Passa já da hora o vosso despertar espiritual . . . Saiba que a tua verdadeira pátria é no mundo espiritual . . . Teu objetivo aqui é adquirir luzes e bênçãos para que possas iluminar teus caminhos quando deixares esta dimensão, ascender e não ficar em trevas neste mundo de ilusão . . .   Muita Paz Saúde Luz e Amor . . . meu irmão . . . minha irmã

segunda-feira, 3 de abril de 2017

CAPÍTULO XXXIV – Livro: Corolarium – ditado pelo Espírito de Maria de Nazareth ao médium Diamantino Coelho Fernandes. Modificações substanciais no mundo terreno. — Montanhas de nenhuma utilidade serão transformadas em planícies verdadeiramente úteis. — O Instituto Universalista existente no mundo espiritual para as almas estagiárias. — Condição exigida das candidatas: estejam limpas de mácula.




As Forças Superiores a quem está subordinada a vida de todas as almas que se encontram na Terra, assim como quanto se relacione com a vida deste planeta, elaboraram desde séculos o plano de transformações da superfície terrena, agora em vias de execução. Todos os planetas do Universo estão sujeitos a modificações estruturais de maior ou menor profundidade, para atender às necessidades das almas que neles vivem, e também pela necessidade sentida pelos próprios planetas de alcançarem maior progresso. Isto ocorre em virtude da lei universal que não permite a estagnação da vida dos seres e das coisas além de um certo limite. No que diz respeito ao mundo terreno, por exemplo, ele se encontra na situação em que se operou a consolidação de sua superfície há milênios de milênios, não existindo nos vossos arquivos terrenos nenhum documento pelo qual possais fazer com exatidão a conta dos tempos decorridos.

Com os trabalhos planejados pelas Forças Superiores e já em andamento fora das vossas vistas, modificações substanciais vão ser operadas no mundo terreno com o objetivo principal de atender às necessidades duma população provavelmente maior do que a atual. Existem no vosso pequeno planeta áreas imensas ocupadas exclusivamente por montanhas rochosas de nenhuma utilidade para a vida dos seres humanos, as quais, em grande parte, deverão ser demolidas e transformadas em planícies verdadeiramente úteis. O processo dessa transformação é um só, como sabeis. O volume enorme de elementos constitutivos dessas montanhas terá de ser desmoronado por meio da explosão das cargas magnéticas colocadas em sua profundidade, do que resultará o que acertadamente denominais de terremoto. Este fenômeno telúrico, repetido quantas vezes se tornar necessário, é o agente transformador da superfície terrena por excelência, porque nenhuma outra força se lhe compara nesse efeito. Assim, ouvirá a humanidade terrena de todas as regiões o ruído causado por este fenômeno, e assistirá inclusive à transformação da topografia nos lugares em que ele se manifestar.

É natural, por conseguinte, que os efeitos produzidos no solo tenham de abranger o desmoronamento previsto de habitações e vidas humanas, retirando da Terra muitas almas cheias de vida e de esperanças em sua vivência atual. Ficai porém tranquilos, filhas e filhos meus, quanto a esta possibilidade em relação a cada uma de vós em particular. Se tal vier a acontecer a cada uma de vós ou a alguns dos vossos familiares, podeis ficar certas de que não terá sido para seu mal ou sofrimento, porém para a sua maior felicidade. Eu direi mesmo com toda a sinceridade com que estou ditando este livro, que bem-aventuradas serão todas as almas que vierem a desencarnar em consequência dos trabalhos realizados na Terra pelas Forças Superiores. As almas cujos corpos vierem a ser atingidos pelos acontecimentos em curso no solo terreno, serão recebidas e carinhosamente conduzidas a um plano de vida espiritual onde a felicidade e o bem-estar constituem a sua constante. Direi ainda, em apoio das minhas palavras anteriores, que todas as almas que vierem a desencarnar em virtude dos fenômenos telúricos em perspectiva, já encarnaram com essa determinação prévia, nenhuma surpresa havendo, por conseguinte, ao aportarem de regresso ao seu plano de vida espiritual. Todo o trabalho empreendido pelos enviados do Senhor ao meio terreno tem, pois, esta única finalidade: despertar as almas encarnadas para a realidade dos acontecimentos em perspectiva, para que se preparem moralmente para vivê-los. A preparação moral, já estais bem certas, todas vós que tivestes a ventura de ler os conselhos trazidos até vós pelos dedicados mensageiros do Senhor, consiste de bem pouca coisa; apenas da prática da oração diária a Nosso Senhor nas horas que melhor vos convierem, e da correção dos vossos atos em tudo quanto a vosso próprio juízo não seja digno de vós.

O Senhor Jesus recomendou-me insistir neste ponto, num ou noutro capítulo deste livro, pela necessidade de manter bem viva em vossa memória a idéia do que está para acontecer. Diz o Senhor que seria para lamentar se após o nosso trabalho de esclarecimento tão insistentemente realizado, viéssemos a testemunhar a perda no espaço cósmico de uma alma que fosse, pelo fato de não ter dado ouvidos às nossas palavras amigas. Acredito, porém, que tal não acontecerá, uma vez que estamos acompanhando com alegria a aceitação geral de quanto vem sendo divulgado neste sentido. Temos observado inclusive, isto que muito nos conforta, a todos nós que viemos à Terra com o único objetivo de falar aos vossos corações: filhas e filhos que tomaram conhecimento do assunto através dos livros ditados pelo querido Irmão Thomé e outras Grandes Entidades que vos falaram em VIDA NOVA e no ELUCIDÁRIO de Paulo de Tarso, estão-se desdobrando num belo esforço de divulgação junto aos seus amigos e conhecidos, realizando com isso uma tarefa verdadeiramente apostolar.

Falaremos em seguida de outro assunto que muito apreciareis, estou bem certa, por ser realmente interessante para todos vós, minhas filhas e filhos muito queridos. Falarei então a respeito do ingresso das almas estagiárias no Espaço, no conhecimento dos grandes problemas da vida universal, numa preparação de que todas necessitam para o seu desenvolvimento espiritual.

Existe em determinado plano do mundo dos Espíritos uma organização especializada no preparo das almas desejosas de adquirir maiores conhecimentos a respeito da vida universal, como disse, e por isso se candidatam a esse gênero de estudos. O ingresso nessa organização, não sendo, embora, aberto a toda classe de almas, não requer condições outras que não sejam capacidade comprovada para ingressar na ordem de estudos ministrados naquela organização.

Uma condição básica requerida das almas desejosas de ingressar na organização referida, a qual eu denominarei aqui de Instituto Universalista, é a ausência comprovada de faltas pendentes de resgate, o que só poderão conseguir mediante reencarnação na Terra. Aquelas que se encontrarem em tal situação, é claro que terão de libertar-se da mancha moral que carregarem para poderem ingressar naquele Instituto. Existe ainda um outro obstáculo a impedir o ingresso de candidatas na ordem de estudos ministrados no Instituto, que é a prática quando na Terra, numa ou mais encarnações, de delitos de homicídio, falta esta que mesmo depois de purgada através de fato semelhante, perdura por muitos anos nos arquivos negativos das almas. Estas almas, pois, estão impedidas de ingressar no Instituto Universalista por determinado período, mas não definitivamente. Requer-se, então, das candidatas ao ingresso nos estudos universalistas, a condição de absoluta pureza de vida das almas em suas diversas passagens pela Terra, e que muitas são elas, felizmente, numa proporção muito aproximada de noventa e três por cento de quantas aqui estiveram. Há por conseguinte um número bastante avultado de almas em condições de frequentar o I.U., para abreviar. Sucede, porém, que dentre as almas em condições de nele ingressar, por se encontrarem limpas de mácula, a muitas delas falta capacidade de assimilação das aulas ali ministradas, e a outras falta a necessária disposição de aprender, embora disponham das condições e idade necessárias. Isto se dá em condições semelhantes na Terra, onde muitos jovens desistem de estudar apenas por falta de vocação. Aqui como no Alto, isto se verifica em virtude do desinteresse da própria alma pelos conhecimentos advindos com o esforço despendido no estudo. Esta circunstância, aqui como no Alto, não é absolutamente definitiva. É apenas uma condição ocasional, transitória, até que se desperte na alma aquele desejo intenso de saber e subir, que é comum a todos os seres humanos.

Assim, pois, feita a seleção natural das candidatas ao ingresso no I.U. para um estágio que pode durar de vinte a trinta anos do calendário terreno, verifica-se com alegria geral a entrada nessa organização, de alguns milhares de almas desejosas de enriquecer o patrimônio científico com novos e maiores conhecimentos. Em geral, são as almas ex-alunas do I.U. aquelas que vêm depois à Terra com a missão de impulsionarem o progresso em seus diversos setores.

Entre os assuntos estudados na organização citada, encontra-se este, explicado na primeira fase de estudos universalistas: a criação dos mundos do Universo. É um estudo dos mais interessantes como é fácil de ver, e que consegue empolgar verdadeiramente as almas que constituem a classe discente. Entidades que são verdadeiros sábios pelo acúmulo de conhecimentos em estudos especializados em milênios de peregrinação neste e noutros planos mais evoluídos, ministram ali esta ordem de estudos, mediante os quais as almas ficam sabendo quando e de que maneira se iniciou a formação deste e de outros planetas, os quais ali se encontram representados nos seus diversos estágios de crescimento. Constata-se então a formação da nebulosa preparatória do mundo respectivo, sua lenta condensação durante a qual vários elementos vão sendo introduzidos através da nebulosa, entre eles o germe que a seu tempo daria origem ao aparecimento dos primeiros seres vivos no planeta. Os germes introduzidos em vários pontos da nebulosa encontravam-se num estado que eu denominarei de absoluta inconsciência, conservando, porém, as necessárias condições de vida a ser despertada milhões de anos mais tarde. Em relação à Terra, por exemplo, as almas vividas neste plano físico apreciam sobremodo o aparecimento dos primeiros exemplares da fauna marinha, como primeira manifestação da vida na Terra, e a evolução que mais tarde, muito mais tarde mesmo, se processou até que os primeiros seres vivos pudessem pisar e viver no solo terreno. Este gênero de conhecimentos tem o mérito de preparar as mentes para as atividades científicas que lhes cumpre exercitar oportunamente no meio terreno, quando lhes for dado reencarnar em tarefas de serviço divino.

Outro assunto igualmente empolgante das almas estudiosas no I.U., é aquele em que se lhes depara o panorama integral da constituição do Universo e o processo pelo qual tão bem se comporta e funciona toda a mecânica celeste, para usar uma expressão vossa conhecida. Não podeis sequer imaginar, enquanto na Terra, o que de maravilhoso existe nesta ordem de estudos no Alto, aos quais todos vós podeis ser admitidos um dia. Verdadeiramente maravilhosa, realmente, é a observação que lá podereis fazer um dia, acerca de como pode o Sol conservar todo aquele potencial de calorias que todos sentis a várias centenas de milhões de quilômetros do astro-rei, e a maneira pela qual todos os planetas deste sistema planetário enviam ao Sol a sua contribuição a fim de manter o seu calor. Isto podereis aprender também um dia, todos vós, filhos e filhas do meu coração, donde saireis mais tarde autênticos sábios para melhor servir, não direi apenas à humanidade terrena, porque seria limitar vossa ação cientifica, mas à coletividade universal. Muito belas coisas vos esperam a seu tempo no mundo espiritual quando puderdes libertar vossas almas hoje encarceradas na carne. Lá encontrareis um campo imenso de estudos e aperfeiçoamento do que hoje sabeis e que, por muito que seja, nada ainda representa em relação ao muito que haveis de aprender em contato com os Mestres do Além. Cuidai então do vosso viver atual. Policiai os vossos pensamentos e atos, com vistas, sempre, à possibilidade do vosso ingresso como alunos do Instituto Universalista. Com esse cuidado que eu aqui vos recomendo, estareis caminhando efetivamente para vos tornardes num futuro que só de vós depende, novos sábios autênticos universalistas, aptos, por conseguinte, a melhor servirdes ao Nosso Amado Jesus, que tanto carece do nosso serviço. Eu assim vos recomendo e assim espero de todos vós, filhas e filhos que eu muito amo.

Deixo-vos aqui a bênção que o Senhor vos envia por meu intermédio, e à minha própria que eu vos ofereço de todo o coração.