Passa já da hora o vosso despertar espiritual . . . Saiba que a tua verdadeira pátria é no mundo espiritual . . . Teu objetivo aqui é adquirir luzes e bênçãos para que possas iluminar teus caminhos quando deixares esta dimensão, ascender e não ficar em trevas neste mundo de ilusão . . .   Muita Paz Saúde Luz e Amor . . . meu irmão . . . minha irmã

quinta-feira, 27 de outubro de 2016

CAPÍTULO LVIII - ESCREVEI AO SENHOR DO MUNDO - Livro: Derradeira Chamada. Psicografado por Diamantino Coelho Fernandes. Ditado pelo Irmão Thomé.




O Senhor do Mundo, como costumamos referir-nos no Alto ao meigo Nazareno, por ser Ele em verdade, o Governador e Senhor deste planeta em que presentemente vos encontrais, assentou sua tenda de campanha na Terra, em local que bem depressa se tornará conhecido de seus felizes habitantes. Para melhor acompanhar e dirigir os trabalhos de esclarecimento que estão sendo desenvolvidos por toda a parte, o Senhor do Mundo aqui se instalará e permanecerá pelo tempo que julgar necessário ao total esclarecimento de todos os encarnados. 

Nenhum país da Terra poderá considerar-se privilegiado com a hospedagem do Senhor, porque em verdade todos deverão ser por Ele visitados demoradamente com o grande objetivo de sua descida à Terra. Certo é, entretanto, que dentre os países em que se divide o globo terrestre, alguns ou algum deles O hospedará por mais tempo, segundo a harmonia de pensamentos que desse país se elevar, como testemunho do esclarecimento e desejo de seus habitantes de se elevarem até ao Senhor do Mundo. Permitido me não é, por conseguinte, adiantar mais sobre o assunto, deixando a cada um dos meus estimados leitores e amigos a iniciativa de adivinharem qual possa vir a ser esse país. 

Por agora, desejo dizer a todos quantos me honram com a leitura de meus livros, aceitando e praticando quanto lhes tenho recomendado, que se tornam cada dia mais e mais claras as possibilidades da transformação do panorama terreno vir a operar-se com muito reduzido risco para quantos cumprem mais uma de suas encarnações na Terra. Graças à boa vontade demonstrada por quase todos os meus leitores, o conjunto de vibrações mentais partidas deste plano físico, atesta uma auspiciosa melhora em todos os sentidos da vida terrena, em face da situação constatada doze meses antes. E se assim continuarem, dois grandes resultados terão sido alcançados com a divulgação dos meus conselhos: a crescente iluminação espiritual dos meus queridos irmãos leitores, e em consequência, a dissolução gradual das nuvens  densas que ameaçam desfazer-se em pesados temporais sobre o solo terreno.   
 
Nosso Senhor regozija-se verdadeiramente com estes primeiros resultados, e espera poder vê-los se afirmarem cada dia mais, até ao ponto de poderem anular por inteiro os graves perigos que se acumulavam sobre vossas cabeças até há pouco despreocupadas. Praza aos céus, dizemos nós todos que aqui nos encontramos ao serviço do Senhor, praza aos céus pelos auspiciosos resultados à vista, e que outros e outros ainda se positivem, como bem o desejam todos os Espíritos de Deus. 

Em seguida referir-me-ei a um novo assunto que preparei especialmente para vós todos, queridos leitores meus, assunto que espero a todos vos possa trazer interesse e alegria ainda no mundo terreno em que vos encontrais. Quero falar-vos de algo que poderá contribuir grandemente para a vossa mais rápida iluminação, ou seja para a vossa maior felicidade. Trata-se da maneira pela qual cada um dos meus leitores poderá ver realizadas várias de suas aspirações terrenas, visando ao seu bem-estar e tranquilidade de espírito. É muito fácil o processo a utilizar. Tudo se resume, por assim dizer, num simples copo d'água, liquido cuja virtude bem poucas ainda conhecem na Terra, o processo consiste apenas no seguinte: Quando tiverdes necessidade de algo para a vossa tranquilidade e bem-estar, algo esse que não importe em prejuízo de qualquer de vossos irmãos terrenos, podereis consegui-lo da seguinte maneira:
- Escolhei em vosso lar, preferivelmente em vosso próprio dormitório, um local, um móvel, por exemplo, e colocai sobre o mesmo, ao deitardes, um copo d’água, se possível, cujo líquido tenha até uns dois centímetros do bordo do copo. Aquilo que desejardes conseguir por absolutamente necessário, a juízo vosso, ao vosso bem-estar material e tranquilidade espiritual, escrevei-o a lápis num pedaço de papel branco, que dobrareis ao meio e colocareis sob o copo d'água, na hora de vos deitardes. Fazei nesse momento uma prece ao Senhor Jesus, rogando-Lhe que faça materializar-se para vós o que consta do vosso pedido sob o copo, e ide deitar-vos tranquilamente. No dia seguinte ao vos levantardes retirai o pedido e guardai-o, despejai a água na pia ou, preferivelmente no pé de uma planta se a tiverdes. 

Fareis esse pedido três noites seguidas, ao fim das quais podeis queimar o papel e guardar o copo, porque vosso pedido foi recebido e vai ser atendido por ordem do Senhor Jesus. Em se tratando do Senhor do Mundo a quem dirigis o vosso pedido, implícito está que só devereis pedir o que justo e necessário for para vós ou vossos familiares, e jamais o que possa prejudicar ou fazer falta a algum dos vossos companheiros de jornada terrena.

Fazei isso com toda a vossa fé, porque o Senhor Jesus anseia por poder ajudar a todos os seus guiados terrenos, mas encontra dificuldade em fazê-lo pela razão de que a grande maioria não sabe sequer pedir o que deseja. Recomendou-me então o Senhor, deixar-vos neste capítulo estes esclarecimentos a fim de que, pedindo por escrito aquilo que desejardes obter do Senhor, todos os seus mensageiros se encontram autorizados e em condições de atender-vos. Utilizai então esse líquido precioso que é a água, cuja vibração magnética transmitirá ao Alto o vosso pedido, a fim de que possais vê-lo atendido sem maior demora. 

Estou a imaginar a vossa curiosidade em conhecer o processus da transmissão dos vossos desejos ou necessidades, expressas no pedacito de papel colocado sob o copo d'água. Eu explicarei então que bem pouco conhecidas são ainda na Terra as propriedades maravilhosas da água, tão simples esse líquido vos parece. A água representa para todos os desencarnados bem mais do que um fluido, mais do que um líquido terreno, mas uma autêntica projeção luminosa. É a água em verdade um dos mais poderosos elementos da alta magia, utilizada pelos Espíritos de Luz em seus trabalhos de proteção aos encarnados. Onde um copo d'água se encontrar durante o período da noite, aí estará um foco luminoso que é visto de muito alto pelos desencarnados que passarem. De um simples copo d'água poderá cada um de vós construir um foco de luz em beneficio, por exemplo, das almas necessitadas, o que todas elas agradecem de coração.

Se, para esse fim, colocardes fora de vossa janela uma, duas ou três vezes por semana, um copo d'água que oferecereis aos espíritos necessitados, estareis oferecendo-lhes em verdade um foco de luz para engrandecer a que possuírem, praticando desta maneira uma verdadeira caridade. Eu vos recomendarei, entretanto, que em benefício próprio, façais o seguinte: - Como todos tendes em vosso redor Espíritos que vos ajudam na medida de suas possibilidades, podeis retribuir-lhes essa ajuda, oferecendo um copo d'água duas ou três vezes por semana, colocando do lado de fora da vossa janela, ou em determinado local do vosso jardim, sob uma planta, por exemplo. Fazendo-o, dizei-lhes mentalmente ou em palavra audível que é para eles, com a graça de Nosso Senhor. No dia seguinte bem cedo retirareis o copo, despejando a água, ou na própria planta ou noutro lugar que escolherdes. O resultado dessa operação será que, se esses irmãos de boa vontade já se esforçam em ajudar-vos, muito melhor o farão pela ajuda que então lhes dais no engrandecimento de sua própria luz. 

Uma única recomendação aqui vos faço a respeito do oferecimento desse copo d'água. É que se iniciardes essa oferta, esforçai-vos em não a interromperdes, seja por que motivo for, porque os vossos amigos poderão supor que os abandonastes e por sua vez vos abandonarão também, deixando aberto o caminho, quem sabe? para Entidades de baixo nível espiritual, o que poderia acarretar-vos, possivelmente, algum sofrimento desnecessário. Assim pois, pensai bem; se iniciardes a prática desse oferecimento, mantende-a por toda a vida, que a mesma poderá trazer-vos grandes consolações e afastar certos perigos do vosso ambiente. Isto nada tem, contudo, com o ato do pedido feito por meio do copo d'água.