Passa já da hora o vosso despertar espiritual . . . Saiba que a tua verdadeira pátria é no mundo espiritual . . . Teu objetivo aqui é adquirir luzes e bênçãos para que possas iluminar teus caminhos quando deixares esta dimensão, ascender e não ficar em trevas neste mundo de ilusão . . .   Muita Paz Saúde Luz e Amor . . . meu irmão . . . minha irmã

quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

26ª mensagem de ensinos espirituais - Livro: Nova Ordem de Jesus




Ditada pelo Apóstolo Thomé
Em 6-9-1970 Rio de Janeiro - Brasil

A TERRA MARCHA PARA NOVO GRAU EVOLUTIVO – TODA A POPULAÇÃO DEVE ENTRAR EM PRECE – GRANDE VOLUME DE TRABALHO ESPIRITUAL – OS CONFLITOS ARMADOS SE REFLETEM NOS PLANETAS VIZINHOS – O CONFLITO DA DÉCADA DE QUARENTA

A CIRCUNSTÂNCIA DE O SENHOR JESUS se deslocar do Seu plano espiritual, a Corte Celeste, como é conhecida na Terra a residência do Senhor Jesus, tem um mérito bem maior do que aquele que lhe possam atribuir os homens e mulheres do mo- mento que passa.

Efetivamente, a vinda do Senhor ao solo terreno envolve muito maior objetivo do que simplesmente o despertamento da fé em todos os corações.

Este pequeno planeta dos mares salgados está destinado a alcançar  por sua vez um novo grau evolutivo na escala que lhe diz respeito, assim como já alcançaram outros mundos pertencentes ao mesmo sistema solar da Terra.

Este fato requer a presença das Forças Superiores para que se estabeleça um poderoso conjunto vibratório em torno da Terra e em seu próprio solo, a fim de evitar possíveis grandes abalos que as almas encarnadas talvez não pudessem suportar.

Para prevenir esse fato o Senhor necessitou de se instalar no solo terreno acompanhado de um grande conjunto de Entidades altamente evoluídas, cujas vibrações terão o mérito de evitar qualquer choque vibratório produzido pelo planeta na fase de transição por que está passando.

Sem esta precaução do Senhor Jesus poderia verificar-se um surto vibratório mais ou menos violento, porventura superior à capacidade de resistência das almas encarnadas, podendo dar-se por tal motivo um grande número de desencarnações de maneira inesperada.

Dada esta explicação do Senhor Jesus, fica uma vez mais positivada a necessidade de todas as  pessoas se entregarem diariamente ao hábito da oração e da meditação, como a maneira mais eficaz de se preservarem a si próprias contra determinados fatos que devem acontecer.

Não podem imaginar as almas encarnadas, ou seja, os homens e mulheres que vivem sua vida despreocupadamente, o volume de trabalho espiritual que se desenvolve em torno do planeta com apoio no solo terreno, trabalho projetado desde séculos para esta oportunidade.

Este trabalho espiritual desenvolve-se sob a chefia do Senhor Jesus, sendo executado por alguns milhares de Entidades do mundo espiritual em todos os recantos do planeta. Sua finalidade, estudada e planificada desde muitos séculos, consiste na preservação e fortalecimento da resistência das almas encarnadas em face do choque vibratório emitido pelo planeta em sua fase evolutiva.

Sem as precauções aqui assinaladas pelo Senhor Jesus, muitos e muitos corações humanos não conseguiriam resistir ao impacto, e suas almas se afastariam de modo imprevisto, cessando com isto numerosas vidas terrenas.

Verificar-se-iam colapsos em grande número entre os organismos menos resistentes, o que o Senhor Jesus deseja evitar com a assistência espiritual já em operação no meio terreno.

Os homens e as mulheres que vivem mais uma vez no solo terreno, não tem meios de conhecer e apreciar fatos e fenômenos que aqui se verificam a todo momento, relacionados com o bem-estar de todas as almas encarnadas.

Seus instrumentos de verificação meteorológica apenas refletem o estado atmosférico, ainda imprecisamente, consistindo, não obstante, num belo adiantamento científico.

Outros instrumentos surgirão em breves anos destinados a medição das ondas vibratórias e magnéticas captadas pela Terra ao longo de sua rotação, ondas nem sempre benéficas para a vivência humana.

Tais ondas se originam em regra de fenômenos produzidos no sistema solar e se projetam no cosmo em forma de tempestade magnética de caráter por vezes mortífero, devido à sua intensidade, sobre os organismos mais sensíveis.

Para prevenir estes fenômenos, anulá-los ou desviá-los da superfície terrena, muito se trabalha no plano espiritual e mesmo em contato com o solo terreno com excelentes resultados, graças a atenção e vigilância das Forças Superiores.

Sem tais providências do mundo espiritual, o período de vivência das almas na Terra se tornaria demasiado curto, em face da irregularidade vibratória e das terríveis ondas magnéticas que atravessam o planeta.

Vós todos que viveis na Terra, não podeis sequer imaginar o que em torno de vós se passa muito freqüentemente, sem que os vossos sentidos o percebam. Podereis desejar saber a causa desses fenômenos, vós que nada podeis ver nem ouvir com os vossos cinco sentidos.

O Senhor Jesus vai tentar esclarecer-vos um pouco a respeito, dizendo-vos que a vida de todos os planetas tem  muito de comum com a vida dos seres humanos. Por exemplo, um conflito armado desencadeado neste planeta exerce determinada influência sobre os demais planetas do sistema, em  face das correspondências vibratórias existentes em todos eles.

O último conflito aqui verificado na década de quarenta, muito atribulou os habitantes dos dois planetas mais próximos, projetando sobre eles poderosas vibrações magnéticas que se tornaram bastante prejudiciais às suas populações.

É que o desencadeamento de um conflito armado na Terra, por exemplo, modifica substancialmente a característica vibratória da sua população. Os povos envolvidos no conflito passam a emitir ondas vibratórias de grande efeito sobre as forças combatentes, ondas estas impregnadas do sentimento de destruição sobre as forças inimigas.

O lado contrário, incentivado por seus dirigentes, faz o mesmo, e as duas forças vibratórias se chocam, formando-se daí um poderoso  egrégoro mental que se eleva na atmosfera, penetra o cosmo sem rumo definido, até encontrar uma formação planetária onde pousar.

Como as fontes emissoras terrenas prosseguem na emissão do mesmo tipo vibratório, eis que  uma  ligação se estabelece entre a Terra e o planeta encontrado pelo egrégoro mental, nele se descarregando todo sentimento guerreiro emitido pela população terrena engajada no conflito.

Por tal motivo é que o Senhor Jesus se empenha em terminar de uma vez com os desentendimentos entre os homens que vivem ocasionalmente no solo terreno, pondo fim aos lamentáveis conflitos armados, próprios de populações atrasadas, e por isso ainda ignorantes.

A inteligência foi dada ao homem para solucionar inteligentemente os seus problemas, tanto os particulares, pessoais, como os do Estado cujos destinos lhe forem entregues.

O que não concebem as Forças Superiores é que os homens se lancem contra os irmãos, armados de instrumentos mortíferos, objetivando sua destruição. Semelhante barbaridade foi tolerada em  milênios de vida terrena, quando a humanidade encarnada ainda pecava por falta de desenvolvimento intelectual, e por isso se atirava como feras contra os seus irmãos de outras nações.

Na era atual, porém, em que muito mais adiantadas são as almas encarnadas neste planeta, não mais serão tolerados os conflitos armados. Alguns que ainda persistem serão em breve encerrados pacificamente e para sempre.

Ai dos homens responsáveis que se atreverem a levar a guerra aos seus semelhantes, seja por que motivo for porque serão chamados de regresso ao mundo espiritual, destituídos de todo o poder que possuíam.

Mas voltemos ao efeito produzido em dois planetas vizinhos pelo conflito armado aqui verificado na década de quarenta. Recebido pelos dois planetas vizinhos da Terra, o impacto vibratório oriundo das populações contrárias no aludido conflito, isto generalizou-se pelas diversas regiões de ambos os planetas, afetando seriamente as almas neles encarnadas.

Estabeleceu-se uma espécie de epidemia que levava as almas encarnadas ao decaimento vibratório e a tal ponto, que uma boa parte delas sucumbiu ao choque vibratório superior à sua capacidade de resistência.

Em tal situação, não se conhecendo tratamento adequado para este tipo de enfermidade, o resultado foi uma desencarnação em massa de muitos milhares de almas ainda em plena existência.

O Senhor Jesus, cientificado do fenômeno pelos dirigentes espirituais dos dois referidos planetas, determinou a utilização dos recursos existentes para por fim ao conflito terreno pelo ano de 1945.

Para isso lançaram as Forças Superiores mão de uma poderosa concentração vibratória existente na Terra, uma  espécie de gigantesco acumulador de energia, construído precisamente para esse fim.

Esta operação foi então iniciada com o apoio vibratório ao lado são do conflito, aquele que teve de aceitar o desafio lançado pelas forças do mal ao mesmo tempo em que eram interceptadas as inspirações guerreiras projetadas das camadas inferiores do mundo espiritual sobre o lado mau do conflito.

Esta assistência das Forças Superiores à parte sã do conflito verificou-se pronta mente pelas primeiras grandes vitórias nas areias do Norte africano, para continuar e vencer definitivamente nos encontros verificados em terras do Continente europeu.

Não fosse a intervenção oportuna das Forças Superiores sob a chefia do Senhor Jesus, o mundo terreno estaria vivendo provavelmente uma nova fase de escravidão e barbaria.

É muito grande, pois o empenho do Senhor Jesus no sentido da harmonia e entendimento entre os dirigentes das nações terrenas, em face do avanço já conseguido pelas almas encarnadas em sua evolução espiritual.

O mundo espiritual não pode mais tolerar o engajamento de almas encarnadas em conflitos armados, mormente após a posse do grau de inteligência que todas adquiriram em milênios de vidas e experiências terrenas.

Unam-se os povos da Terra no sentimento e na prática do amor aos semelhantes, para assim se elevarem perante a Divindade. Abandonem, por conseguinte, velhas práticas do passado, em que os dirigentes das nações se julgavam donos dos seus súditos, e com eles jogavam na satisfação de meros caprichos.

Capacitem-se todos os dirigentes de povos, de que cada  indivíduo representa uma centelha divina, transformada numa alma que se encontra na Terra, como eles próprios, em fase de aprendizado para a sua maior e constante elevação espiritual.

Nenhum homem, por conseguinte, tem o direito de mobilizar seus irmãos terrenos para os jogar na destruição de outros, seus irmãos também. Aqueles que tentarem fazê-lo, bem cedo se arrependerão, é a advertência do Senhor.

Além do egrégoro mental e da ação das almas negativas, devemos também nos precaver – fortalecendo-nos espiritualmente – face ao choque vibratório do planeta no passo evolutivo.