Passa já da hora o vosso despertar espiritual . . . Saiba que a tua verdadeira pátria é no mundo espiritual . . . Teu objetivo aqui é adquirir luzes e bênçãos para que possas iluminar teus caminhos quando deixares esta dimensão, ascender e não ficar em trevas neste mundo de ilusão . . .   Muita Paz Saúde Luz e Amor . . . meu irmão . . . minha irmã

domingo, 13 de outubro de 2013

130ª MENSAGEM DE ENSINAMENTOS ESPIRITUAIS Livro: Nova Ordem de Jesus Vol II Ditada pelo Apóstolo Thomé Em 5-9-1971 Rio de Janeiro - Brasil VANTAGENS DO CONTATO COM A DIVINDADE – DOUTRINAS POLÍTICAS CONDENADAS – UM APELO DO SENHOR AOS CHEFES RESPONSÁVEIS – O PRINCÍPIO DA FRATERNIDADE HUMANA – QUEM FAZ O BEM PARA SI O FAZ


PARA AJUDAR O PROGRESSO espiritual das almas encarnadas, para que todas possam alcançar os objetivos que as trouxeram a Terra após uma espera de mais de um século no mundo espiritual, nada mais eficiente do que o seu contato diário com a Divindade. Este contato proporciona a todas as almas encarnadas, ou seja, a todos os homens e mulheres, a sua iluminação progressiva enquanto na Terra, e uma acentuada clareza nos caminhos que tiverem de percorrer. Já foi dito pelo Senhor que as luzes decorrentes da prece diária à Divindade incorporam-se definitivamente ao diadema espiritual das almas que oram, e eis aí alcançado o objetivo primordial de sua reencarnação.

O fato de ainda viverem na Terra numerosas almas dadas a prática de atos menos dignos e de outros contrários às leis do amor e da fraternidade, explica-se pela falta do hábito da oração à Divindade, o que é deveras lamentável pelas conseqüências que acarreta a todas essas almas. Todas as almas que se encontram encarnadas no solo terreno juraram no mundo espiritual fazer da sua encarnação uma fonte de luminosidade para o seu engrandecimento espiritual de que tanto carecem. Aquelas, porém, que se desviaram deste objetivo, seduzidas por sugestões de ordem política vindas de ambientes estranhos, e entraram a praticar atos que as boas normas condenam e que as leis espirituais terão de punir com a vivência de encarnações bastante sofridas, ou com a sua transferência a mundos inferiores, essas almas ainda poderão reconciliar-se consigo mesmas, fazendo inicialmente um alto em suas atividades condenáveis, e voltando-se imediatamente para a Divindade. As doutrinas políticas trazidas ao mundo neste século com vistas à reforma pela força de quanto a tradição de ordem e progresso estabeleceu na Terra desde séculos, estão condenadas ao fracasso mais completo, dada a falta de conteúdo espiritual em seus objetivos. Os homens e as mulheres que se deixarem empolgar por semelhantes doutrinas, muitos deles já possuidores de certa evolução, devem meditar seriamente no assunto, chegando finalmente a conclusão de que se encontram trilhando um caminho errado que os levará ao abismo. As Forças Superiores que superintendem a vida de todos os povos deste plano físico estão atentas às atividades das criaturas que optaram pela subversão da ordem, cometendo, em conseqüência, as mais violentas infrações às leis divinas com a prática do roubo e do assassínio, e não permitirão jamais o triunfo de tão condenável processo.

O Senhor Jesus, empenhado em afastar do abismo certo as milhares de criaturas humanas entregues à prática dos atos verificados por toda parte contra a sociedade humana, faz aqui um apelo aos chefes responsáveis pela direção dessas correntes políticas para que cessem de pronto suas atividades contra a paz, a segurança e a vida das pessoas e se decidam a mudar o rumo enquanto é tempo, para poderem permanecer no ciclo espiritual da Terra. O não atendimento ao apelo do Senhor Jesus poderá importar na transferência dessas almas a um planeta bastante inferior a este, onde a vida ainda se caracteriza por uma constante de lutas e sofrimento. Sabe o Senhor Jesus que algumas almas valorosas se encontram integradas nas atividades ditas subversivas, quando outros foram os objetivos que as trouxeram à Terra. Efetivamente, entre elas se encontram algumas já possuidoras de certa elevação espiritual adquirida em várias encarnações pretéritas, assim como outras que trouxeram do Alto interessantes projetos de descobertas e melhoramentos para a vida terrena. É pena, por conseguinte, que se deixassem empolgar pelas idéias que adotaram, mas em pura perda, por contrárias às leis do amor e da fraternidade, conforme ficou dito acima. Para conseguir demover de tão lamentáveis propósitos as almas em referência, o Senhor Jesus tem conversado com numerosas delas durante o sono do corpo, no seu grande desejo de reintegrá-las na sociedade da qual se marginalizaram, a fim de poderem cumprir quanto prometeram no Alto às Forças Superiores. E o Senhor Jesus alimenta fundadas esperanças de alcançar o seu objetivo, salvando da transmigração espiritual este punhado de almas transviadas da sua verdadeira finalidade. Deseja o Senhor Jesus dizer então a essas almas que nada ainda está perdido para o seu progresso espiritual na presente encarnação, se, após meditarem seriamente nestas palavras do Senhor, resolverem penitenciar-se perante os homens de seus atos mal pensados, e solicitarem o reingresso na sociedade. Assim procedendo poderão contar com o apoio e a benevolência do Senhor Jesus, desejoso de ainda poder contar com a sua colaboração no progresso terreno.

Isto posto, o Senhor Jesus abordará um tema dos mais interessantes e úteis a todas as almas que se encontram mais uma vez cursando esta escola terrena. Refere-se o Senhor à necessidade e conveniência de todos os homens e mulheres adotarem o princípio da fraternidade em suas relações, reconhecendo como seus irmãos todas as demais pessoas, porque realmente o são, porque filhas do mesmo Pai Celestial. Adotando este princípio espiritual em seus contatos sociais, bem farão em emitir um pensamento de amor e fraternidade no início de sua conversação, pensamento que se integrará no pensamento da outra pessoa e nela imprimirá uma melhor disposição em favor dos assuntos tratados. Por outras palavras: criar-se-á uma disposição de boa vontade nas pessoas com as quais se houver de tratar. Uma vez esta prática generalizada, difundido estará com ela o princípio da fraternidade humana cujo poder eliminará em muitas mentes os grandes inimigos do homem, que são o ódio, a inveja e a malquerença, que tantas vítimas fizeram no passado. Embora não o pareça, a emissão de uma vibração de amor e fraternidade entre as almas encarnadas equivalerá ao lançamento à terra das mais delicadas sementes que hão de germinar e frutificar a seu tempo. O Senhor Jesus deseja esclarecer a propósito que todo o progresso que se for positivando na vida terrena terá sempre a sua fonte localizada nas almas aqui encarnadas. O mundo espiritual só pode influir no progresso terreno através da inspiração projetada sobre os corações humanos preparados para a receberem. De posse da inspiração oriunda do mundo espiritual, é que os seres humanos agem e conseguem implantar o progresso nos setores de suas atividades. Se, por conseguinte, os seres humanos, de posse da recomendação do Senhor passarem a irradiar pensamentos de amor e fraternidade aos seus semelhantes, podem estar certos de estarem contribuindo eficazmente para a exterminação dos pensamentos de ódio, inveja, malquerença e de outros que tais das mentes humanas. Ao fim de algum tempo todos os seres humanos entrarão a viver numa faixa de tranqüilidade, harmonia e fraternidade, que serão os frutos daquela sementinha lançada à terra por eles próprios ou pelos seus antepassados. Esta será a maneira pela qual a vivência das almas na Terra deixará de registrar o grande número de maldades que marcaram os séculos decorridos
com graves prejuízos morais para as criaturas humanas.

E como quem semeia colhe a seu tempo, a emissão de pensamentos de amor e fraternidade a partir de agora, há de beneficiar para o futuro a todas as almas que assim procederem.

Com o advento do século XXI da era cristã, há necessidade de eliminar do ambiente terreno, e também dos costumes e hábitos humanos, um grande número de práticas que muito tem retardado o progresso coletivo. O Senhor Jesus deixou na Terra há dois mil anos, para o bem de toda a humanidade, o ensinamento de que só o amor constrói para a eternidade. E de fato assim é,
hoje e em todos os tempos. Toda a construção de ordem moral baseada no amor há de frutificar abundantemente como tem frutificado até hoje. Certo é que o mundo daquela época não estava ainda preparado para recolher a bela semente lançada pelo Senhor Jesus, e apenas um número bastante reduzido de almas soube aproveitá-la. Hoje, entretanto, mais de dois mil anos decorridos, contando a população deste século nada menos de oito a dez encarnações a mais do que naquele tempo, e tendo-se despojado de um bom número de imperfeições à custa de sofrimentos sem conta, é tempo de todas as almas encarnadas se firmarem no bom princípio do amor e da fraternidade, empenhando-se por sua vez em implantar na sociedade humana de seus dias, aquele sábio princípio que há de irmanar todas as almas: o amor e a fraternidade. É mais do que certa a afirmativa multimilenar de que quem faz o bem, para si o faz. A recíproca também é verdadeira. Assim pois, todas as almas que se esforçarem em emitir vibrações de amor e fraternidade para as suas semelhantes, hão de surpreender-se algum dia ao registrarem fatos passados consigo que só mesmo por milagre – dirão – poderiam acontecer. O milagre verificado em tais casos é perfeitamente explicável em face da lei da retribuição. Emitindo constantemente vibrações de amor e fraternidade para os seus semelhantes, essas vibrações também se acumulam no seu coração como poderoso elemento de amor e proteção para si próprias em determinado momento. O milagre tantas vezes verificado
com as almas encarnadas tem a sua explicação no bem que tiverem feito ou desejado a outrem, através de suas vibrações de amor e fraternidade. Apenas se cumpre nesses eventos, a lei espiritual das retribuições.

A emissão de vibrações de amor e fraternidade são sementes que frutificarão a seu tempo.

Afaste-se dos que optam pela subversão da ordem.

Na meditação, após as orações fervorosas, alcançareis o objetivo primordial da vossa reencarnação. Para saber sua missão leia também a Mens. 126.

As vantagens do contato com a Divindade, pela prece, são inumeráveis.

NÃO PODEMOS ABDICAR DA NOSSA PRÓPRIA LUZ, menosprezando

os luminosos conselhos.