Passa já da hora o vosso despertar espiritual . . . Saiba que a tua verdadeira pátria é no mundo espiritual . . . Teu objetivo aqui é adquirir luzes e bênçãos para que possas iluminar teus caminhos quando deixares esta dimensão, ascender e não ficar em trevas neste mundo de ilusão . . .   Muita Paz Saúde Luz e Amor . . . meu irmão . . . minha irmã

domingo, 12 de maio de 2013

73ª mensagem de ensinos espirituais - Livro: Nova Ordem de Jesus - Vol I





Ditada pelo Apóstolo Thomé
Em 20-2-1971
Rio de Janeiro - Brasil

O SENHOR JESUS ACOMPANHOU OS TRABALHOS PREPARATÓRIOS DESDE ALGUNS SÉCULOS – UM BENEFÍCIO PARA AS ALMAS ATINGIDAS PELOS ACONTECIMENTOS – A REALIZAÇÃO DA DIVINDADE AO ALCANCE DE TODOS: COMO CONSEGUI-LA

O PROCESSO ESCOLHIDO pelas Forças Superiores do mundo espiritual para realizar as modificações julgadas necessárias na estrutura terrena, foi o que melhor poderá atender aos objetivos colimados. O fato de virem a desencarnar alguns milhares de almas cujos corpos venham a ser atingidos pelos acontecimentos, em nada as prejudicará, porque largas compensações lhes estão reservadas no mundo espiritual, em face da interrupção de sua vida terrena. 

Tudo isto mereceu largos e profundos estudos por parte das Forças Superiores, as quais incumbe toda a tarefa em andamento na Terra. O Senhor Jesus acompanhou todos os estudos e trabalhos preparatórios realizados no Alto desde alguns séculos, tendo dado Sua inteira aprovação a tudo quanto foi feito com o objetivo de dotar o planeta dos melhoramentos necessários. Para acompanhar de perto as operações em curso o Senhor Jesus resolveu instalar-se no solo terreno e aqui se encontra desde vários anos, acompanhado de numerosas Entidades assessoras que se transportam a todas as regiões da Terra com o fim de verificar o andamento das operações e disto informar o Senhor Jesus.

Há um ponto que o Senhor Jesus deseja esclarecer mais detalhadamente para a necessária compreensão das almas encarnadas, que é o seguinte: - O fato de serem atingidas pelos trabalhos empreendidos na profundidade do solo, áreas densamente povoadas, importando isto na partida de maior número de almas de regresso ao mundo espiritual, esse fato reverte num autêntico benefício para essas almas, e jamais em prejuízo de nenhuma espécie.

As almas assim desencarnadas, terminaram efetivamente o período de sua encarnação atual e apenas se cumpre o desígnio divino que as conduz de regresso ao seu plano de vida espiritual. A grande maioria das almas assim desencarnadas cumprirá pequeno estágio no Alto para regressar ao solo terreno dentro de breve prazo no desempenho de várias tarefas. Dir-se-á talvez que um grande número de almas desencarnadas em conseqüência dos acontecimentos verificados no mundo terreno, são almas simples, desprovidas de certos conhecimentos que lhes permitam desempenhar tarefas de responsabilidade numa próxima encarnação. 

Senhor Jesus esclarece que a aparente simplicidade de vida e comportamento de uma alma não traduz qualquer atraso espiritual nem ausência de experiências acumuladas em vidas anteriores. Ao contrário disso, são as almas de vida simples não raro já longamente vividas e possuidoras de elevado nível evolutivo. Vindo à Terra numa encarnação modesta e destituída de aprimoramento cultural, estas almas estão consolidando conhecimentos adquiridos antes, levando-as a observar tudo quanto se passa à sua volta sem contudo participarem dos fatos. Elas adquirem sobretudo condições de humildade e simplicidade de que muito necessitarão ao lado dos demais conhecimentos que se encontram arquivados em sua memória espiritual.

Este é precisamente o caso de um grande número de almas que estão desencarnando em conseqüência dos acontecimentos telúricos que estão sendo registrados em várias regiões. Repousando durante certo período no seu plano de vida espiritual, muitas destas almas deverão voltar à Terra no desempenho de importantes tarefas. Disto se conclui que tudo quanto vem acontecendo no solo terreno se destina a melhorar as condições de vida na Terra, e também selecionar um grande número de almas para aqui desempenharem várias tarefas do serviço divino.

Em face deste esclarecimento do Senhor Jesus, não há que lamentar os fatos ocorridos nem as suas conseqüências, visto como tudo foi estudado e planejado para o bem geral de todas as almas que se encontram na Terra, inclusive para aquelas que se preparam para reencarnar. Aquelas que forem atingidas pelos acontecimentos mas permanecerem na Terra, essas receberão do Alto uma assistência de tal modo benéfica que não chegarão a sentir-se vítimas dos fatos.

As Forças Superiores se empenharão em prover as almas que permanecerem na Terra, atingidas em sua contextura física, de tudo quanto possa alegrar-lhes a vida para que se esqueçam de quanto lhes houver trazido sofrimento. É a lei espiritual das compensações em pleno funcionamento, prodigalizando luzes e bênçãos às almas de qualquer maneira atingidas pelos acontecimentos telúricos.

Em seguida o Senhor Jesus deseja ministrar um esclarecimento novo a todos os leitores destas Mensagens. Um esclarecimento que poderá contribuir decisivamente para o mais rápido adiantamento espiritual de cada um. O ensinamento é o seguinte: - Aqueles dos leitores destas Mensagens que aspirarem à realização da Divindade, assim entendido o ato de poderem comunicar-se diretamente com a autoridade máxima do mundo espiritual em relação à Terra, podem realizar facilmente esta sua aspiração, seguindo o método a seguir divulgado pelo Senhor Jesus. 

Para a realização de tal aspiração devem seguir as seguintes instruções: formulem o seu desejo de se encontrarem espiritualmente com a Divindade a partir de uma terça-feira na hora de deitarem, após a elevação de sua prece habitual, e durante a meditação, formulem mentalmente o desejo, a aspiração de se encontrarem com a Divindade e d’Ela receberem a Sua Benção santificante.

Essa aspiração deve ser mentalizada durante sete a dez minutos no período de meditação. Ao terminarem guardem a convicção de que a sua aspiração foi recebida pela Divindade, e que a mesma será realizada. Façam o mesmo na noite de quarta-feira seguinte, mentalizando a aspiração com a convicção de que vão ser atendidos. Na quinta-feira a aspiração se realizará. Iniciem a sua preparação com a prece e meditação habituais, formulando mentalmente
o desejo bem forte de que vão ser atendidos pela Divindade.

Encerrado esse trabalho mental, aguardem confiantes a presença da Divindade, e com a certeza de que irão realizar sua grande aspiração. A Divindade se manifestará tão positivamente que nenhuma dúvida restará no candidato.

Há certas circunstâncias que em muitos casos impedem o candidato de receber e compreender a presença da Divindade. Uma dessas circunstâncias pode resultar de ter o candidato muito cheio o estômago, o que realmente dificulta o uso de suas faculdades psíquicas no reconhecimento da presença da Divindade no seu lar. É conveniente por isso que o candidato faça apenas uma refeição frugal à noite com exclusão absoluta da carne e do álcool. Isto facilitará a ação de suas faculdades psíquicas no reconhecimento da presença da Divindade.

Muitos casos têm sucedido em que o candidato não consiga realizar nitidamente a Divindade no estado de vigília, mas realizá-la-á durante o sono do corpo, quando o Espírito se encontra livre no Espaço. Isto é bem mais fácil de realizar do que no estado de vigília, dadas as limitações a que a matéria sujeita as almas encarnadas.

A realização da Divindade por uma alma encarnada acarreta determinados compromissos e obrigações para as almas beneficiadas. É por isso recomendável que a preparação de uma criatura para receber a Divindade no seu lar não obedeça a princípios de mera curiosidade, mas tenha sempre por fundamento de a criatura poder receber alguma tarefa de serviço divino na Terra. 

Esta condição manifestada pela criatura de sua preparação, transmitirá à Divindade a certeza de poder contar com aquela alma que deseja vê-la, para a realização do que necessário for a serviço da Divindade. Desta maneira muito se facilitará a aproximação da Divindade, que não dispõe de lazer para corresponder à mera curiosidade de quem apenas deseje satisfazer um capricho.

O Senhor Jesus deseja recomendar aos seus estimados leitores que formulem um desejo sincero de realizarem a Divindade no estado de vigília, conforme indicado acima, na certeza de que a Divindade alimente por sua vez o mesmo desejo sincero de se apresentar aos filhos encarnados, como objeto de os impulsionar no caminho do seu progresso espiritual. Podem as almas encarnadas contar desde já com todo o apoio do Senhor Jesus na realização de tão elevado objetivo, qual seja o de se defrontarem com a Divindade e d’Ela receberem as instruções acerca de quanto estejam aptos a realizar. 

Pelos desejos sinceramente manifestados pelas almas encarnadas, de a terem presente em seus lares, a Divindade pode melhor ajuizar do número de filhos encarnados desejosos de cooperar no serviço divino na Terra, como conseqüência do desenvolvimento espiritual já alcançado. Por outras palavras, a Divindade melhor ficará conhecendo quantos são os novos apóstolos em preparação na Terra.