Passa já da hora o vosso despertar espiritual . . . Saiba que a tua verdadeira pátria é no mundo espiritual . . . Teu objetivo aqui é adquirir luzes e bênçãos para que possas iluminar teus caminhos quando deixares esta dimensão, ascender e não ficar em trevas neste mundo de ilusão . . .   Muita Paz Saúde Luz e Amor . . . meu irmão . . . minha irmã

terça-feira, 11 de junho de 2013

89ª MENSAGEM DE ENSINAMENTOS ESPIRITUAIS - Livro: Nova Ordem de Jesus - Vol II




Ditada pelo Apóstolo Thomé
Em 17-4-1971
Rio de Janeiro - Brasil

AS POPULAÇÕES DE TODO O MUNDO CRESCEM CONTINUAMENTE – SÓ A IGNORÂNCIA ESPIRITUAL LEVA AS ALMAS A DELINQÜIR –EXIGÜIDADE DOS ENSINAMENTOS RELIGIOSOS – DEVERES DAS ALMAS ENCARNADAS – SÉRIA ADVERTÊNCIA DO SENHOR

OS FATOS QUE SE ESTÃO VERIFICANDO em várias regiões do mundo terreno são em tudo semelhantes a outros verificados em outros planetas do sistema solar da Terra, destinados lá, como aqui, a operar mudanças na estrutura física do planeta. O problema surgido na Terra para alimentação de todas as almas que devem reencarnar, cujo número se contará por bilhões, é em tudo semelhante aos problemas de outros planetas, necessitados também de maiores áreas de produção de alimentos.

Em relação à Terra, este problema é de fácil solução em face dos recursos de que dispõem as Forças Superiores do mundo espiritual, os quais foram há muito estudados e preparados. As notícias que estão sendo divulgadas, procedentes de várias regiões, servem para confirmar a ação das Forças Superiores na execução das medidas destinadas a modificar a estrutura terrena nesses lugares.

Uma pergunta que poderá ocorrer aos leitores destas Mensagens do Senhor, pode ser a respeito do número avultado de almas destinadas a reencarnar em outros planetas, tal como se anuncia para ocorrer na Terra. O Senhor Jesus deseja esclarecer a propósito, que as populações de todos os mundos habitados estão crescendo continuamente, tal acontece neste pequeno planeta terreno. O fato explica-se com a evolução constante de muitos milhares de almas viventes em mundos de categoria inferior, as quais, uma vez completado o seu aprendizado nesses mundos, devem ser conduzidas a mundos mais adiantados onde possam prosseguir em sua evolução. 

Desta maneira, as almas em referência seguem, primeiro, para os planos espirituais peculiares a esses mundos para o necessário estágio, até que possam seguir adiante, em busca de novas encarnações. Isto acontece igualmente na Terra, onde encarnam constantemente milhares de almas que, após cumprirem estágios nos planos espirituais, provindas de planetas de nível inferior, são trazidas a este mundo terreno na condição de alunos dos primeiros anos das vossas escolas primárias. 

Só que essas almas, em regra, por vezes se comportam de maneira contrária à moral e aos bons costumes da população, sendo por isso levadas a perda de sua liberdade. É preciso, pois, considerar essas almas infratoras das leis humanas, agindo mais em face de sua ignorância espiritual do que em face da maldade que ainda possuem. Deve ficar claro por conseguinte, que só a ignorância espiritual de uma alma pode levá-la à prática de atos incompatíveis com a moral e os bons costumes, merecendo por isso o perdão das almas evoluídas. 

Daí a necessidade da difusão dos ensinamentos das leis espirituais à todas as camadas sociais, num trabalho de esclarecimento que muito agradará ao Senhor Jesus. As populações terrenas que aqui têm vindo reencarnar em milênios decorridos, já deviam ter alcançado um nível espiritual bem mais elevado que o atual. Isso se deve em grande parte à exigüidade dos ensinamentos religiosos difundidos pela maioria das religiões terrenas, privando os adeptos, do conhecimento das leis que regem a vida em todos os mundos do Universo. 

Em relação à Terra, porém a falta está sendo reparada com a vinda do Senhor Jesus em Espírito, conforme prometeu há dois mil anos, empenhado em difundir todos os esclarecimentos possíveis relacionados com as leis espirituais. Estes ensinamentos trazidos pelo Senhor Jesus têm o objetivo de dizer a todas as almas encarnadas que nenhuma delas permanecerá na carne além de um determinado número de anos, durante os quais lhes cumpre apurar as suas qualidades morais e praticar atos meritórios dos quais possam colher novas luzes para o seu diadema espiritual. 

Aquelas que isto não fizerem, seja por desconhecimento das leis espirituais, ou seja por sua oposição em cumpri-las, terão oportunidade de se arrependerem desde o momento da sua separação do corpo. Ninguém se encontra no mundo com a finalidade de ver passarem os dias, os meses e anos enquanto desfrutam quanto lhes apeteça, unicamente pelo prazer de viver. Não, estimados leitores! A vinda das almas à Terra para uma nova encarnação, importa em obrigações que todas aceitaram ou pediram ao pleitearem sua presente encarnação. 

Ao lado do trabalho cotidiano de cada ser humano, existe um sério compromisso de ordem espiritual que é preciso cumprir, para o maior bem de cada alma. Que compromisso será esse? - poderá algum leitor desejar indagar. 

O Senhor Jesus esclarece que tal compromisso consiste, primeiro, em se manter a alma em contato diário com a Divina Providência por meio da oração e meditação diárias, durante as quais receberá toda a alma que ora, a inspiração de quanto deva fazer para bem cumprir a missão que trouxe consigo do mundo espiritual. 

Em segundo lugar, deve a alma encarnada preocupar-se em ser útil às suas contemporâneas necessitadas, ajudando-as no que puder para que elas possam manter-se no corpo enquanto tratam de adquirir novas luzes para si próprias. Pode mesmo dizer-se, que da prática da oração e meditação diárias decorrerá o cumprimento de outros deveres e obrigações assumidas pelas almas no mundo espiritual. 

Claro está, por conseguinte, que o objetivo das almas que lograram permissão para reencarnar uma vez mais, não é apenas usufruir o que na Terra existe de bom ao seu alcance, ao encherem os pulmões com o ar puro da Terra, numa operação que nada lhes custa e em nada de si depende. Esta operação bem como outras que envolvem outros órgãos vitais do seu organismo, proporcionando ao mesmo um funcionamento perfeito, decorre exclusivamente de Forças que lhes são estranhas, constituindo para todas as almas uma dádiva da Natureza.

Meditem então as almas encarnadas nesta grande verdade: tendo recebido um veículo construído por obra da Natureza, ou seja a própria Divina Providência, o qual funciona independentemente do esforço da alma num sentido de perfeição admirável, tudo aconselha a se manterem em contato diário com a Divindade na hora de se entregarem ao repouso noturno, dirigindo-lhe uma oração sincera do seu coração, para fazerem jus a proteção e amparo da Divindade em sua vida diária. 

As almas que isto fizerem por hábito diário, bem cedo reconhecerão quão acertadas andaram na instituição desta prática. E ao chegarem de regresso ao seu plano de vida espiritual após se despedirem do corpo, muito hão de regozijar-se perante a Divindade pelo seu devotamento à prática diária da oração. 

Confrontando suas luzes adquiridas ao longo de sua última encarnação com aquelas que possuíam anteriormente, farão isto que muitas outras fizeram: lançarão seus joelhos em terra e agradecerão, comovidas, à Divindade, a graça imensa que lhes foi conferida, de poderem ostentar tão belos focos de luz em seu diadema espiritual. 

Este fato verifica-se diariamente no mundo espiritual à chegada de muitas e muitas almas que regressam da Terra. Constitui um belo espetáculo de alegria para quantas almas se encontram presentes, notadamente para as Forças Superiores que vão entregando a cada alma o seu belo galardão de luzes espirituais.

Como, entretanto, não existe medalha sem reverso, há outro espetáculo de causar profunda tristeza no mundo espiritual, que consiste na chegada de almas envoltas num manto fluídico de profunda tristeza, após constatarem que nada fizeram de útil para si próprias ao longo de sua vida terrena, preocupadas exclusivamente com interesses materiais. Estas almas, também em grande numero, fazem lembrar as filas de mendigos em determinados lugares da Terra, à espera de algo que lhes possa minorar a fome e o sofrimento. 

E dizer-se que entre o grande número de almas em tal situação encontram-se várias que dispuseram de grandes recursos e situação de destaque social ! Olvidadas, porém, dos seus compromissos com a Divindade, e ignorantes da beleza ensinada pelas leis espirituais, estas almas amaram sobretudo o dinheiro e os valores terrenos, nada tendo podido fazer, pela sua
situação de almas temporariamente encarnadas. 

O espetáculo oferecido pelas almas que assim se conduziram na Terra confrange o coração de quantos lhe assistem, sobretudo pela certeza que possuem de que as almas em tal situação não terão possibilidades de vir tão cedo à Terra para uma nova encarnação proveitosa.

Há que tirar, então, deste espetáculo, a conclusão que o mesmo oferece. Todas as almas que receberem permissão para reencarnar uma vez mais, talvez pela décima milésima vez, têm o dever espiritual de se manterem em contato diário com a Divindade, de quem tudo depende para uma vivência proveitosa. 

Que os estimados leitores destas Mensagens se capacitem desta grande verdade e tratem de a transmitir aos seus amigos para que possam ajudá-los também, numa tarefa que o Senhor lhes agradecerá algum dia.