Passa já da hora o vosso despertar espiritual . . . Saiba que a tua verdadeira pátria é no mundo espiritual . . . Teu objetivo aqui é adquirir luzes e bênçãos para que possas iluminar teus caminhos quando deixares esta dimensão, ascender e não ficar em trevas neste mundo de ilusão . . .   Muita Paz Saúde Luz e Amor . . . meu irmão . . . minha irmã

sábado, 21 de dezembro de 2013

144ª MENSAGEM DE ENSINAMENTOS ESPIRITUAIS Ditada pelo Apóstolo Thomé Em 24-10-1971 – psicografia: Diamantino Coelho Fernandes Rio de Janeiro – Brasil – Livro: Nova Ordem de Jesus Vol II TODAS AS ALMAS VIVENTES NA TERRA PROCEDERAM DE MUNDOS INFERIORES – É TEMPO DE CONCLUIR O CURSO – MESMA GERAÇÃO DE HÁ DOIS MILÊNIOS – O TERRÍVEL PROBLEMA – HISTÓRIA DE UM INDUSTRIAL



AS CIRCUNSTÂNCIAS que envolvem as almas presentemente encarnadas na Terra muito estão contribuindo para a sua mais rápida evolução na escala espiritual, que todas vêm percorrendo há milênios de milênios. Sim, estimados leitores; exagero não há nessa afirmativa de tempo, porque realmente já decorreram muitos milênios desde que as almas presentes na Terra adquiriram suas primeiras condições de vida espiritual, e ingressaram na categoria de seres viventes no mundo físico. Não foi certamente neste mundo terreno que as almas presentes deram os primeiros passos em sua senda evolutiva, mas o fato é que já percorreram uma longa caminhada mesmo neste plano terreno, sempre em busca de novas luzes para o seu engrandecimento espiritual. Já foi dito pelo Senhor Jesus que nada menos de dois terços das almas presentemente encarnadas já deviam ter alcançado a sua redenção espiritual se atenção tivessem dado a este assunto em suas numerosas encarnações anteriores. Chegou porém o momento decisivo para essas almas, às quais compete fazer um rigoroso exame de consciência para bem se certificarem disto.

A vida terrena constitui, como tem sido dito, a escola apropriada do desenvolvimento espiritual das almas que lograram permissão para reencarnar uma milésima vez ou talvez mais, a fim de completarem o seu aprimoramento espiritual. Tem faltado porém, um certo número de ensinamentos destinados a despertar o sentimento da espiritualidade nas almas encarnadas, para a sua caminhada em direção à sua própria redenção.

A vinda do Senhor Jesus ao solo terreno tem como um dos seus objetivos a difusão dos ensinamentos capazes de ajudar o progresso espiritual dessas almas que se encontram na Terra. Muito feliz se sentirá, pois, o Senhor Jesus, se o Seu empenho através destas Mensagens for devidamente compreendido e posto em prática por todos os homens e mulheres deste fim de século e de civilização. Sim, estimados leitores; dois milênios decorridos é tempo mais do que suficiente para que uma civilização se afirme no solo terreno, onde os seus elementos devem ter adquirido o grau mais elevado de conhecimentos espirituais e científicos, a fim de deixarem o solo terreno para a formação de uma nova civilização em bases bastante mais avançadas. À geração atual creditarão as Forças Superiores os índices do progresso estabelecido na Terra, em continuação aqueles advindo das gerações passadas que, em face das leis espirituais, serão as mesmas almas do presente. Poder-se-á considerar então, a população atual da Terra como sendo a mesma aqui encontrada pelo Senhor Jesus há dois mil anos, aqui tendo voltado de século em século até a data presente. Aqui está, portanto uma civilização que ocupou a Terra no largo período de dois mil anos, o suficiente para alcançar um notável desenvolvimento espiritual e científico. Aquelas almas que estas palavras virem e sentirem em seu coração o desejo sincero de alcançar um último degrau em seu aprendizado terreno, que se disponham a fazê-lo sem demora, porque as Forças Superiores as ajudarão nesse propósito. E o que lhes competirá fazer então? Apenas isto: perseverarem na prática de bons atos e o repúdio aos maus, afim de não se enegrecerem perante as Forças Superiores que as assistem. Isto quanto aos fatos de suas atividades diárias. Encerradas estas ao fim do dia, voltarem-se em pensamento para a Divindade e orarem com sinceridade, agradecendo a proteção recebida nesse dia, e rogando sua continuação para o dia seguinte. A oração diária à Divindade, já foi dito pelo Senhor, é tão necessária às almas encarnadas quanto o alimento para o corpo. Efetivamente, a oração à Divindade se constitui também no alimento da alma, porque em verdade se transforma em fluídos puríssimos para as almas que oram. Procedendo, pois, desta maneira, as almas porventura atrasadas no seu progresso espiritual, ainda poderão alcançar a desejada redenção espiritual.. O Senhor Jesus sentir-se-á muito feliz se o grande número de almas em atraso lograrem alcançar os dois ou três degraus que ainda lhes faltam para a desejada redenção espiritual.

Provavelmente, um pequeno número de homens e mulheres, ou porque não tenham logrado tomar conhecimento destas palavras do Senhor, ou por não lhe terem dado a devida atenção, irão prosseguir na sua vivência puramente material até que se esgote a sua permanência no solo terreno. Chegado esse momento que sempre chega na vida de todas as criaturas, eis que as mesmas se defrontam com o terrível problema: tendo-se desligado do corpo que não mais podem utilizar, elas sentem-se perfeitamente vivas, autênticas, como se estivessem no corpo, mas impossibilitadas de se elevarem do solo pela falta de condições para isso. E que condições serão essas? – podereis desejar saber, estimados leitores. Em primeiro lugar falta-lhes o sagrado elemento da fé que não trataram de adquirir enquanto no corpo, pelo fato de apenas cuidarem da vida material. E faltando-lhes a fé no coração, falta-lhes tudo para se elevarem em direção ao plano espiritual a que pertencem. Os seus Guias espirituais contemplam-nas com verdadeiro pesar, pois lhes falta permissão para conduzir essas almas que não souberam ou não quiseram preparar-se para a vida espiritual.

Já sabe, portanto, o Senhor Jesus, que um pequeno número de almas presentemente encarnadas se encontrará a seu tempo nas condições acima descritas, a continuarem desinteressadas de sua preparação para a vida espiritual. Embora sabendo disso, o Senhor Jesus ainda espera que esse número se reduza gradativamente à medida em que estas Suas palavras circulem no mundo inteiro, a despertar as almas adormecidas nos interesses materiais para a luz redentora da espiritualidade.

Em seguida o Senhor Jesus deseja abordar um assunto relacionado com o que ficou dito linhas acima. Refere o Senhor um caso entre muitos, de almas que levaram a existência inteira devotadas exclusivamente aos interesses materiais. É o caso de uma alma que se tornou industrial e que muito progrediu na Terra durante uma existência de quase oitenta anos. Esta alma aportou no mundo espiritual conduzida por pequeno grupo de amigos, num estado de inconsciência resultante do seu desligamento do corpo devido a acidente grave que a vitimou. Nesse estado foi recolhida ao sanatório, onde despertou ao cabo de algumas horas de tratamento magnético. Uma vez desperta daquele estado de inconsciência, a alma em referência ao tomar conhecimento da sua desencarnação, caiu num quase desespero em face da impossibilidade de retornar prontamente ao lar terreno e cuidar das suas empresas, que era o que mais caro possuía na Terra. Informada dessa impossibilidade, foi-lhe dito que sua única fortuna, aquela que unicamente deveria preocupá-la, eram as luzes e bênçãos adquiridas na Terra e não os bens de fortuna que lá deixara. Examinando este particular, verificou a alma em referência que nada possuía consigo, porquanto as suas ocupações na Terra não lhe haviam permitido cuidar desse tipo de fortuna, do que resultara encontrar-se num estado de quase indigência espiritual. Essa alma foi então conduzida a um local destinado a meditação e arrependimento, onde as almas conseguem reconstruir mentalmente o passado, e dele separarem as ações meritórias praticadas na Terra, das ações negativas. A alma em referência muito meditou no seu passado, chegando à conclusão de que ações meritórias não havia praticado em toda a sua encarnação recém-finda, muito poucas onças de luz havendo adquirido para o seu diadema espiritual. As Forças Superiores tomaram conhecimento do resultado da meditação daquela alma e mandaram chamá-la a sua presença. Ela compareceu naturalmente abatida em face do resultado de sua meditação, durante a qual reconstruíra os passos principais que houvera dado na Terra ao longo dos seus oitenta anos de vivência terrena. Recebida pelas Forças Superiores, aquela alma se surpreendeu ao verificar que um belo galardão lhe era entregue por uma Grande Entidade que assim lhe falou: – Minha filha, recebe este belo galardão de luzes e bênçãos que mereceste, em face de haveres fundado e mantido na Terra uma indústria que ofereceu trabalho remunerado a algumas centenas de operários, que são almas iguais às nossas em busca de progresso espiritual. Só o fato de haveres criado e mantido aquela organização de trabalho, proporcionando meios de vida a tão grande número de familias, é motivo suficiente para receberdes este belo galardão como justa recompensa do bem que fizeste na Terra. A alma em referência prostrou-se de joelhos perante a Grande Entidade, profundamente emocionada, e agradeceu ao Senhor Jesus tão grande recompensa, quando em sua consciência julgava nada ter feito de útil para a sua pobre alma.


O Senhor Jesus oferece expressivas recompensas a todas as almas que na Terra proporcionam trabalho remunerado a outras almas que aqui se encontram em busca de luzes e progresso espiritual.