Organizei e já está operando no Alto uma Cruzada Espiritual Feminina constituída por um numero bastante avultado de Entidades que me rodeiam, com o objetivo de secundar na Terra os trabalhos de despertamento dos corações. Ingressaram  na Cruzada Espiritual Feminina as Entidades mais evoluídas que se encontram ao meu lado no Alto, e se tornaram minhas colaboradoras em numerosos empreendimentos que temos organizado desde séculos, todos em serviço divino prestado às almas necessitadas. 

Eu superintendo assim no Alto uma vultosa organização assistencial, que muitos e bons serviços tem prestado através dos tempos a muitos milhares de almas que partem da Terra em condições precárias, Temos então um corpo de pioneiras que permanecem nas fronteiras dos diversos planos espirituais, com a missão de receber e conduzir aos centros de assistência que mantemos aos milhares, essas almas necessitadas, a fim de lhes serem prestados os serviços assistenciais e que são vários, desde o socorro médico ao conforto espiritual de que todas chegam necessitadas. 

E graças ao esforço incansável e boa-vontade dos meus numerosos grupos de pioneiras, temos a alegria de constatar o elevado grau de felicidade em que passam a viver no Alto todas as almas por nós socorridas em nossa já tradicional organização assistencial.   Agora concluímos a organização de uma Cruzada Espiritual Feminina destinada a funcionar no plano terreno, e para a qual eu venho convidar por este meio todas as minhas filhas que nela desejem  ingressar. 

Esta Cruzada terá o seu Estatuto que eu pretendo ditar por este mesmo processo, logo após a conclusão do livro que aqui está. Creio mesmo fazer do Estatuto da Cruzada Espiritual Feminina parte integrante deste livro, se isto puder ser. De posse do Estatuto, cada uma das minhas queridas filhas poderá nela  ingressar e tornar-se então uma das minhas estimadas cooperadoras na Terra.

Uma vez investida nesta função, minha  querida, eu a considerarei, pelos seus serviços, dedicação e boa-vontade, desde aqui  ingressada também na minha  organização assistencial do meu plano, como uma nova operária do serviço divino que juntas prestamos ao Senhor Jesus. Certo? Acredito sinceramente em que desta minha  vinda em Espírito ao meio terreno, muitas e muitas almas, iluminadas pela bondade e o amor ao próximo, eu poderei acrescentar ao elevado número das que já se encontram inteiramente devotadas ao serviço do Senhor no Alto. 

Voltarei a falar na minha Cruzada com novas referências em capítulo posterior.   Deixo-vos aqui a bênção que o Senhor vos envia por meu intermédio, e a minha  própria que eu vos ofereço de todo o coração.