Passa já da hora o vosso despertar espiritual . . . Saiba que a tua verdadeira pátria é no mundo espiritual . . . Teu objetivo aqui é adquirir luzes e bênçãos para que possas iluminar teus caminhos quando deixares esta dimensão, ascender e não ficar em trevas neste mundo de ilusão . . .   Muita Paz Saúde Luz e Amor . . . meu irmão . . . minha irmã

quinta-feira, 23 de julho de 2015

PREFÁCIO - Livro: Vida Nova – Ditado pelas “Forças do Bem”, psicografada por Diamantino Coelho Fernandes.





O mundo terreno ostenta já um tão grande número de obras abrangendo toda espécie de assuntos, que bem se poderia dizer que uma obra a mais ou a menos em nada alterará o nível cultural da humanidade terrena. Existem por toda a Terra aos milhares, obras didáticas, culturais, literárias, filosóficas e científicas a ilustrar o pensamento dos homens e mulheres em tal escala de saber, que uma obra a mais ou a menos em nada altera o statu quo atual.

Surge porém, na Terra, neste momento, uma obra da qual se poderá dizer com toda a razão, que por si só será capaz de substituir ou suplantar quanto na Terra se escreveu durante a vigência da presente civilização. Esta obra que aqui está enfeixada, está destinada a iluminar o caminho da espiritualidade a todos os felizes habitantes da Terra, e também a projetar as suas claridades imensas. Sua feitura obedeceu a um plano pacientemente estudado no Alto pelo Senhor Jesus, com o objetivo de traduzir a palavra das Forças Superiores para os seres humanos, necessitados de encerrar o quanto antes o ciclo de suas aspirações de grandeza material, que têm constituído a preocupação renovada em cada uma de suas vidas anteriores, para se encaminharem desde agora e para sempre, ao seu verdadeiro destino de seres espirituais possuidores de certo grau de luminosidade.

Organizado o plano desta obra grandiosa, dirigiu o Senhor do Mundo um generoso convite a cada uma das Entidades cujos nomes aqui aparecem, para que viessem emprestar à mesma a sua valiosa colaboração, a fim de oferecer, em palavras e imagens diferentes, um só e mesmo chamamento aos encarnados que tiverem a ventura de a compulsar, no sentido de se dedicarem com empenho à preparação do seu próprio viver de amanhã, nos planos a que vierem a ser conduzidos após a morte do corpo. Encontrareis aqui todos vós, ao longo dos cinqüenta e um capítulos de que é composta, a presença de algumas das mais ilustres figuras da História terrena assinando cada qual o seu capítulo, e isto vêm confirmar para quantos alimentem alguma dúvida, a certeza de que o corpo é a única coisa que morre, que desaparece, enquanto que o Espírito, sendo a fagulha divina que o mantinha, sobrevive eternamente e apenas se transporta deste plano físico para o plano espiritual, uma vez encerrada mais uma de suas existências na face da Terra. 

Aqui encontrareis por conseguinte assinando capítulos, nomes de Entidades que perlustraram os caminhos terrenos nas mais altas posições, várias delas como grandes dirigentes de povos, sacerdotes notáveis pelo muito que procuraram ensinar e realizar em torno da luminosa doutrina do Cristianismo, santos, filósofos e escritores ainda hoje admirados em todo o mundo, homens da lei, diplomatas, cientistas renomados, mestres hindus e outros muitos, inclusive nomes femininos que se tornaram venerados em todos os corações, pelo muito que fizeram em benefício da coletividade em que viveram.

Este fato vem provar uma vez mais perante quantos tiverem dúvida, que a existência humana significa a oportunidade oferecida a todos pelas Forças Superiores, para realizarem na Terra quantos projetos hajam arquitetado no Alto, em prol daqueles que se encontrem vivendo também sua existência de aprimoramento espiritual. Mas a presença de nomes tão ilustres para vós e tão luminosos para o Alto, ainda deve ser encarada de outra maneira.

A presença desta meia centena de personalidades redigindo esta obra a convite do Senhor do Mundo, ainda comprova a reunião em torno do Divino Mestre Jesus, de todos quantos se destacaram em sua vida terrena pela prestação de serviços relevantes à causa do Cristianismo em todos os países e regiões da Terra, onde lograram viver sua última encarnação.

Vede quanto isto é belo, meus estimados irmãos! Criaturas que nem sequer se conheceram na Terra, vivendo algumas delas em épocas bem distantes, aqui estão reunidas com o mesmo objetivo de vos dirigirem a sua palavra de luz e amor a serviço do Senhor do Mundo, para que vos apresseis nos preparativos que deveis fazer antes do trem partir porque depois já não haverá mais tempo. Um certo número de práticas inúteis para os viventes do século XXI deverão desaparecer, quando uma nova civilização se encontrará na Terra. Isto não significa que possamos considerar de alguma forma retrógrada a civilização; não, meus amigos; esta civilização, de que fazeis parte, já realizou o que lhe cumpria realizar na presente onda de vida em que vos encontrais. Trata-se, entretanto, de levantar o acampamento fincado na Terra há mais de dois mil anos, sob o qual todos vós vos abrigastes, juntamente com aqueles cujos nomes aparecem nesta obra, em boa hora intitulada VIDA NOVA. E como se torne necessário e urgente substituir o acampamento por outro mais adequado às necessidades dos futuros habitantes, convocou o Senhor as Entidades que tão bem conheceis através da História terrena para vos falarem ao coração, na esperança de que lhes deis vossa maior atenção. 

Por fim, veio falar-vos também ao coração, convidada igualmente pelo Senhor do Mundo, uma Entidade sobre a qual acredito que muitos de vós jamais terão ouvido falar; e se acaso ouviram, deve ter sido de uma forma muito vaga. Minha última passagem pelo solo terreno já se conta por alguns milênios anteriores ao início do Cristianismo, tendo ocorrido em condições e época que já se tornaram lenda. Tive a ventura de ter encarnado pela última vez em terras do Oriente, no desempenho de missão recebida do Pai Celestial, muito semelhante à que vos trouxe o iluminado Espírito do carpinteiro de Nazareth. Para uma melhor compreensão eu vos direi que nossa história em muito se assemelha quanto as dificuldades que ambos defrontamos, e às lutas que tivemos de sustentar no desempenho das nossas recíprocas tarefas. Embora não tenha havido necessidade de novo mergulho na carne no decorrer destes últimos cinco mil anos de minha estada na Terra, eu me regozijo da minha convivência fraternal com o meigo Jesus de Nazareth, em cujo círculo espiritual continuo a ajudar quanto se relacione com o progresso espiritual das gerações que se sucedem neste acampamento terreno. 

Daí a minha anuência de todo o coração ao generoso convite do Senhor para redigir este Prefácio e juntar a minha palavra de saudação a todos vós, meus estimados irmãos, e, se assim me posso expressar, reforçar quanto vos disseram aquelas luminosas Entidades que vos falam ao longo desta obra.

Para finalizar, e para que possamos encurtar ao máximo a distância em que até agora nos mantínhamos, mais pelo vosso desconhecimento da minha existência do que por motivos outros, eu me permito oferecer toda a minha cooperação a qualquer dos leitores desta obra grandiosa, um autêntico facho de luz, se de mim desejarem utilizar-se na presente ou na vida futura. Um pensamento firme no meu nome com objetivo que sinceramente o justifique, será o bastante para que instantaneamente me aproxime daquele que assim me chame, com a mesma alegria com que um verdadeiro pai atende ao chamado de um filho muito querido. Eu me encontro muito mais perto de qualquer leitor do que a própria roupa que veste, porque me encontro precisamente em seu próprio coração. Eu sou em verdade uma partícula do vosso Espírito, senão até ele próprio, vivendo por isso tão perto de cada um de vós, que não existe a mínima distância entre nós. O que pensar cada um de vós, meus queridos, isso mesmo eu recebo numa fração de milésimo de segundo.

Se, pois, precisardes de minha ajuda em qualquer circunstância da vossa vida presente ou futura, bastar-vos-á pensar em mim e eu estarei convosco nesse mesmo momento. Esta é a minha maneira de ajudar o vosso progresso. Minha tarefa multimilenar e eterna, assim como a do Senhor Jesus, é contribuir de todas as maneiras para que as gerações que na Terra se sucedem, possam atingir o mais rapidamente possível a meta de sua perfeição espiritual.

Firmemos então este princípio de pronta assistência de minha parte, que nada vos custa além do vosso chamamento espiritual. Eu me empenharei igualmente em povoar de belas imagens os sonhos de quantos me quiserem proporcionar a alegria de contribuir para o seu aprimoramento espiritual, corolário natural do aprimoramento moral de cada um. Assim entendidos, pois, aqui vos saúda aquele que viveu há quase cinco mil anos com o simples e curto nome de

KRISHNA

Not. biogr. — O Senhor Krishna é considerado pelos hindus a encarnação de VISHNU, o Deus Supremo, Eterno, Infinito, a Alma Universal que penetra e anima todo o Universo. É reputado ainda hoje em toda a Índia o Representante do Verbo Divino (ou Logos, Cristo em nós), Deus feito homem para libertar o mundo da tirania do rei Kança, e revelar a verdadeira natureza da Divindade. Chamam-no na Índia O SENHOR BEM-AVENTURADO. São atribuídos ao Senhor Krishna os seguintes conceitos proferidos numa série de instruções espirituais ministradas ao príncipe Arjuna:¹

“Sabe ó príncipe, que a luz radiosa do Sol, iluminando o mundo inteiro, e é refletida pela Lua, é a chama ígnea do fogo que queima tudo o que toca; todo esse esplendor vem de Mim.”

“Eu penetro a Terra e sustento todas as coisas com a minha força viva; Eu sou a seiva das plantas e dos vegetais.”

“Como as forças vitais, o fogo da vida, penetro no corpo que respira, e, unido com a inalação e a exalação, dirijo os processos digestivos, assimilativos e eliminativos.”

“Eu resido nos corações e nas mentes dos homens, e de Mim provém o intelecto, a memória e o conhecimento.’’

“Eu sou tudo aquilo que é conhecido das Escrituras Sagradas. Sim, em verdade, Eu sou a sabedoria da Vedanta e dos Vedas.”

“Há dois aspectos da Alma neste mundo: a Unidade e a Pluralidade; Alma Superior e almas inferiores; o Indivisível e o divisível. O Indivisível é superior a todas as formas da Natureza.”

“Estes dois aspectos formam a Unidade Universal. Mas há ainda um Ser Supremo, o Espírito Absoluto, a Alma da alma, o Sustentador, a Origem e o Senhor de tudo. Eu sou este Espírito Absoluto, estou dentro e acima da Alma Una e da Alma múltipla; por isso, as Entidades Me denominam o mais Alto.”

¹“Bhagavad Gitâ''.