Passa já da hora o vosso despertar espiritual . . . Saiba que a tua verdadeira pátria é no mundo espiritual . . . Teu objetivo aqui é adquirir luzes e bênçãos para que possas iluminar teus caminhos quando deixares esta dimensão, ascender e não ficar em trevas neste mundo de ilusão . . .   Muita Paz Saúde Luz e Amor . . . meu irmão . . . minha irmã

quarta-feira, 31 de julho de 2013

105ª MENSAGEM DE ENSINAMENTOS ESPIRITUAIS Ditada pelo Apóstolo Thomé Em 12-6-1971 Rio de Janeiro - Brasil FATO HISTÓRICO SEM PRECEDENTES – VANTAGENS DA PREPARAÇÃO ESPIRITUAL – A INSTITUIÇÃO DA PRECE O PRIMEIRO PASSO – NOVOS CONTINGENTES DE ALMAS -INVIOLABILIDADE DO LIVRE ARBÍTRIO – UMA GRANDE NOVIDADE PARA A TERRA


O SÉCULO EM CURSO deverá assinalar extraordinárias modificações em toda a superfície do planeta, com repercussão favorável na vida de todas as almas encarnadas. A repercussão favorável na vida de todas as almas encarnadas decorrerá das facilidades que se apresentarão na aquisição das coisas necessárias à vida, sobretudo no que diz respeito aos alimentos.

As Forças Superiores do mundo espiritual estão empenhadas na execução do que projetado foi para este século, a fim de registrar um fato histórico absolutamente ímpar na existência da Terra como planeta evolutivo de uma população de almas que o Pai Celestial designou para aqui se aprimorarem espiritual e cientificamente.

A história terrena registrará neste século a primeira grande transformação da superfície deste planeta, com a finalidade de poder receber e alimentar os vários milhões de almas que no Alto se preparam para descer ao solo terreno em busca de novas luzes e progresso espiritual. Os fatos que estão acontecendo em várias regiões do globo estão estreitamente vinculados aos acontecimentos programados no mundo espiritual para se positivarem neste século. O Senhor Jesus acompanha de perto os acontecimentos, empenhado em atender carinhosamente as almas que forem atingidas e tiverem de regressar ao mundo espiritual, conforme tem assinalado em Mensagens anteriores.

Há toda conveniência, portanto, em que toda a população terrena se disponha a meditar seriamente sobre os fatos que estão acontecendo, e faça de sua parte o que possa ajudá-la se acaso vier a ser envolvida pelos acontecimentos. Uma preparação espiritual das almas encarnadas pode contribuir e até anular os sofrimentos das pessoas residentes nas regiões marcadas pelos acontecimentos. Essa preparação consiste no hábito da prece e da meditação na hora de deitar, conforme o Senhor Jesus tem aconselhado em todas as Suas Mensagens, pelo grande bem que esse hábito proporcionará a todas as criaturas. Esse hábito que nada custa e se processa no momento em que as almas entregam o corpo ao repouso, tem o dom de contribuir para a tranqüilidade e felicidade de todos os seres humanos que a ele se entregarem.

A insistência com que o Senhor Jesus se refere em Suas Mensagens à necessidade da prece e meditação diárias na hora das pessoas se deitarem, visa exclusivamente o bem e a felicidade de quantos seres humanos aceitarem a recomendação do Senhor, e somente deles, do que todos se certificarão ao terem de regressar ao mundo espiritual. Por isso a insistência do Senhor neste ponto, para evitar a repetição de fatos bastante melancólicos verificados no passado com os milhões de almas que regressaram da Terra desprovidas de luz espiritual.

A ausência de espiritualização das almas enquanto na Terra, em muitos séculos e milênios transcorridos, determinou situações desagradáveis para as almas regressadas da Terra ao mundo espiritual, de certa maneira mais embrutecidas do que quando na Terra ingressaram. Não deseja o Senhor Jesus insistir na responsabilidade das religiões por esse fato, em face da relativa evolução do planeta, mas deseja corrigir de todo a falta de ensinamentos capazes de conduzir as almas atualmente encarnadas à sua espiritualização.

A instituição da prece e da meditação noturna é o primeiro passo das almas encarnadas para se espiritualizarem dado que desse hábito resulta o esclarecimento das almas e sua aproximação da Divindade, e conseqüentemente, o nascimento da fé nos corações. E sabendo-se ser a fé a mola impulsionadora das almas para o progresso espiritual, fácil é concluir acerca do valor da prece e meditação como o caminho reto das almas para a sua espiritualização.

O Senhor Jesus não se cansa de insistir neste ponto, considerando ainda a circunstância de se encontrar uma parte substancial da humanidade atual numa fase decisiva de sua evolução. Efetivamente, encontram-se encarnadas na Terra aproximadamente quatro bilhões de almas que necessitam de concluir neste século o seu aprendizado terreno, em muitas delas já um pouco retardado, em face da falta dos necessários esclarecimentos em vidas anteriores.

Este aprendizado deve ser concluído na presente vida terrena, com a dedicação das almas maduras aos ensinamentos trazidos pelos emissários do Senhor nas obras da Grande Cruzada de Esclarecimento e aos que o Senhor Jesus tem divulgado nestas suas Mensagens. O Senhor menciona ainda uma vez este fato com o objetivo de despertar a mente das pessoas em condições de entenderem a Sua recomendação para que aproveitem devidamente os dias que lhes restarem para permanecer no corpo.

Porque, desgastado este, se as almas não tiverem adquirido a sua espiritualização por terem vivido uma vida no chamado terra-a-terra, de certo irão estagiar durante séculos no mundo espiritual enquanto novos milhões de outras almas virão ocupar o solo terreno. Mas o Senhor espera que as Suas palavras logrem despertar a boa vontade de todos os leitores de Suas Mensagens para a sua espiritualização, a fim de que possa o Senhor utilizá-los em futuras missões do serviço divino neste planeta. 

Seria realmente para lamentar que tantos milhões de almas em fim de aprendizado terreno, tivessem de interromper a marcha iniciada há tantos milênios para a sua redenção espiritual, precisamente nos anos finais de sua permanência no solo terreno. Por isso o Senhor Jesus faz aqui o apelo que o diretor da escola faria aos alunos para que se empreguem a fundo no estudo de suas matérias, visto como não lhes seria possível repetir o ano e nem fazer segunda época, porque outras turmas deverão ocupar a escola. 

O Senhor Jesus faz aqui esse mesmo apelo a homens e mulheres, sobretudo a quantos se encontrarem em idade madura, dizendo-lhes também que não haverá segunda época para aqueles que não se esforçarem em benefício próprio.

A Terra terá de ser ocupada por novos contingentes de almas que já estão descendo do mundo espiritual. São contingentes de almas que necessitam de novos progressos morais e científicos que só a Terra lhes pode oferecer, devendo imprimir também um novo surto de progresso à vida terrena. 

Durante aproximadamente três a quatro séculos, esses contingentes de almas deverão ocupar a Terra, revezando-se em suas encarnações. Não haverá lugar, por conseguinte, para a reencarnação das almas atualmente encarnadas, às quais têm sido concedido esse direito em muitos milênios decorridos, os suficientes para que quase todas concluam na Terra o seu aprendizado. Assim pois, aquelas que perseverarem em recusar a própria espiritualização, seja pela comodidade em que vivem, ou seja pela alegação de não acreditarem na existência do Espírito, tem todo o direito de fazê-lo, dada a inviolabilidade do seu livre arbítrio. O Senhor Jesus conhece de sobra o fenômeno, mas deseja manifestar a essa categoria de almas o Seu desejo de vir a utilizá-las muito proximamente como enviados espirituais ao meio terreno, no desempenho da elevada missão de Guias e Protetores de outras almas. Como poderá, entretanto, o Senhor utilizar essa categoria de almas se o seu coração se achar desprovido da fé para guiar outras almas? Eis porque o Senhor tanto se empenha em implantar o elevado sentimento da fé nesses milhões de almas em véspera de regressarem ao mundo espiritual, após uma existência terrena devotada aos interesses ilusórios da matéria.

Iniciem, então, esses milhões de almas, o seu trabalho de aproximação da Divindade por meio da prática da oração e meditação diárias, na esperança de poderem agregar novas e importantes luzes espirituais ao seu diadema atual, a fim de poderem regressar em breve ao respectivo plano no Além, já iluminadas pela chama sagrada da fé, o mais importante dos atributos a distinguirem as almas no Além.

Em seguida o Senhor Jesus traçará algo de leve, o plano dos seus próximos projetos para este planeta, em face dos melhoramentos de vida previstos para as almas que tiverem a ventura de reencarnar nestes próximos quatro séculos. Pretende o Senhor Jesus instituir em todo o planeta estas duas importantes faculdades mediúnicas ao maior número de almas: a vidência e a audiência. Estas duas faculdades, e mais as já concedidas a numerosas almas do presente, proporcionarão a comunicação relativamente fácil entre encarnados e desencarnados, de maneira a reduzir ao mínimo o impacto atual da morte na quase totalidade das criaturas.

De posse da vidência e audiência, as pessoas que perderem parentes e amigos poderão avistar-se e com eles conversar periodicamente debaixo de determinadas condições. Isto amenizará de muito as saudades implantadas nos corações, e alegrará sobremaneira as almas desencarnadas. A vida terrena dos próximos séculos tornar-se-á assim bastante mais feliz que a atual, permitindo aos seres humanos devotarem-se mais ao seu desenvolvimento espiritual, de par com o próprio desenvolvimento científico.

Uma novidade que o Senhor Jesus espera instituir na Terra muito proximamente, uma novidade apenas para a Terra, porque já existente em outros planetas, será a instituição de escolas religiosas e filosóficas com aulas ministradas por Entidades espirituais que se materializarão perante os alunos para ministrarem suas aulas. Esta modalidade de aulas se estenderá a todo o planeta, de maneira a constituir a uniformidade do ensino religioso a toda a população terrena. 

Este tipo de aulas em matéria religiosa terá ainda o mérito de despertar as almas encarnadas para sua espiritualização desde os primeiros anos de vida terrena, o que deverá acelerar a sua redenção espiritual. As Forças Superiores reconhecem que o relativo atraso evolutivo da população terrena se deve em grande parte ao tipo de ensino religioso contrário à espiritualização das almas, por motivos que não vem ao caso, mas que deverão cessar de todo em face dos ensinamentos trazidos à Terra por Entidades que se tornarão visíveis às almas encarnadas. 

O contato das Entidades ainda terá outra grande vantagem: a de manter as almas encarnadas com seus pensamentos voltados para o mundo espiritual e as coisas do Além, o que as ajudará, e muito, no cumprimento de suas respectivas tarefas na Terra. Este é apenas um esboço dos planos do Senhor Jesus para os próximos séculos.