Passa já da hora o vosso despertar espiritual . . . Saiba que a tua verdadeira pátria é no mundo espiritual . . . Teu objetivo aqui é adquirir luzes e bênçãos para que possas iluminar teus caminhos quando deixares esta dimensão, ascender e não ficar em trevas neste mundo de ilusão . . .   Muita Paz Saúde Luz e Amor . . . meu irmão . . . minha irmã

sexta-feira, 15 de março de 2013

34ª mensagem de ensinos espirituais - Livro: Nova Ordem de Jesus




Ditada pelo Apóstolo Thomé
Em 4-10-1970
Rio de Janeiro – Brasil

ENEGRECIMENTO DA AURA MAGNÉTICA DA TERRA: LIXO MENTAL ACUMULADO DE MUITOS SÉCULOS – AÇÃO E REAÇÃO DAS LEIS ESPIRITUAIS – ONDE RESIDE A MAIOR FONTE DE LUZES PARA AS ALMAS ENCARNADAS – É CHEGADO O TEMPO

O CONJUNTO DE ALMAS ENCARNADAS que formam a humanidade terrena tem um dever a cumprir, livremente aceito por ocasião de sua preparação para a presente encarnação. Esse dever consiste sobretudo no esforço que lhes cumpre empregar para ajudarem a eliminar da aura magnética da Terra todo o negrume ali acumulado desde séculos, resultante das vibrações negativas emitidas pelas mentalidades inferiores que viveram na Terra.

Desse círculo negro existente em torno do planeta, muitas idéias negativas se desprendem e se projetam no ambiente terreno, influenciando as mentes mais fracas ou menos evoluídas à prática de atos inconvenientes ou prejudiciais às almas desprevenidas.

Há necessidade, por conseguinte, que todo o conjunto de almas encarnadas se esforcem no sentido de ajudarem a diluir no espaço cósmico o volume de vibrações negativas que tanto tem influído sobre as almas encarnadas do passado e também do presente. Isto se verificará na medida em que forem aumentando as vibrações positivas do meio terreno através das orações das almas encarnadas. 

Uma imagem bastante simples poderá esclarecer melhor o assunto. Imaginai, caros leitores, uma praça de regulares dimensões existente em torno do vosso núcleo residencial, na qual os moradores do passado tivessem depositado o lixo de suas casas, elevando o depósito a uma altura respeitável, a qual se estenda já em torno dos vossos lares. A medida indicada para exterminar esse depósito de imundície, a qual, uma vez aceita será posta em prática por todos os moradores das imediações, deverá ser a destruição do lixo por meio de lançamento do fogo, único elemento capaz de destruir inclusive os miasmas ali viventes.

Isto feito com o concurso de todos os moradores do conjunto ou localidade, fácil será extinguir de uma vez o lixo ali acumulado para a perfeita higienização do ambiente. Pois bem, caros leitores; o volume de vibrações negativas formando o círculo negro em redor da Terra, deve ser destruído também por meio da luz produzida pelas orações diárias das almas encarnadas, atuando sobre ele como outra espécie de fogo, porque realmente o é, e da sua continuidade resultará a extinção da massa enegrecida que circunda o planeta.

Vede, porém, almas queridas, que o vosso esforço ser-vos-á recompensado pelo recebimento em vosso Espírito de um volume de luzes  igual àquele que houverdes projetado sobre o lixo mental acumulado em torno do planeta. 

O Senhor Jesus esclarece e agradece as almas encarnadas este valioso serviço, pelo grande bem que do mesmo há de resultar para as almas que o prestarem, em primeiro lugar, e em segundo lugar para toda a humanidade. Funcionará neste particular a lei das compensações como funciona, aliás, em tudo o mais.

Quando a ocasião chegar, de cada alma presentemente encarnada partir de regresso ao seu plano espiritual, há de regozijar-se ao verificar o quanto o seu esforço mental contribuiu para desanuviar a Terra de sua atmosfera negativa. O seu regozijo será, porém, bem maior ao constatar o engrandecimento das suas luzes espirituais, decorrentes do trabalho realizado neste particular.

Será como se se tivesse dedicado a cuidar de certa área improdutiva em torno de sua residência, e a deixasse completamente limpa e preparada para a produção de alimentos sãos para os que ficaram. Todo esforço empregado na Terra em benefício da coletividade é regiamente recompensado no mundo espiritual onde tudo ficou minuciosamente registrado pelas próprias vibrações das almas que empreendem esses esforços. 

Do mesmo passo se encontram anotados no mundo espiritual os maus procedimentos das almas ao longo de cada uma das suas encarnações e muito sofrem aquelas que tiverem dado causa a tais registros.

Deseja o Senhor Jesus, através destas informações, esclarecer as almas encarnadas suficientemente acerca do funcionamento das leis divinas, nelas incluída a chamada lei de causa e efeito. Todos os atos e passos dados pelas almas viventes na Terra tem o seu duplo espiritual produzido pelo próprio pensamento das almas encarnadas em suas atividades e realizações. 

Assim como um ato bom, meritório, gera um registro espiritual da mesma natureza,um ato ou procedimento de ordem inferior ou negativa, produz no plano espiritual um registro semelhante. Daí o tormento que aflige um grande número de almas no seu regresso da Terra, ao verificarem, desoladas, os atos em que na Terra se envolveram, os quais só lhes dão sofrimento, quando haviam descido ao solo terreno dispostas a adquirir novas luzes espirituais.

O Senhor Jesus considera do maior interesse para as almas encarnadas o conhecimento destes detalhes em torno das leis espirituais, os quais não constam dos ensinamentos doutrinários das religiões terrenas. Conhecendo estes detalhes acerca das leis espirituais, sua ação e reação, estarão as almas encarnadas em condições de pautar todos os seus atos em harmonia com as leis divinas com real proveito para si mesmas.

É como se uma criatura tivesse de seguir um caminho estreito de olhos vendados, e por isso sujeita a cair em algum precipício marginal. Retirada, porém, a venda que lhe impedia a visão do caminho, essa criatura segue firmemente pelo caminho estreito sem o menor risco de perigo.

Estes esclarecimentos do Senhor Jesus devem ser tidos como a retirada da venda que impede a visão correta de muitas almas encarnadas do caminho que devem seguir, habilitando-as a caminhar com toda a segurança.

E ao regressarem da Terra ao seu plano espiritual, terão uma satisfação imensa ao constatarem quão bela  trajetória percorreram para sua maior felicidade. Porque, almas queridas, deve ficar perfeitamente claro o seguinte: a vida terrena decorre num período demasiado curto, para que as almas encarnadas se dediquem a quanto encontraram na Terra, uma vez que nada poderão levar consigo do que à Terra pertence.

Isto posto, há que pensar seriamente no que lhes sobreviverá quando tiverem regressado ao seu plano de origem no mundo espiritual. E se a cada alma corresponderá no mundo espiritual o resultado do que tiver produzido de bom e útil na Terra, mas, principalmente o montante das suas orações à Divindade que encontrará representado em luz para o seu Espírito, sabendo disso enquanto permanecer na Terra, tudo aconselha a que trate cada qual de produzir o maior volume de luzes espirituais que puder, para a sua maior alegria e felicidade ao longo dos cem ou duzentos anos que irá aguardar no mundo espiritual uma nova oportunidade de voltar à Terra.

Sabendo disto, porque é verdade, cada alma encarnada fará bem em proceder a um exame do seu passado a fim de verificar o que deva ser corrigido e abandonado, para traçar um plano de vida capaz de contribuir decisivamente para a sua felicidade presente e futura.

Felicidade presente, por afastar determinados fatos que lhe poderiam trazer sofrimento, e portanto conservando-a livre de preocupações a respeito; e felicidade futura pela segurança de que, vivendo em harmonia com as leis divinas, praticando somente o que for justo e correto, estará construindo um futuro espiritual de paz e felicidade que jamais permutará por todo o ouro da Terra.

O Senhor Jesus convida os felizes leitores desta Mensagem a meditarem seguidamente no que aí fica, à falta de cujo conhecimento muitas almas encarnadas vivem, por assim dizer, uma vida sem rumo definido. O conhecimento do que aí fica, uma vez assimilado pelos leitores, terá força bastante para nortear a vida de todas as almas que lhe derem sua atenção. A falta deste conhecimento por várias gerações que viveram na Terra pode ser responsável pelo reduzido adiantamento espiritual pelas mesmas alcançado durante séculos e séculos, quando já poderiam haver atingido o mais alto grau evolutivo.

O fato é que ainda se encontram vivendo na Terra numerosas almas que aqui estiveram seguidamente nos últimos três milênios, e se encontram bem pouco adiantadas do que então. A causa desse fato reside exclusivamente no desinteresse dessas almas pelo conhecimento e aplicação das leis espirituais, entregando-se inteiramente a vivência de quanto o meio terreno lhes proporciona. 

É chegado, porém, o tempo de uma decisão: a aplicação das leis espirituais em sua presente encarnação, ou a única alternativa: retornarem a planetas inferiores para um novo aprendizado. Meditem todas as almas encarnadas seriamente no que aí fica.

Considere o “lixo mental” e o “tempo de uma decisão”!