Passa já da hora o vosso despertar espiritual . . . Saiba que a tua verdadeira pátria é no mundo espiritual . . . Teu objetivo aqui é adquirir luzes e bênçãos para que possas iluminar teus caminhos quando deixares esta dimensão, ascender e não ficar em trevas neste mundo de ilusão . . .   Muita Paz Saúde Luz e Amor . . . meu irmão . . . minha irmã

quinta-feira, 24 de janeiro de 2013

10ª mensagem de ensinos espirituais. Livro: Nova Ordem de Jesus



Ditada pelo Apóstolo Thomé
Em 12-7-1970
Rio de Janeiro - Brasil

CONVITE AOS HOMENS DE BOA VONTADE – O SERVIÇO DIVINO NA TERRA – O CÉU VERDADEIRO – CARAVANAS SOCORRISTAS – OS PLANOS ESPIRITUAIS 

PROSSEGUINDO NOS ESCLARECIMENTOS que vem oferecendo aos homens e mulheres de boa vontade, o Senhor Jesus deseja convidá-los a uma reunião no mundo espiritual a realizar-se diariamente durante as horas de sono do corpo entregue ao repouso no leito. Não é necessário determinar o dia da semana ou do mês porque o Senhor estará em reunião permanente para receber as almas encarnadas que desejarem vê-Lo e falar-Lhe de viva voz acerca dos seus problemas e anseios da vida terrena. 

meio de cada leitor destas Mensagens poder aproximar-se do Senhor durante as horas de sono do corpo, é muito fácil e por isso acessível a todos. Bastará mencionar esse desejo em suas preces ao deitar para que o mesmo seja recebido pelo Senhor. O Senhor receberá com alegria todas as almas encarnadas que assim que manifestarem atraí-las-á ao local das reuniões sem qualquer esforço por parte das mesmas. 

Há, certamente, uma indicação importante a fazer a respeito do horário conveniente, que é a seguinte: as almas encarnadas desejosas de comparecer às reuniões do Senhor devem deitar-se antes das onze horas da noite afim de poderem deixar o corpo adormecido no leito. Fazendo a sua prece a Divindade com todo o fervor da fé podem estar seguras de serem, conduzidas à presença do Senhor e por Ele recebidas.

Encerrada a reunião no plano espiritual, todas as almas presentes serão conduzidas ao seus lares pelos respectivos Guias e Protetores espirituais na maior segurança. Considera o Senhor Jesus da maior importância o comparecimento das almas encarnadas às Suas reuniões espirituais, nas quais aprenderão o quanto necessitem para o melhor encaminhamento da sua vida terrena.

Estas reuniões foram iniciadas pelo Senhor após a Sua instalação no solo terreno deste país, com a finalidade de poder falar diretamente ao coração das almas encarnadas que desejarem ouví-lo. Há ainda outro objetivo do Senhor, que é o de ir selecionando desde agora as almas encarnadas que manifestarem o desejo de ingressar desde agora no serviço divino na Terra, uma espécie de preparação apostolar deste século.

É oportuno recomendar aqui um detalhe a respeito da ida das almas menos firmadas na fé ao encontro do Senhor. Assim, recomenda o Senhor Jesus àquelas almas oscilantes na fé, que coloquem um copo d’água em sua mesa de cabeceira ou ao pé do leito, o qual servirá como ponto de apoio na sua visita ao encontro do Senhor com todo o êxito.

Na manhã seguinte despejem a água na pia ou no quintal e guardem o copo para a próxima ocasião. Recomenda o Senhor Jesus às almas interessadas nestas reuniões, nas quais o Senhor lhes falará de viva voz, que escolham um dia da semana, a quinta-feira, por exemplo, para comparecerem, e este dia lhe bastará todas as semanas, se quiserem. Preferindo, contudo, outro dia, por motivo de ocupação ou impossibilidade de o fazerem na quinta-feira, podem escolher o dia que mais lhes convier. Para o Senhor Jesus todos os dias são bons para receber as almas encarnadas e com elas parlamentar.

Bem sabe o Senhor que isto há de parecer impossível ou maravilhoso aos leitores desta Mensagem, em face da mística criada pelas religiões de que o Senhor vive exclusivamente no Céu, um local muito distante, em algum ponto do Universo, a ninguém recebendo ou se mostrando. A verdade é, porém, muito diferente.

O Senhor Jesus percorre freqüentemente todas as regiões do mundo terreno com Sua numerosa equipe de assessores, com o objetivo de inteirar-se in loco dos fatos e circunstâncias de cada região. Jamais o Senhor se afastou do planeta que dirige, a ponto de perder contato com as almas encarnadas.

Depois, esclarece o Senhor, esse Céu imaginário de que tanto se fala na Terra, está muito mais próximo de cada um dos filhos encarnados do que todos vós podereis supor. Ficai sabendo então, que todos podereis participar da felicidade que o Céu representa em verdade, estabelecendo-o nos vossos corações por meio dos bons atos, das orações e da fé. Aqueles que oram com fervor à Divindade e se empenham em viver uma existência iluminada por uma consciência indene de atos condenáveis, podem estar certos de que já estão vivendo no Céu, mesmo durante a sua permanência na Terra.

O Céu é paz, luz e fé. Aqueles que souberem atrair esses divinos dons desde a Terra, podem considerar-se criaturas eleitas à vivência num verdadeiro Céu, como, felizmente, muitas assim o fazem e se tornam almas ditosas.

Um esclarecimento deseja o Senhor ministrar aqui à almas menos preparadas a respeito de sua concepção do Céu. O que existe em verdade são planos de vida espiritual em torno da Terra, vede bem, em torno da Terra, envolvendo-a em todos os sentidos. 

Esses diversos planos distinguem-se por sua maior ou menor luminosidade, segundo a categoria das almas que os habitam.

A hierarquia espiritual seleciona automaticamente as almas pertencentes a este ou aquele plano espiritual, de maneira que as próprias almas que regressam da Terra são atraídas ao plano correspondente às suas vibrações. Por vibrações é preciso entender o grau evolutivo das almas, segundo a luminosidade de cada uma.

Assim, ao se desligarem do corpo físico no plano terreno, as almas seguem instintivamente a direção do próprio plano e nele se instalam. Só não o fazem as almas que na Terra se entregaram inteiramente aos interesses materiais com desprezo total dos interesses espirituais. Ao se desligarem do corpo sem nenhum preparo espiritual, esta categoria de almas sente-se a princípio em meio das maiores aflições, até se estabilizarem no próprio plano terreno, na suposição de continuarem ligadas ao corpo.

Estas almas inspiram grande compaixão no mundo espiritual em face dos seus desvios e sofrimento, organizando-se então caravanas socorristas com o objetivo de as conduzir ao plano correspondente.

Uma explicação de ordem material poderá dar-vos uma idéia dos diversos planos espirituais, que é a seguinte: imaginai uma área de extensão imprevisível, envolvendo, por assim dizer, todo o globo terrestre sem lhe tocar a superfície. Esta área imensa possui, naturalmente, como a própria superfície terrena, lugares excelentes à vivência espiritual das almas eleitas por sua grande evolução, e lugares menos iluminados segundo os respectivos habitantes. Designa-se geralmente esses planos por inferiores ou superiores, como a melhor maneira de os referir. Não existem, porém, planos superpostos, tal como os grandes edifícios das vossas cidades.

Como cada plano espiritual possui o seu grau vibratório, segundo a elevação das almas que nele vivem, esta circunstância pode ser comparada a uma divisão que se erguesse entre um e outro plano, uma espécie de muro fluídico, a delimitar a respectiva área.

Todos e cada um dos planos espirituais são assim demarcados, de maneira que as almas dos planos ditos inferiores, vibratoriamente falando, não os ultrapassam sem permissão especial dos dirigentes dos outros planos vibratoriamente mais evoluídos. 

Isto não quer dizer que as almas dos planos vibratoriamente inferiores não ingressem e percorram os planos mais adiantados, porque isso acontece constantemente, onde os habitantes destes planos se empenham em esclarecer as almas vizinhas no que lhes for possível, num louvável esforço de cooperação para o mais rápido progresso dessas almas.

Esta linguagem servirá para corrigir certos ensinamentos errados largamente difundidos no meio terreno em torno da constituição do mundo espiritual, como se ele se situasse na imensidade das alturas. Absolutamente; bastará dizer que do mundo espiritual nós acompanhamos todo o desenrolar da vida de cada alma encarnada, até em seus atos mais recônditos.

O conhecimento desse fato servirá para levar os leitores a meditarem sobre a  prática de certos atos dos quais poderão vir a arrepender-se, sobrecarregando a própria consciência. Sabendo que as Forças Superiores os observam muito de perto, desaprovando os atos maus e aplaudindo os bons, os homens e as mulheres lucrarão, e muito, em submeter seus atos e ações ao crivo da própria consciência, o juiz imparcial que a todos acompanha do berço ao túmulo.

O Senhor Jesus deseja divulgar na Terra uma longa série de esclarecimentos que são verdades autênticas, através da Sua NOVA ORDEM, uma vez que os ensinamentos religiosos ministrados na Terra se tem desviado de sua verdadeira finalidade que é o esclarecimento espiritual das almas encarnadas. Sabe o Senhor Jesus, que bem mais adiantada estaria hoje a humanidade terrena, espiritualmente falando, se nestes últimos dois milênios tivessem as religiões se dedicado aos ensinamentos de ordem espiritual.

Como tal não sucedeu, eis que o Senhor Jesus vem agora, Ele próprio, empreender esta campanha de esclarecimento através destas Mensagens e da Grande Cruzada de Esclarecimento elaborada pelos Seus emissários. O tempo urge.

Há dois milênios que este foi o século designado para as reformas da estrutura do planeta, e também para a retirada da Terra das almas refratárias ao progresso espiritual, cuja seleção já começou a operar-se. Chegou, pois, o momento de cada qual escolher entre permanecer no ciclo espiritual do mundo terreno ou viajar a mundos inferiores. 

Escolha, pois, cada um o seu próprio destino.

A seleção da Alma no Espaço depende de Seu estado vibratório.