Passa já da hora o vosso despertar espiritual . . . Saiba que a tua verdadeira pátria é no mundo espiritual . . . Teu objetivo aqui é adquirir luzes e bênçãos para que possas iluminar teus caminhos quando deixares esta dimensão, ascender e não ficar em trevas neste mundo de ilusão . . .   Muita Paz Saúde Luz e Amor . . . meu irmão . . . minha irmã

segunda-feira, 22 de julho de 2013

103ª MENSAGEM DE ENSINAMENTOS ESPIRITUAIS Ditada pelo Apóstolo Thomé Em 5-6-1971 Rio de Janeiro - Brasil RESULTADO DO MATERIALISMO GENERALIZADO – A CONSTRUÇÃO DA PAZ ESPIRITUAL, FELICIDADE E TRANQÜILIDADE – UM ÚNICO MEIO EXISTE PARA ISSO – AS ALMAS SE FORTALECEM NA ORAÇÃO – SOMENTE A FÉ PRODUZ A FELICIDADE


O SENHOR JESUS TEM OBSERVADO muito de perto em Suas viagens por todo o planeta, o surto de certos pensamentos nada condizentes com a paz e a felicidade dos seres humanos, mas antes bem demonstrativos de um descontentamento que se alastra por todo o planeta. Tem observado o Senhor Jesus que esse surto de pensamentos agitados, coincide com a falta de fé nos corações de muitos seres humanos, voltados para o materialismo generalizado, do qual resulta a intranqüilidade e a quase revolta das criaturas. 

Este fato tem contribuído inclusive para que um grande número de homens percam a sua paz interna, chegando por vezes a revoltar-se contra o Criador. Este sinal dos tempos registrados em muitos lugares da Terra, está contribuindo para a descrença de quantos homens e mulheres se encontram envolvidos por ele, o qual nada pode construir de bom e de útil para as almas encarnadas.

A paz espiritual e conseqüente felicidade de todos os homens e mulheres presentemente na Terra tem de ser construída primeiramente no íntimo de cada um e em seguida projetar-se para o campo externo. O Senhor Jesus tem estudado bem o fenômeno e deseja oferecer nesta Mensagem o remédio capaz de transformar em sentimento de paz e tranqüilidade os sentimentos de insatisfação e quase revolta observados sobretudo nos lugares mais populosos. 

O homem tem necessidade de implantar a tranqüilidade e a paz em seu coração para que a mesma daí se irradie ao seu campo de ação. Para isso só existe um processo da maior eficiência, um processo que não falha, que jamais falhou, e não falhará nunca. Esse processo encontra-se ao alcance de todos os homens e mulheres para ser utilizado, do qual resultará a transformação do ambiente de insatisfação e dificuldades, num ambiente de paz e tranqüilidade para todos os corações. Este processo consiste no hábito da oração e meditação na hora de deitar, para que a Divindade as receba e possa transformar para melhor o ambiente do homem ou da mulher que ora. 

A deficiência dos ensinamentos religiosos ministrados na Terra pela maioria das instituições religiosas, pode ser dada como responsável pelo fenômeno verificado pelo Senhor Jesus. Examinando o Senhor o coração de muitas pessoas que não oram à Divindade ao fim do dia de trabalho, verificou o Senhor Jesus que tais pessoas vivem mais como objetos, como máquinas, do que como seres humanos. É necessário que todos saibam que o ser humano possui uma alma a dirigí-lo em todos os detalhes da vida terrena, e essa alma necessita da oração diária assim como o corpo necessita do alimento. 

O alimento da alma é a prece diária que a Divindade transforma em luzes e bênçãos, para que a alma possa manter-se no corpo e dirigí-lo com acerto em todos os seus atos.

O corpo é por si um conjunto de órgãos e células que a alma dirige da melhor maneira para a sua permanência na Terra. A alma, porém, necessita de alimento constante para se manter atuante, e esse alimento só existe na prece diária. E se ela se descura desta necessidade envolvida pelas vibrações materiais do meio terreno, pode dar-se ou o seu fracasso em relação ao programa que trouxe para executar na Terra, ou o definhamento do seu organismo físico. 

Quando isto acontece é que se manifesta o descontentamento, a intranquilidade até à irritação, aos quais o Senhor aludiu no princípio desta Mensagem. É pena que seja tão volumoso o número de criaturas vivendo vida intranquila por toda parte, atribuindo o fato a causas externas.

A estas pessoas o Senhor Jesus recomenda a seguinte experiência:- Iniciem imediatamente o processo da oração sincera seguida de alguns minutos de meditação, durante os quais mentalizem os seus problemas mais importantes, entregando à Divindade a respectiva solução. Quem tal fizer, não apenas um dia mas continuamente terá de pronto a satisfação de constatar a mudança de situação que se operou por influência da Divindade.

É bom que saibam todas as pessoas que enfrentarem dificuldades na vida, que tal acontece exclusivamente por falta de comunicação com a Divindade. E não havendo comunicação entre as almas encarnadas e a Divindade, não pode a mesma intervir a favor dessas almas, uma vez que nada pediram nem expuseram à Divindade. É o caso de perguntar: Como poderá o pai saber que o filho necessita de ajuda, se, vivendo afastados, o filho nada participa ao pai acerca das suas necessidades? Fazendo-o, porém, logo o pai se movimentará para ajudar o filho. 

Assim sucede em relação à Divindade. Se as almas viventes na Terra não lhe participam as suas necessidades e pedem ajuda, a Divindade que isso ignora, vai servindo aos filhos que se encontram em contato diário com ela, supondo que os demais de nada necessitem.

O Senhor Jesus deseja modificar para melhor e o mais rapidamente possível este ambiente de intranqüilidade em que vivem muitos milhares de almas encarnadas. Por isso recomenda o Senhor à todas elas iniciarem quanto antes o hábito da oração e meditação na hora de deitar, com o que estarão modificando fundamentalmente a vida de dificuldades e até de privações.

O Senhor Jesus esclarece a propósito, que a circunstância de alguém deblaterar contra as autoridades do mundo espiritual, o Criador inclusive, não tem força de transformar em boas as situações más ou difíceis. Existe um só caminho para isso, que é o hábito das pessoas se comunicarem com a Divindade, única autoridade com poderes para melhorar a situação de todas as almas encarnadas. Devem anotar as almas que viverem dificuldades transitórias ou permanentes, que isso constitui pontos do programa de vida que trouxeram à Terra.

E assim aconteceu precisamente para que essas almas despertem e se dirijam à Divindade que a todas atenderá. Ao lado dos prognósticos bons, favoráveis, inscritos no programa de vida de todas as almas, foram colocados outros menos favoráveis para que as almas despertem para a Divindade e para ela apelem, não apenas nos momentos difíceis, mas diariamente, permanentemente. 

Tudo foi previsto na vida de todas as almas que baixam à Terra, havendo pontos difíceis de vencer, como testes apresentados aos alunos com a finalidade de verificar o seu adiantamento. É necessário, pois, que todos os homens e mulheres se convençam de que a Divina Providência não enviaria à Terra um determinado número de criaturas destinadas a uma vivência de dificuldades sem remédio, mas colocou ao seu alcance os meios de minorá-las ou mesmo anulá-las, como sucede constantemente.

Se vos derdes ao trabalho de pesquisar a vida dos homens mais importantes que passaram pela Terra, ireis verificar que todos eles lutaram duramente contra situações as mais difíceis, e muitos até foram por elas dominados. Passada, porém, a tempestade, a maioria desses homens conseguiu levantar a cabeça, e apoiados no valor da sua fé e na oração constante à Divindade, tiveram a felicidade de ver brilhar um raio de luz espiritual a mostrar-lhes a direção de nova trajetória. Seguiram a nova trajetória que lhes fora inspirada pela sua fé, ei-los que conseguiram elevar-se ao mais alto nível da vida terrena. 

Poderá alguém dizer que a sorte bafejou esses homens no momento difícil e eles então se elevaram na vida. Sim; realmente a sorte os bafejou, porém a sorte aqui tem o nome de fé e oração sincera à Divindade, que resolveu promovê-los a mais altos postos. Foi o valor da fé implantada que teve o mérito de permitir que a Divindade levantasse numerosos grandes homens do passado após terem provado os amargores da queda de belas situações. 

Ficai certos, portanto, que esta é a regra de todo o conjunto de vidas humanas em todos os passados milenares como no presente momento. É necessário que os homens desenvolvam primeiro os poderes latentes iluminados pela fé, para então receberem a iluminação daquele raio de luz espiritual a mostrar-lhes a nova direção de suas vidas. E aqueles que por infelicidade sua preferirem fechar os olhos ao raio de luz espiritual em conseqüência de sua falta de fé, esses só muito dificilmente poderão ascender a novos postos de destaque.

Como será possível alguém adquirir facilmente a fé? - poderão desejar indagar alguns leitores destas Mensagens. O Senhor Jesus esclarece com todo amor, que a fé não é realmente muito fácil de adquirir, se a criatura não estiver sinceramente empenhada em se tornar uma criatura de fé. A fé pode ser comparada a uma luz tênue no princípio, mas que irá crescendo, se ampliando, até se tornar poderoso foco.

Inicialmente a criatura entra a cultivar a oração à Divindade, não como quem cumpre uma obrigação, mas com o desejo sincero de ser ouvida. Desta maneira a alma encarnada estará alimentando a sua pequena chama de fé, na qual prosseguirá todos os dias, com a certeza de que a Divindade a estará assistindo. Após a prece reservará alguns minutos para a meditação, que é o momento em que a Divindade lhe transmite alguma idéia por meio da inspiração, idéia que, se bem recebida e entendida, poderá tornar-se a realização de algo muito importante para a criatura que ora. 

Por este processo muitos homens levaram a efeito grandes empreendimentos que muito os distinguiram. O fenômeno é o seguinte: a Divindade conhece as possibilidades de todas as almas que oram. Assim, fácil lhe é inspirar determinado empreendimento a uma, e empreendimento diferente a outra, dentro das possibilidades de cada uma. Se ambas estiverem atentas à idéia recebida, e desejarem realizá-la, podem estar certas da vitória, sobretudo se não se afastarem da Divindade.

Quando a pessoa se descura da prece, pode dar-se ou o fracasso no seu programa ou o definhamento do seu organismo físico.

O corpo é um conjunto de órgãos e células que a Alma dirige e que necessita de alimento sublimado, ou oração.


Não atribua sua intranqüilidade a causas externas.