Passa já da hora o vosso despertar espiritual . . . Saiba que a tua verdadeira pátria é no mundo espiritual . . . Teu objetivo aqui é adquirir luzes e bênçãos para que possas iluminar teus caminhos quando deixares esta dimensão, ascender e não ficar em trevas neste mundo de ilusão . . .   Muita Paz Saúde Luz e Amor . . . meu irmão . . . minha irmã

domingo, 10 de fevereiro de 2013

17ª mensagem de ensinos espirituais Livro: Nova Ordem de Jesus



Ditada pelo Apóstolo Thomé 
Em 8-8-1970 Rio de Janeiro - Brasil

DOIS OBJETIVOS IMPORTANTES – DELIBERADA A VINDA DO SENHOR – OBSTÁCULOS NATURAIS À VIDA – CONTRIBUIÇÕES À NOVA ORDEM DE JESUS – A MANUTENÇÃO DA PAZ

AO DELIBERAR O SENHOR JESUS a criação na Terra desta Sua NOVA ORDEM, teve o Senhor em vista entre outros, estes dois importantes objetivos: acelerar o conhecimento do espiritualismo por parte das almas encarnadas, e contribuir para a sua mais rápida evolução espiritual.

Analisados no mundo espiritual os graus alcançados na Terra pelas almas que aqui  tem vivido encarnações e mais encarnações, chegou-se a conclusão de que a continuarem as coisas como vão, nem daqui a dois milênios a maioria das almas atualmente encarnadas terá atingido o grau evolutivo que lhes cumpre alcançar.

É como deixar aos alunos a sua própria deliberação de estudar ou não, por todo o período escolar. A imagem é simples, mas significativa. Com as almas encarnadas passa-se precisamente isso.

Elas descem à Terra após um estágio mais ou menos longo no mundo espiritual, durante o qual muito estudaram e se prepararam para um novo mergulho na carne com vistas ao seu maior adiantamento espiritual. Aqui chegadas, e atingida a idade da razão, são as almas atraídas por toda a sorte de interesses materiais e a eles se dedicam, por assim dizer, as vinte e quatro horas do dia, sem tempo de cuidarem, como prometeram e necessitam, dos seus interesses espirituais.

Isto vem acontecendo há muitos séculos principalmente no Ocidente, onde os ensinamentos ditos religiosos em sua maioria não cuidam da vida espiritual, mas principalmente de suas organizações.

Em face desta realidade bastante prejudicial à evolução das almas encarnadas, deliberado foi no mundo espiritual por inspiração as Forças Superiores, vir o Senhor Jesus, Ele próprio, em Espírito ao solo terreno na chefia desta Sua NOVA ORDEM, esforçando-se em levar, se possível, a Sua palavra de esclarecimento e de fé a todos os lares terrenos, através destas Mensagens.

O Senhor Jesus havia prometido aos homens e mulheres do passado que voltaria à Terra para concluir a obra de espiritualização iniciada há perto de dois mil anos, e esta promessa está agora sendo cumpri- da com a Sua presença na Terra.

A idéia destas Mensagens pareceu ao Senhor Jesus a maneira mais fácil de falar ao coração de todos os homens, mulheres e crianças, acerca dos verdadeiros objetivos da vinda de cada um a este plano físico.

Deseja, portanto, o Senhor Jesus, falar ao ouvido espiritual de todos os filhos encarnados através destas Mensagens, para avivar em cada alma o que tanto desejaram e prometeram ao reencarnar, que não foi absolutamente a sua dedicação total aos interesses da matéria, mas sim aos interesses do Espírito, que é a sua iluminação constante.

Ora, se assim é, necessário se torna dizer isto repetidamente a todas as almas presentemente encarnadas para que procurem recordar-se dos seus verdadeiros objetivos ao solicitarem às Forças Superiores a sua presente encarnação. Poderá dar-se que muitas das almas que estas Mensagens lerem, não lhes atribuam a importância e o valor que elas realmente têm, por se encontrarem numa fase bastante tranqüila de sua vivência presente.

A essas almas que assim pensarem, o Senhor dirá que ninguém logrará viver na Terra uma vida totalmente tranqüila, porque isso se choca com as próprias leis espirituais ou divinas.

A vida de todas as criaturas humanas tem de obedecer em maior ou menor parte as características da própria topografia do planeta. Não existe na topografia terrena uma superfície útil infindável absolutamente plana, para ser percorrida pelo viajante. 

Ele terá de vencer altos e baixos, montes e vales, tendo também necessidade de transpor por vezes córregos, riachos e rios caudalosos que encontrará no seu caminho, precisamente para que ponha em ação as suas possibilidades internas de vencer esses obstáculos naturais.

Com as almas viventes na Terra ocorrem fenômenos parecidos. Nenhuma alma conseguirá vencer todo o seu período de vida sem lançar mão das suas possibilidades internas, que representam o fruto de suas experiências acumuladas. E para vencer obstáculos desta natureza, tem as almas que possuírem a sua boa dose de fé no coração, proveniente da sua perfeita ligação com a Divindade através da oração e meditação diárias.

E assim sendo realmente, nenhuma alma que no momento se encontre no gozo de uma vivência perfeitamente tranqüila, deverá desprezar o que o Senhor Jesus veio dizer à Terra através destas Mensagens, mormente porque a ninguém é dado adivinhar o dia de amanhã.

As almas que se encontram na planície tranqüila de sua vivência atual, devem considerar que um vale mais ou menos profundo ou alguma montanha poderão surgir de um momento para outro, e para galgá-los e vencê-los não há como não se apoiarem na fé, e receberem a ajuda da Divindade.

Ao Senhor Jesus seria  bastante cômodo permanecer em  Sua Corte Celeste e de lá acompanhar a evolução das almas na Terra, distribuindo a cada uma aquilo que elas fizessem por merecer. Isto seria para o Senhor Jesus uma posição bastante cômoda em face da Sua grande evolução.

Mas o Senhor Jesus não estaria, em tal posição, contribuindo para a mais rápida evolução das ovelhas que o Pai Celestial lhe confiou para apascentar na Terra. O Senhor Jesus se empenha, então, em ajudar estas ovelhas a evoluir também e o mais rapidamente possível, para a maior felicidade de todas elas.

Com essa finalidade criou o Senhor esta NOVA ORDEM, que deverá estender-se à todo o mundo terrestre, para o que, Ele convoca e conta com a boa vontade de todas as almas que puderem cooperar, no sentido de possibilitarem, ou realizarem diretamente, divulgações dos ensinamentos e finalidades da ORDEM.

Os que se empenharem nesse sentido, estarão contribuindo para o despertamento geral. Deseja então o Senhor Jesus assegurar a Sua gratidão e reconhecimento à todas as pessoas que, compreendendo esta alta finalidade da Sua NOVA ORDEM, se disponham a ajudá-la da maneira ao seu alcance.

Estas pessoas receberão em troca o galardão espiritual que lhes será aposto ao regressarem ao Alto, como serviços prestados diretamente ao Senhor Jesus os quais Ele se empenha em retribuir.

A seguir o Senhor Jesus abordará o assunto relacionado com a manutenção da paz na Terra, e o perfeito entendimento entre as nações. Para isso é necessário apenas que os dirigentes das nações e povos terrenos se capacitem de serem simples instrumentos ali colocados pela Divina Providência, para a prestação de serviço divino.

Em tal situação facultado não é a esses dirigentes lançarem os seus irmãos armados contra os filhos de outras nações, seus irmãos também, com o objetivo de os destruírem.

A Divina  Providência  decidiu, a  partir de agora, chamar de regresso ao mundo espiritual as almas dirigentes das nações que se dis- puserem a guerrear suas irmãs, como o melhor senão o único meio de impedir os conflitos.

A Terra necessita de paz para viver e progredir, e com ela  toda  a  humanidade.  Assim,  pois, permitido não será de agora em diante aos responsáveis pela direção dos povos, lançarem-se à guerra punitiva ou de conquista, tal como sucedeu nos tempos passados.

Mister se faz, por conseguinte, armarem-se os dirigentes temporários dos povos da Terra, da sua fé na Divina Providência que ali os colocou, e para Ela apelarem sempre que algum sério problema lhes surja, e que por sua gravidade suponham não poder resolver sozinhos. 

Em tais momentos, há apenas que entrarem em recolhimento, colocarem o joelho em terra e dirigirem uma prece fervorosa à Divina Providência, relatarem a situação e pedirem inspiração e ajuda para a solução eqüitativa e pacífica do problema.

Aqueles dos governantes terrenos que assim procederem, podem estar de antemão seguros de que receberão a inspiração e ajuda de que necessitarem. Façam isso, pois, todos os governantes terrenos, em vez de decidirem por si derramar o sangue de seus irmãos de outras nações, na certeza de poderem resolver os problemas mais sérios que defrontarem. 

Façam isso, e a Divina Providência se encarregará do resto.