Passa já da hora o vosso despertar espiritual . . . Saiba que a tua verdadeira pátria é no mundo espiritual . . . Teu objetivo aqui é adquirir luzes e bênçãos para que possas iluminar teus caminhos quando deixares esta dimensão, ascender e não ficar em trevas neste mundo de ilusão . . .   Muita Paz Saúde Luz e Amor . . . meu irmão . . . minha irmã

terça-feira, 11 de novembro de 2014

42. PODEIS TORNAR-VOS APÓSTOLOS – Livro: As Forças do Bem.





Se permitido me fosse materializar-me por espaço de uma, duas ou mais semanas, e percorrer em forma audível e visível o solo terreno, eu o faria de bom-grado, para poder dizer individualmente a quantos dos meus irmãos encarnados encontrasse em meu caminho, mas dizer-lhe clara e francamente, frases como estas:
— Irmão meu, acorda do torpor imposto pela carne e eleva teu pensamento a Nosso Senhor, que procura salvar-te enquanto é tempo!
— Desperta, irmão, do sono em que vives mergulhado, e ora, ora diariamente e sempre, se pretendes sobreviver ao naufrágio que não tarda a virar o barco no qual te encontras!

Eu gritaria frases como estas ao maior número de irmãos que me fosse possível, durante as semanas em que perdurasse a minha materialização, tal o meu empenho, a minha ânsia de salvar o maior número no pouco tempo que antecede o que dizer não posso. Vou apresentar-vos uma imagem que pode traduzir para todos vós, leitores e irmãos queridos, este meu imenso desejo de despertar cada homem e mulher da hora que passa. Imaginai uma linha férrea sobre a qual brincam despreocupadas algumas crianças, somente entretidas com seu brinquedo. E imaginai a seguir que um de vós, leitores meus, apercebido do grave perigo, tenta despertar as crianças a distância, gritando-lhes a plenos pulmões que se afastem, que corram, porque o trem se aproxima a toda velocidade.

E fácil imaginar também a vossa ânsia, a vossa aflição, ante a preocupação das crianças no seu brinquedo, sem escutarem o vosso grito de alarma. Vosso coração e todo o vosso ser se haveriam de sentir profundamente abalados com a antevisão da enorme tragédia, se uma das crianças ao menos, por mercê divina, não vos escutasse e não tivesse tempo de afastar do perigo todas as demais.

Muito semelhante é a situação deste mensageiro do Senhor, em relação a todos vós que vos encontrais na Terra, neste fim de ciclo. Meu coração assim como o coração de Nosso Senhor afligem-se verdadeiramente em face da vossa calma, da vossa tranqüilidade aparente, tal como as crianças sobre o leito da via férrea. E para tentar despertar-vos da preocupação em que vos encontrais mergulhados, cuidando única e exclusivamente dos vossos interesses materiais, transitórios, é que Nosso Senhor me determinou oferecer-vos estes conselhos, como um grito de alarma para vos afastardes duma outra espécie de via férrea antes que sejais alcançados, esmagados, triturados até, não pelo monstro de ferro e aço da imagem precedente, mas por acontecimentos terríveis que também se aproximam em grande velocidade.

Amigos meus, irmãos meus; o que aí fica representa um esforço a mais de minha parte, dirigido particularmente ao Espírito de cada um de vós, com o objetivo de fixar em vossa mente física a noção do perigo que pode correr todo aquele que subestimar a palavra deste mensageiro de Jesus, após devidamente esclarecido com quanto ficou dito até aqui.

Se eu vos disser, queridos irmãos, que estão sendo prolongados os dias de vida terrena de muitos homens e mulheres, na esperança de que até eles cheguem os conselhos enfeixados no presente volume, estarei dizendo uma verdade, porque assim é realmente. A misericórdia de Nosso Senhor deseja que este livro seja lido pelo maior número de viventes deste fim de ciclo, e por isso transmitiu instruções aos seus mensageiros no serviço divino, para que assistam, ajudem, amparem os homens e mulheres nas suas enfermidades, para que possam curar-se e prolongar ao máximo os seus dias da presente encarnação. O objetivo maior é, conforme declarei, obter que esses filhos encontrem oportunidade de preparar sua partida tranqüila e feliz, com a prática da oração e da meditação diária.

A desencarnação de quem se encontre em perfeita harmonia com as Forças do Bem, à parte a saudade natural daquele que deixou parentes e amigos na Terra, é uma ocorrência feliz, com a cessação de todos os sofrimentos humanos. A chegada aos planos do Além de um Espírito que teve o cuidado de se preparar convenientemente, constitui motivo de alegria para quantos o aguardam, e ele próprio já devidamente esclarecido, depressa se reconhece e recorda toda a sua longa existência espiritual.

A todo Espírito esclarecido é facultada a visita e até assistência, àqueles que deixou na Terra, se eles o recordarem com amor e saudade, podendo ajudá-los inclusive a solucionar problemas que na carne não conseguiria fazê-lo. Isto, note-se, quando na Terra o recordam com amor os que ficaram, porque casos existem em grande número, em que os desencarnados são muito pouco lembrados. Nestes casos, um Espírito esclarecido sente-se inteiramente livre das ligações mentais que o prenderiam à Terra, e então sua felicidade maior se torna, pela liberdade que desfruta de viver onde melhor lhe convenha, sempre no desenvolvimento de suas faculdades intelectuais e morais, o que vale dizer, na ampliação de sua luminosidade.

Eis, irmãos queridos, mais alguns esclarecimentos acerca da vida infinita de todos os Espíritos de Deus, de cuja categoria deveis fazer parte. Por eles compreendereis uma vez mais que a vida terrena tem a única finalidade de promover a evolução dos Espíritos nela encarnados. Fazei o que puderdes para alcançar esse objetivo, e tereis realizado o máximo que vos foi possível: aumentar a vossa luz espiritual.

Por minha parte, tudo hei de fazer para jamais perder contato com todos os meus leitores, milhões que eles venham a ser, porque Nosso Senhor me há de permitir acorrer sempre que um pensamento vosso me chame, seja onde for, a qualquer hora do dia ou da noite. A minha alegria será imensa, acrescida daquela que sentirei um dia, quando tiver oportunidade de receber cada um a seu tempo nas fronteiras do Além, e recordarei convosco todo o esforço que ora faço pela vossa boa direção enquanto estiverdes encarnados. O Senhor, que aprovou previamente quanto aqui vos deixo escrito, autorizou-me a dizer-vos que um lugar de Apóstolo está reservado a cada um dos meus leitores que decidirem comunicar-se com Ele, pela maneira que já conheceis. E quando o Senhor assim se manifesta, meus queridos, sinal é de que já enxergou nos Espíritos que este volume compulsarem, todas as qualidades e aptidões necessárias ao desempenho do seu apostolado.

Amigos e irmãos meus; uma recomendação final ainda vos faço: uma vez assimilado quanto neste pequeno volume vos deixo, transmiti-o ao maior número de amigos vossos, dizendo-lhes em síntese o que devem eles fazer, iniciando desta maneira os vossos primeiros passos no serviço apostolar do Divino Mestre.

É o que muito vos pede, de todo o coração, este vosso dedicado — Irmão Tomé.