Passa já da hora o vosso despertar espiritual . . . Saiba que a tua verdadeira pátria é no mundo espiritual . . . Teu objetivo aqui é adquirir luzes e bênçãos para que possas iluminar teus caminhos quando deixares esta dimensão, ascender e não ficar em trevas neste mundo de ilusão . . .   Muita Paz Saúde Luz e Amor . . . meu irmão . . . minha irmã

sexta-feira, 2 de agosto de 2013

106ª MENSAGEM DE ENSINAMENTOS ESPIRITUAIS Ditada pelo Apóstolo Thomé Em 13-6-1971 Rio de Janeiro - Brasil O RESFRIAMENTO DO SOLO TERRENO – MINÉRIOS PRECIOSOS SERÃO ENTREGUES AO HOMEM – DESAPARECIMENTO DE ALGUNS PEQUENOS MARES – NOVA ESTRUTURA TERRENA PARA UM PERÍODO DE MIL ANOS – ALMAS ESTAGIANDO NA TERRA


A HISTÓRIA DA TERRA como planeta evolutivo de uma população de almas necessitadas de desenvolvimento espiritual, está repleta de episódios muito importantes, ocorridos em milênios de milênios entre as gerações que têm vindo seguidamente ao solo terreno. A História terrena tem registrado numerosos episódios envolvendo um número já incontável de conflitos promovidos por chefes ocasionais de algumas frações de povos, a tudo a Terra assistindo impassível, sem nada poder fazer de sua parte contra os desígnios de seus ocupantes transitórios. 

Agora, porém, outro tipo de episódios se estão registrando na superfície terrena, desta vez relacionados com a própria estrutura do planeta, com a finalidade de aplainar determinadas áreas montanhosas para serem utilizadas pelo homem para a sua subsistência.

Quando há cerca de oitocentos milhões de anos se processou o resfriamento do solo terreno e se consolidou a superfície, surgiram numerosas elevações por todo o globo, muitas das quais adrede preparadas para a localização de maiores ou menores cursos d’água da maior utilidade para as regiões circunvizinhas e ao longo do respectivo curso. Tais elevações montanhosas e suas nascentes são consideradas ainda hoje da maior utilidade à vivência das almas encarnadas, pelas facilidades que proporcionam à vida das populações instaladas à margem do seu curso. Estas elevações são por isso consideradas intocáveis pelas Forças Superiores do mundo espiritual, estando inteiramente fora dos planos elaborados para as grandes modificações da estrutura terrena.

Outras elevações existem, porém, e em grande número, em todas as regiões do planeta, que nenhuma utilidade apresentam em benefício da coletividade humana. Muitas ou várias destas elevações estão incluídas nos planos elaborados no Além para serem demolidas por meio do processo telúrico, a fim de serem transformadas em áreas úteis à produção de alimentos para os dez bilhões de almas que deverão habitar a Terra.

Proceder-se-á por conseguinte, a demolição de certas elevações montanhosas existentes nos cinco Continentes, de cuja operação resultará algo mais de importante em favor da humanidade encarnada. No seio de várias dessas elevações se encontram guardados pela Natureza determinados metais preciosos de que a ciência necessita para a realização de notáveis melhoramentos em diversos setores da atividade humana. Entre as diversas categorias de minérios a serem entregues ao homem, existentes
em vários lugares da Terra, alguns deles se destacam pela sua utilidade na melhoria dos transportes em geral, mas especialmente no setor da aviação. 

Estes preciosos elementos foram localizados há milhões de anos onde se encontram precisamente para serem descobertos e entregues ao homem quando a evolução dos conhecimentos humanos houvesse atingido o grau científico da era presente. Embora o objetivo fundamental da reforma da estrutura terrena seja a ampliação das áreas de cultura agrícola, muitos outros melhoramentos paralelos se registrarão por toda parte, todos com vistas à melhoria das condições da vivência terrena.

A vinda do Senhor Jesus ao solo terreno foi programada há muitos séculos, precisamente para coincidir com as operações transformatórias da estrutura terrena, cujo fato a História da Terra registrará como o maior acontecimento planetário ocorrido desde o resfriamento de sua superfície. Com a transformação do solo programada em várias regiões, outros fatos ocorrerão paralelamente, envolvendo as áreas oceânicas em vários pontos da Terra, podendo dar-se a mudança das águas de alguns pequenos mares para o interior do planeta, deixando seu solo a descoberto.

Isto tornar-se-á possível em face dos trabalhos aprimorados da engenharia celeste, empenhada desde alguns séculos nessa espécie de trabalho. Sabendo-se que o centro do planeta retém uma respeitável provisão do elemento líquido em seu reservatório destinado a alimentar todos os condutos do subsolo, foi verificada a necessidade de fortalecer o volume desse reservatório interior, do qual vai depender o abastecimento de numerosos novos condutos que surgirão após as operações transformatórias da superfície. Daí a conveniência de recolher ao interior do planeta o volume líquido de alguns pequenos mares que nenhuma falta farão à sua população. 

Os habitantes da Terra já poderão apreciar devidamente o valor dos melhoramentos que estão sendo introduzidos no planeta através das operações em curso por toda parte, dos quais há de resultar uma vivência mais tranqüila e feliz para as almas encarnadas. As modificações em curso são destinadas a preparar uma nova estrutura terrena para um período não inferior a cem mil anos, segundo as previsões das Forças Superiores do mundo espiritual. Durante esse período previsto de cem mil anos, algumas gerações de almas aqui se desenvolverão espiritualmente provenientes de mundos inferiores, às quais incumbirá a tarefa de algo fazerem em benefício da vivência terrena.

E as almas atuais, para onde irão? - poderá desejar indagar alguns dos leitores. O Senhor Jesus satisfará a curiosidade do leitor, esclarecendo que as almas atualmente encarnadas, e bem assim aquelas que se encontram no mundo espiritual, após as várias vindas à Terra durante aquele período de tempo, deverão ter alcançado já um notável grau evolutivo que lhes facultará retornar à Terra na situação de Mestres, Guias e Protetores da humanidade encarnada, ou permanecer no mais elevado plano do mundo espiritual na qualidade de assessores e conselheiros do Senhor Jesus, na Sua difícil tarefa de governar a humanidade terrena.

A julgar pelo ingresso constante no ciclo terreno de almas provindas de dois a três mundos inferiores, é de prever a duplicação do número de almas integradas no ciclo terreno, podendo admitir-se num total de vinte bilhões o número de almas encarnadas e desencarnadas pertencentes à população terrena. É de prever igualmente um número respeitável de almas que houveram adquirido o grau máximo de evolução neste planeta, resolverem ascender a planeta vibratoriamente mais elevado a fim de prosseguirem no seu aprimoramento espiritual. Esse número, contudo, será compensado por aquelas almas que constantemente aportam ao ciclo terreno como enviadas de outros mundos, para aqui implantarem os melhoramentos que se fizerem oportunos. 

Isto acontece muito freqüentemente, tanto na vinda para a Terra de algumas almas pertencentes a planetas mais evoluídos com a missão de ajudar o progresso do mundo terreno, como igualmente de mundos algo inferiores, com a missão de observarem o que na Terra existe que possa ser implantado em seu mundo de origem.

Neste momento mesmo encontram-se vivendo no conjunto da população terrena cerca de dois mil de almas oriundas de um mundo vibratoriamente inferior a Terra, as quais se encontram, ou cursando as escolas técnicas da Terra, ou ao lado de empreendimentos especializados que elas servem com grande dedicação.

Presentemente os ramos da atividade mais observados pelas almas que poderemos designar estagiárias na Terra, são a hidráulica, a mecânica e a pavimentação de estradas, dos quais muito carece o seu mundo de origem. No ramo da hidráulica encontram-se empenhadas cerca de duzentas almas em diversos países, e muitas outras nos serviços auxiliares desta especialidade. No ramo da mecânica prática, um dos mais atrativos das almas estagiárias, trabalham atualmente cerca de mil e seiscentas almas, empenhadas na aquisição de um perfeito conhecimento da especialidade que desejam implantar no seu mundo de origem. Outras dezenas de almas se dedicam ao estudo do amanho da terra para as diversas culturas, apreciando sobremodo o processo mecanizado utilizado em vários países da Terra, do qual está necessitando o seu próprio planeta.

Curioso será saber como conseguirão estas almas estagiárias na Terra guardar os ensinamentos que vão recolhendo diariamente em suas atividades, para o fim de os implantarem futuramente em seu próprio mundo quando à ele retornarem. Sucede que este conjunto de almas espalhadas por vários países, costumam reunir-se em determinado lugar durante o sono do corpo a fim de trocarem impressões e se manterem informadas reciprocamente.

O governante do mundo em referência enviou à Terra uma pequena comissão de almas das mais evoluídas com a finalidade de orientar, inspirar e proteger as almas estagiárias onde quer que se encontrem, e com elas se reunir em determinado local do mundo espiritual para em conjunto registrarem os progressos alcançados nas diversas atividades. Esse registro fluídico servirá para conduzir ao mundo de origem as observações realizadas na Terra pelas almas estagiárias, para que não as olvidem no seu regresso.

O Senhor Jesus, previamente consultado pelo governante do mundo em referência, não apenas aquiesceu em receber a caravana de almas em missão de aprendizado, como se prontificou a designar uma Entidade do ciclo terreno para acompanhar cada uma de per si como seu Guia espiritual, com igual carinho ao dispensado às almas terrenas.

Estas almas estagiárias ao desencarnarem na Terra, ou retornarão prontamente ao seu mundo de origem a dar conta de sua missão, ou aguardarão uma nova encarnação no mundo terreno após decorrido pequeno lapso de tempo de repouso no mundo espiritual, segundo o seu desejo de concluir as observações e estudos começados. Não estão, portanto, estas almas sujeitas ao regime vigente para as almas da Terra, dada a sua necessidade de regressarem logo que possível ao seu próprio planeta. 

Sendo, embora, almas de nível evolutivo bastante inferior ao das almas terrenas, estas almas vieram bastante preparadas para aqui viverem como hóspedes das almas terrenas, e assim se tem comportado em condições de se tornarem estimadas pelas suas contemporâneas do mundo terreno. Muitas delas gostariam de aqui permanecer para sempre, não fosse o compromisso assumido e a sua qualidade de almas caravaneiras em missão de estudo na Terra.