Passa já da hora o vosso despertar espiritual . . . Saiba que a tua verdadeira pátria é no mundo espiritual . . . Teu objetivo aqui é adquirir luzes e bênçãos para que possas iluminar teus caminhos quando deixares esta dimensão, ascender e não ficar em trevas neste mundo de ilusão . . .   Muita Paz Saúde Luz e Amor . . . meu irmão . . . minha irmã

quinta-feira, 3 de janeiro de 2013

2ª mensagem de ensinos espirituais - Livro: Nova Ordem de Jesus


Ditada pelo Apóstolo Thomé
Em 14-6-1970
Rio de Janeiro – Brasil

NECESSÁRIO VIVER ESPIRITUALMENTE – ENTIDADES
ALTAMENTE EVOLUÍDAS AJUDAM AS ALMAS ENCARNADAS
– MENTALIZAÇAO DAS ASPIRAÇÕES HUMANAS – O VALOR
DA ORAÇÃO – MOTIVO DAS DIFICULDADES DE MUITAS
CRIATURAS – O DEVER DOS PAIS

OS HABITANTES ATUAIS do mundo terreno necessitam de uma pausa em suas atividades de ordem puramente material, para meditarem um pouco na sua vida espiritual que é eterna, infinita,e não se resume à sua presente existência na carne. Tendo conseguido permissão para reencarnar uma vez mais, as almas
que se encontram na Terra devem regressar mais dia menos dia ao seu plano de vida espiritual, e necessitam de levar consigo algumas luzes, resultantes de suas boas obras terrenas. Já lhes foi dito que os bens terrenos, a fortuna, a abastança, pertencem à Terra e de nada servem ao Espírito no mundo espiritual.

Há, portanto, necessidade urgente de que todas as pessoas disto se capacitem e procurem viver espiritualmente a sua vida terrena. Viver espiritualmente não significa desprender- se dos seus interesses materiais, de suas atividades costumeiras. Viver espiritualmente a vida terrena significa ter a criatura humana sempre presente em sua mente o fato de que é uma alma encarnada em busca de novas e maiores luzes para o seu diadema espiritual, adotando para isso o hábito de orar diariamente ao Senhor do Mundo, e passar a amar e servir aos semelhantes como se irmãos consangüíneos fossem.

Nesta segunda Mensagem o Senhor deseja dizer a todos os homens e mulheres que uma plêiade de Entidades espirituais altamente evoluídas se encontra desde algum tempo em contato com o solo terreno, incumbidas de auscultar as verda- deiras necessidades e aspirações de cada uma das almas encarnadas, e de ajudar a sua realização quando justa e conveniente. Podem então as almas
encarnadas mentalizar essas aspirações e necessidades, e pedi-las em suas orações da manhã ou da noite, para que as Entidades presentes se incumbam da sua realização. O Senhor Jesus assim decidiu com o objetivo de proporcionar aos seus guiados terrenos o ensejo de obterem o que mais necessitarem para a sua tranqüilidade na Terra. Sabe o Senhor as dificuldades e obstáculos que na Terra defrontam numerosas almas encarnadas, e por isso determinou a vinda de Entidades evoluídas ao meio terreno, munidas dos necessários poderes de realização das aspirações dasalmas encarnadas. Como, porém, essas aspirações não podem ser advinhadas pelas Entidades espirituais, há neces- sidade de que cada ser humano projete no plano mental a imagem do que deseja, o que será feito formulando o respectivo pensamento após a
oração noturna. Captada pelas Entidades espirituais a imagem mental assim projetada pelas almas encarnadas, elas tratarão de ajudar a sua realização no plano físico, conforme os poderes que lhes foram conferidos pelo Senhor Jesus.

Cabe aqui um esclarecimento muito oportuno acerca das aspirações a serem mentalizadas pelas almas encarnadas. É que devem mentalizar, como aspirações ou necessidades, apenas aquilo que considerarem justo e razoável para si próprias, tendo o cuidado de não tentarem atrair para si o que a outras pertença. É necessário que nenhuma alma encarnada formule aspirações de
bens, valores ou situações em poder dos seus semelhantes, o que redundaria em prejuízo ou sofrimento futuros. Devem por isto pensar devidamente o que possa constituir aspirações a realizar, e só mentalizarem e pedirem aquilo que em sua consciência considerem justo e razoável. Procedendo com tal escrúpulo, não só conseguirão a posse do que aspiram, como se livrarão de possível
sofrimento futuro. O Senhor Jesus deseja dizer a todas as almas encarnadas que o plano espiritual mais próximo à Terra está repleto de tudo quanto possa constituir aspiração das almas encarnadas para o seu maior conforto e bem-estar enquanto permanecerem no corpo. É necessário, apenas, que, cientificadas disso, trate cada uma de se ajustar às condições desse plano, através da oração e do pedido.

Perguntarão talvez algumas almas menos preparadas qual a relação existente entre a oração e o pedido, para obtenção daquilo que aspiram para o seu maior conforto e bem-estar. A relação é a seguinte: a oração proferida por uma alma encarnada num momento de concentração ao fim de um dia de trabalho,
tem o mérito de abrir uma passagem, através do plano fluídico que envolve o plano físico, estabelecendo contato com a direção do referido plano. Aberta assim a passagem por meio da oração, a alma encarnada formula o seu pedido, ou por meio da palavra pronunciada ou pela mentalização da imagem do que deseja adquirir.

Desta maneira, a direção do plano mental recebe e registra os pedidos das almas encarnadas para o necessário estudo e consequente atendimento.
Pode suceder que alguns pedidos assim feitos ou projetados demorem maior ou menor lapso de tempo a se concretizarem, mas isso se justifica ante a conveniência ajuizada pelos dirigentes do plano espiritual. A faculdade daqueles dirigentes de ajuizarem acerca da conveniência ou não de as almas receberem prontamente o que pediram, leva-as a aguardarem situação ou condições
propícias por parte das almas interessadas, e nessa oportunidade farão que seus pedidos se concretizem. Se assim não fora, se todos os pedidos ou aspirações projetadas no plano espiritual fossem prontamente atendidos, poderiam em muitos casos tais pedidos constituir, em vez de um bem para as almas interessadas, algum motivo de sofrimento pela sua inoportunidade. Ao passo que, submetido o atendimento dos pedidos e aspirações das almas
encarnadas ao senso da oportunidade, quando tais pedidos lhes chegarem às mãos, elas próprias os considerarão chegados no momento propício. Da falta de conhecimento desta circunstância pela grande maioria das almas encarnadas é que resulta a vivência, em condições bem difíceis por numerosas delas. Deseja
por isso o Senhor Jesus difundir por todo o orbe este conhecimento, para reduzir ou eliminar mesmo certas dificuldades da vida terrena, para que todas as almas encarnadas possam viver contentes e felizes.

Em seguida deseja o Senhor fazer outra revelação importante para todos os homens e mulheres da Terra. É quanto à preocupação que mora no coração de todos os pais e mães a respeito dos seus filhinhos após a sua morte. Deseja o Senhor Jesus esclarecer a todos os homens e mulheres que as crianças
que nasceram nos seus lares foram a eles destinadas por aquele conjunto de Forças Superiores designadas Divina Providência. É a Divina Providência quem escolhe os lares onde devem nascer as almas que vieram reencarnar, tudo previamente combinado no Alto com os respectivos progenitores. Sabe, por conseguinte, a Divina Providência, qual o tempo de permanência de ambas as
colunas dos lares terrenos, e também qual o encaminhamento dos filhos cujos pais tiverem de regressar, deixando-os em tenra idade. Deseja então o Senhor Jesus esclarecer que nenhuma criança deixará de seguir o caminho que lhe convém, em consequência da perda dos respectivos pais, ou de um deles. O encaminhamento de todas as crianças foi previsto e estudado no plano espiritual
antes de desceram à Terra, prevista inclusive a partida prematura dos respectivos progenitores. Uma prova disto vos a encontrais na vida de muitos homens que se tornaram célebres após haverem perdido os pais em tenra idade.

A mão da Divina Providência se incumbiu de os conduzir e proteger, de maneira a se integrarem na posição que deveriam ocupar no mundo. São inúmeros
os casos em tais condições. Cabe, assim, aos pais terrenos, o dever de proporcionar aos filhos a educação e preparo técnico de acordo com as próprias possibilidades, certos de que seus filhos estarão sob os auspícios da Divina Providência, contrariando, por vezes, aspirações desses filhos para os conduzir à meta de seu verdadeiro destino. Este destino é sempre o que verdadeiramente
convém a cada um dos filhos, seja ele um posto de destaque na vida social de uma nação, ou seja, um posto humilde entre trabalhadores anônimos.

Sucede freqüentemente encontrar-se pessoas vivendo nestas condições humildes, possuidoras de conhecimentos não aprendidos na escola terrena, que de certo modo as distinguem. Trata-se de almas (Espíritos) já bastante evoluídas através de suas encarnações pretéritas, às quais faltarão certas experiências ou
condições de humildade que só nesse meio podem adquirir. Isto é um fato facilmente verificável em vosso próprio ambiente. Sabendo-se que todas as almas devem adquirir os mesmos conhecimentos na escola terrena, umas se elevam numa encarnação aos mais altos níveis de conhecimentos, mediante ingresso nas universidades da Terra, enquanto a maioria cumpre encarnações mais ou menos anônimas entre a multidão dos não preparados. Em futuras encarnações as posições se invertem de maneira a que os despreparados de hoje sejam os entendidos, os técnicos de amanhã, e os entendidos, os técnicos de hoje venham participar da massa anônima do futuro. Quer isto dizer que o aprendizado terreno e o saber não constituem privilégio senão na encarnação
presente, porque todas as almas hão de alcançar a seu tempo os mesmos conhecimentos.

O Senhor Jesus convida as almas viventes na atualidade histórica da Terra a meditarem um pouco no esclarecimento que aí fica, mediante o qual todas hão de encontrar vários pontos de correspondência com observações porventura já feitas individualmente, e isso as deixará mais felizes pela certeza de que todas a
seu tempo desfrutarão situações de destaque na direção do mundo terreno.

O Senhor Jesus necessita ainda de muitos milhares de almas encarnadas a serem admitidas ao Seu serviço na Terra como novos apóstolos deste século. Aquelas que se interessarem neste propósito, não tem mais do que emitir essa resolução em suas orações diárias, a qual será prontamente anotada pelas Entidades presentes e transmitida ao Senhor. Desta maneira as almas que
desejarem ingressar no serviço de Jesus na Terra serão imediatamente
admitidas pelo Senhor e largamente recompensadas no seu regresso ao mundo espiritual. Façam isso ainda hoje.