Passa já da hora o vosso despertar espiritual . . . Saiba que a tua verdadeira pátria é no mundo espiritual . . . Teu objetivo aqui é adquirir luzes e bênçãos para que possas iluminar teus caminhos quando deixares esta dimensão, ascender e não ficar em trevas neste mundo de ilusão . . .   Muita Paz Saúde Luz e Amor . . . meu irmão . . . minha irmã

sábado, 5 de janeiro de 2013

4ª mensagem de ensinamentos espirituais - Livro: Nova Ordem de Jesus


Ditada pelo Apóstolo Thomé

Em 21-6-1970
Rio de Janeiro - Brasil
MILHÕES DE ALMAS COMEÇAM A DESCER À TERRA – A PRÁTICA DA ORAÇÃO DIÁRIA A DIVINDADE – A CHAMA DA FÉ – UM CONVITE DO SENHOR JESUS – UM FATO EXPRESSIVO

A VINDA DO SENHOR JESUS ao solo terreno com Sua luminosa equipe de assessores, estava projetada de longa data, desde quando foram programados os acontecimentos destinados a modificar substancialmente a estrutura terrena. O Senhor assim deliberou pela conveniência de acompanhar os fatos no próprio solo terreno, e aqui dirigir e comandar os trabalhos relacionados com o socorro espiritual às almas que vierem a ser atingidas pelos acontecimentos. Tudo isto foi longamente estudado e deliberado no mundo espiritual, em face da necessidade de preparar a superfície terrena para a reencarnação de alguns milhões de almas que aguardam no mundo espiritual a sua vez de reencarnar. Para que tal aconteça é mister preparar o solo terreno de maneira a produzir a quantidade de alimentos suficiente para alimentar os novos milhões de bocas que devem descer à Terra ainda neste século e começo do outro.

E como o desenrolar dos acontecimentos programados importe, indubitavelmente, na partida de muitas almas que se encontram na Terra, também foi estudada no mundo espiritual a maneira de as recolher no local dos acontecimentos e conduzi-las ao seu lar espiritual. Para o desempenho deste importante serviço foram devidamente organizadas e adestradas numerosas equipes de almas socorristas, as quais também se encontram a postos, já tendo iniciado as suas atividades em várias regiões do mundo terreno.

Há, porém, uma parte que cabe exclusivamente às almas encarnadas, e considerada absolutamente indispensável ao próprio socorro no momento necessário: é a prática da oração diária à Divindade, mediante a qual as Forças Superiores as identificarão a seu tempo, e as recolherão e conduzirão a salvamento. É tão grande o valor da oração praticada como um hábito diário pelas almas encarnadas, em seu exclusivo benefício, que não existem palavras suficientemente expressivas para traduzir esse valor. Todas as vezes em que ocorrem fenômenos telúricos em qualquer parte do mundo, os espaços próximos ao solo recebem as almas vitimadas, dando às Forças Superiores a impressão de enxames estonteados que se desprendem da Terra após o fenômeno telúrico.

Destacam-se, entretanto, do volume assim disperso, as almas possuidoras de fé, aquelas que cultivaram a prática da oração enquanto no corpo. Essas almas são facilmente identificáveis pela sua maior ou menor luminosidade, e assim facilmente recolhidas pelas equipes socorristas que as atraem pela sua luminosidade. As demais, aquelas que viveram a sua encarnação semelhantemente aos irracionais, deitando-se e levantando-se diariamente sem nenhuma ligação mental com a Divindade, essas almas demoram maior ou menor lapso de tempo a serem recolhidas pela sua falta de fé no coração. Podereis estranhar o que aí fica, porém o Senhor Jesus explica o fato da seguinte maneira: – A prática da oração como hábito diário por uma alma encarnada, produz em seu coração certa luminosidade que vai crescendo, se ampliando a cada nova oração, até se tornar um poderoso foco de luz espiritual. Esse foco de luz espiritual é a fé, aquela chama que jamais se apaga e tende a crescer com o decorrer dos séculos e milênios. Semelhante chama ou foco de luz espiritual, representa uma força atrativa da alma para o Alto, e tão poderosa em muitos casos, que uma vez desprendida do seu invólucro de carne, ela se eleva instintivamente para o mundo espiritual, atraída por outros focos semelhantes que nele vivem. Esta é a explicação do Senhor Jesus para justificar a necessidade da prática da oração uma, duas ou mais vezes ao dia.

Em seguida o Senhor Jesus deseja expor outro assunto de grande importância para todos os homens e mulheres do momento que passa. Trata-se do hábito muito comum em quase todos os países, de os homens e mulheres se entregarem ao consumo de bebidas alcoólicas a título de passatempo em reuniões diurnas ou noturnas, enquanto ouvem números de canto e música durante várias horas. Esta prática produz efeitos de maior ou
menor gravidade sobre os órgãos delicados do corpo humano, daí resultando várias enfermidades graves que a ciência médica não consegue debelar. Como conseqüência deste tipo de diversão é que estão chegando de regresso ao mundo espiritual diariamente, centenas de almas desencarnadas prematuramente, quando o seu plano de vida terrena ainda lhes assegurava um maior número de anos no corpo. 

As almas assim desencarnadas por efeito do consumo de bebidas alcoólicas, vão impregnadas desse element ocorrosivo que lhes deteriorou o fígado, os rins, o cérebro e o próprio coração, e necessitam então de um largo período de repouso e tratamento nos estabelecimentos hospitalares do mundo espiritual, já que o duplo fluídico daqueles órgãos se encontra gravemente afetado. Cabe aqui, por conseguinte, um aviso a todos os homens e mulheres que assim procederem, para que retrocedam de tão pernicioso hábito, a fim de poderem cumprir com saúde o seu plano de vivência terrena, conseguido - é bom dizê-lo após uma longa espera no mundo espiritual. Bem certo é que as bebidas alcoólicas se originam de substâncias introduzidas no planeta desde a sua criação, e isto é uma verdade autêntica. 

homem, porém, em sua ânsia de enriquecimento material, tratou de ampliar a produção daquelas substâncias, não mais para servir de estimulantes em certos casos, e de elementos terapêuticos em muitos outros, para fazer desse produto um elemento de consumo em demasia. Desta maneira se criaram os hábitos inveterados do consumo de bebidas alcoólicas, com os graves prejuízos que todos conhecem. É motivo de grande tristeza para o coração do Senhor, o fato de topar a cada passo, tanto nas grandes como nas pequenas cidades do mundo terreno, pobres almas encarnadas estiradas ao longo dos passeios completamente inconscientes, em conseqüência do consumo inadvertido de bebidas alcoólicas. 

O Senhor convida por isso os industriais desta espécie de morte mais ou menos lenta, a considerarem seus grandes inconvenientes à saúde e à vida humana, e que resolvam em conseqüência diminuir tão grande inconveniente. De que maneira? – perguntarão. De várias maneiras poderão fazê-lo. Uma delas, talvez a mais fácil de executar, será a redução substancial do teor alcoólico, seja pela adição de substâncias devidamente estudadas, de maneira à tornar a bebida um perfeito refrigerante que a todos agradará. Outras maneiras existem capazes de retirar da bebida alcoólica todo o poder nocivo à saúde da população menos esclarecida. Menos esclarecida, sim, porque as criaturas de mentalidade esclarecida não são as que contribuem para o enriquecimento dos industriais desta especialidade.

O Senhor Jesus deseja apontar aqui um fato freqüentemente verificado no mundo espiritual, relacionado com a chegada de almas que na Terra se entregaram à produção de bebidas alcoólicas. Essas almas, como as demais, respondem a determinados quesitos, dentre eles um que se relaciona com as atividades desenvolvidas na Terra. Ao mencionarem que se tornaram fabricantes de bebidas alcoólicas na Terra, tais criaturas são logo selecionadas dentre as demais. A uma alma em tais circunstâncias, tendo bem visível em sua aura o tipo de fabricação em que enriquecera na Terra, foi mandada estagiar em certo local inteiramente envolvido pelos desagradáveis vapores oriundos das entranhas das pessoas que seus produtos consumiram. Inteiramente envolvida nessa espécie de vapores, a alma em referência sentia-se tão profundamente constrangida que ao fim de menos de um mês de estágio nesse local, ela implorava de joelhos às Forças Superiores que a retirassem dali. Foi, porém necessário que a pobre alma assumisse perante a Divindade um compromisso solene no sentido de, não só não voltar a ocupar-se de semelhante indústria na Terra, como de se empenhar com todas as suas forças no sentido de pregar a abstinência em sua próxima encarnação. Aquela alma foi conduzida em seguida a um setor existente no mundo espiritual, no qual estagiam todas as almas que abusaram do álcool na Terra sob todos os aspectos. Nesse setor estagiam por períodos mais ou menos longos, não apenas as almas que se excederam no consumo de bebidas alcoólicas, mas igualmente aquelas que tiveram sua vida terrena encurtada pelo mesmo motivo. O período estagiário varia segundo o número de anos sacrificados pela alma encarnada. Se, por exemplo, uma alma possuía um plano de vida que lhe permitia alcançar a década dos setenta ou oitenta anos e ela regressou oito, dez ou quinze anos antes, por efeito de enfermidade produzida pelos excessos alcoólicos, a alma nesta situação deverá completar o período de vida interrompido, no local mencionado.

Nesse período estagiário todas as almas se entregam à meditação ao arrependimento do que a si próprias proporcionaram na Terra, e dessa longa meditação e arrependimento todas as almas se forram de condições que as impedirão de repetir o fato em sua nova vinda à Terra. São, infelizmente, muitos milhares de almas em tais condições no mundo espiritual. Divulgando o fato em Suas Mensagens, o Senhor Jesus o faz com o objetivo de advertir todos os homens e mulheres de boa vontade para consigo próprios, e não tenham de aumentar no amanhã que se aproxima, o número de almas necessitadas de estagiar naquele local indesejável.

O corpo humano como todos sabem, é constituído de vários milhares de células alimentadas pelo fluxo sangüíneo que circula constantemente por todo o organismo. Este fluxo é mantido, alimentado e fortalecido pelos alimentos ingeridos pela criatura humana.
Se esses alimentos primarem pela pureza de sua constituição, a essência deles derivada levará saúde e vida à corrente sangüínea, e esta a distribuirá a todos os órgãos e células do corpo. Se, por conseguinte, a criatura humana souber escolher os seus alimentos entre aqueles que lhe são adequados, é certo que terá de gozar excelente saúde, e sua vida se prolongará por muitos e muitos anos. Mas se, entre esses alimentos ou depois deles, o homem passa a ingerir fortes substâncias alcoólicas, e se por hábito o fizer, os elementos corrosivos peculiares a esse tipo de bebidas se acumulam no sangue, e irão sendo distribuídos aos vários órgãos e células. Ao fim de algum tempo os pontos menos
resistentes se ressentem da carga recebida, e eis a enfermidade e a morte fazendo a sua parte.

Antes do dever de orar, sinta o prazer em fazê-lo.
A luz espiritual é força que conduz o Espírito no Além.