Passa já da hora o vosso despertar espiritual . . . Saiba que a tua verdadeira pátria é no mundo espiritual . . . Teu objetivo aqui é adquirir luzes e bênçãos para que possas iluminar teus caminhos quando deixares esta dimensão, ascender e não ficar em trevas neste mundo de ilusão . . .   Muita Paz Saúde Luz e Amor . . . meu irmão . . . minha irmã

quinta-feira, 30 de maio de 2013

81ª MENSAGEM DE ENSINAMENTOS ESPIRITUAIS - livro: Nova Ordem de Jesus - Vol II



Ditada pelo Apóstolo Thomé
Em 20-3-1971
Rio de Janeiro - Brasil

REGRESSO DAS ALMAS DESPREPARADAS E SUA INTERNAÇÃO NUM REFORMATÓRIO – SOFRIMENTO QUE PODE SER EVITADO – SINAL LUMINOSO OSTENTADO PELAS PESSOAS HABITUADAS À ORAÇÃO – “PORTA - VOZ” DO SENHOR NA TERRA

O QUE ESTÁ ACONTECENDO em todo o mundo terreno já tem acontecido em numerosos outros mundos, e acontecerá em outros mais, como uma necessidade ao progresso de cada um. A superfície de todos os mundos habitados está sujeita a modificações de sua estrutura para o fim de adaptá-la às necessidades dos respectivos habitantes. No caso da Terra, por exemplo, essa necessidade tornou-se premente em face do grande número de almas que estão reencarnando, e dos milhões de outras que deverão chegar à Terra no decorrer do século XXI.

O objetivo fundamental das transformações a serem operadas na estrutura terrena, consiste principalmente da preparação de numerosas áreas até agora improdutivas, em campos férteis para a produção de alimentos. Foi estudado então, desde muito, no Alto, o arrasamento de todas as elevações que possam vir a transformar-se em áreas de produção de alimentos cada dia mais necessários para a população em franco crescimento.

Os trabalhos neste sentido são operados na profundidade do solo, conforme
foi dito em Mensagens anteriores, podendo atingir algumas localidades densamente povoadas e promover a partida de alguns milhares de almas encarnadas. Quanto a isto, já sabeis que todas as almas atingidas serão desde logo beneficiadas com o seu recolhimento a planos de vida mais feliz e tranqüilo do que este que estiverem vivendo na Terra.

O Senhor Jesus repete a explicação acima com o objetivo de tranquilizar os Seus leitores quanto ao que virá a suceder em todo o planeta, como conseqüência das operações que estão sendo realizadas na profundidade do solo terreno. Mas o Senhor deseja repetir também a Sua recomendação no sentido de que todas as almas encarnadas se habituem desde agora a prática da sua oração diária à Divindade, com o que estarão construindo elas próprias a sua segurança em face dos acontecimentos que se estão desenrolando na Terra.

Isto posto, deseja o Senhor Jesus abordar outro tema da maior importância para todas as almas que se encontram vivendo na Terra uma nova encarnação. Deseja o Senhor referir-se ao que acontece diariamente no Alto às almas que regressam da Terra sem nenhuma preparação espiritual, dado que toda a sua existência foi dedicada aos interesses da vida material. Estas almas ao chegarem ao mundo espiritual apresentam-se de tal modo inseguras de si mesmas, pela falta das onças de luz que não cuidaram de adquirir ao longo de sua vivência na Terra, que necessário se torna, em não poucos casos, interná-las no Reformatório lá existente, até que consigam despertar a sua consciência, obumbrada pelo fenômeno da morte do corpo deixado na Terra. 

É que, tendo vivido uma existência inteiramente devotada aos interesses da matéria, sem se preocuparem com o seu regresso ao mundo espiritual, estas almas ao se desligarem do corpo pelo fenômeno da morte, não conseguem raciocinar sobre a sua verdadeira situação. Os seus Guias espirituais carregam-nas carinhosamente para o seu plano espiritual e ali as depositam, entregues, por assim dizer, ao tempo que as fará despertar. Uma vez despertadas, porém, ao fim de maior ou menor período de adormecimento, a primeira preocupação destas almas é saber onde estão, como foram levadas para ali, manifestando o ardente desejo de voltar para casa, o lar que deixaram na Terra, para se reunirem aos seus. Este fato produz cenas às vezes comoventes, principalmente a partir do momento em que se lhes diz ser isso impossível em face de sua situação de desencarnadas.

Há nisto um maior ou menor sofrimento moral, que poderia ser evitado se aquelas almas tivessem cultivado na Terra o hábito da oração diária à Divindade na hora de deitar. Este hábito é que contribui para a iluminação das almas encarnadas e lhes permite realizarem um desligamento do corpo absolutamente consciente de si mesmas, e reingressarem no seu plano de vida espiritual com toda a tranqüilidade. O hábito da oração e da meditação representa para as almas que o adotam, um grande sentido de bem-estar enquanto na Terra, do qual resulta inclusive o afastamento de numerosos problemas ao longo de sua trajetória terrena.

É por tal motivo que o Senhor insiste em Suas Mensagens para que todos os homens e mulheres se habituem a essa prática, pelo grande bem daí resultante, não só enquanto na Terra como também por ocasião do seu regresso ao mundo espiritual. O homem como a mulher que oram à Divindade por hábito diário, ostentam em sua aura uma pequena lâmpada permanentemente acesa, a qual indica às almas desencarnadas (Espíritos) o grau de sua elevação na escala espiritual. 

Encontram-se na Terra numerosas almas cuja lâmpada projeta uma tão forte luminosidade que nos permite identificar nelas, almas de grande evolução incumbidas de determinadas missões do Senhor no meio terreno. Eis o motivo do Senhor Jesus insistir na prática da oração diária à Divindade, pelo bem que essa prática acarreta às almas que a adotam. Paralelamente, a prática da oração à Divindade proporciona às almas que oram um sem número de facilidades em sua vida terrena, que elas próprias estão em condições de identificar. 

É que a prática da oração diária, além de avivar cada dia mais a luminosidade de sua lâmpada, também aumenta o poder de sua fé, o que muito vale na vida de todas as almas. E uma alma que dispuser de um respeitável poder de fé em seu coração, estará habilitada a superar todos os obstáculos que ocorrem naturalmente à vida de todas as almas na Terra.

O Senhor Jesus deseja dizer ainda aos Seus estimados leitores que está no interesse de cada um empenhar-se na conclusão do seu aprendizado terreno, embora a vivência de muitos ainda se prolongue. O Senhor Jesus deseja confiar tarefas a alguns milhares de almas encarnadas que se apresentarem dignas de recebê-las, e nisso muito se empenha o Senhor em poder contar com o maior número possível.

E que tarefas secretas serão essas? - É natural que essa indagação se faça. O Senhor Jesus esclarece que essas tarefas consistem em determinadas almas se constituírem pela sua moral, pelos seus atos e atitudes, autênticos porta-voz do Senhor na Terra, colaborando eficientemente com o Senhor no progresso de outras almas.

A função das almas porta-voz é muito ampla, e muito fácil de desempenhar. Sucede freqüentemente encontrarem-se várias criaturas reunidas a tratar de assuntos diversos. Se entre elas se encontrar uma alma porta-voz do Senhor, ela receberá em dado momento uma inspiração do Senhor Jesus, inspiração logo identificada pela alma com a lembrança do Senhor, e intervirá na conversa de maneira tão clara, tão positiva, que às demais parecerá realmente uma idéia inspirada.

Outro caso. Encontram-se reunidos vários indivíduos empenhados em discussão deste ou daquele assunto que os mesmos elevaram ao paroxismo, podendo resultar em possível conflito. Existindo presente uma alma porta-voz do Senhor ela só terá que elevar mentalmente um pedido ao Senhor Jesus no sentido de pôr fim à discussão. Esta alma verá ao cabo de poucos instantes que a discussão se acalmou com a mesma facilidade com que uma vasilha de água fria extingue uma fervura. Vê-se pelos dois exemplos que aí ficam todo o valor das almas se prepararem para a bela tarefa de se tornarem porta-voz do Senhor Jesus na Terra. 

É muito importante para os continuados êxitos destas almas que as mesmas guardem só para si esta bela faculdade que o Senhor lhes conceder, o que as levará a apurá-las cada vez mais. Uma alma que se tornar porta-voz do Senhor na Terra, terá tantas oportunidades de prestar serviço ao Senhor, que
ao desencarnar se surpreenderá com a recompensa que a espera no mundo espiritual. O Senhor Jesus encarece, pois a preparação do maior número de almas para esta especialidade em todas as regiões, cidades, vilas e povoados, porque em todos esses lugares há de haver necessidade de alguém para receber e transmitir a Sua Palavra em numerosas ocasiões.

Em seguida o Senhor Jesus dirá o que deve ser feito pelas almas que desejarem candidatar-se à condição de porta-voz do Senhor na Terra. Para isso as almas prepararão o seu desenvolvimento espiritual mediante a leitura,
por exemplo, das obras que constituem a Grande Cruzada de Esclarecimento e mais a Vida de Jesus ditada por Ele mesmo, a fim de se ilustrarem com a palavra iluminada vinda do Alto. A leitura atenta destas obras projetará uma intensidade luminosa nas almas, a tal ponto, que isso fará modificar em muitas delas certas práticas e hábitos do passado, que nenhuma falta lhes farão.

Estas leituras ensinar-lhes-ão muitas coisas úteis existentes no mundo espiritual, o que as engrandecerá desde logo aos olhos do Senhor. O prosseguimento daquelas leituras levará as almas a concluir que só então começaram a viver verdadeiramente na Terra, porque passaram a viver em harmonia com as leis espirituais, as leis divinas.

Estas leituras desenvolvem nas almas, paralelamente, o índice mediúnico que até então desconheciam, o qual lhes permitirá o contato a qualquer hora com as Forças Superiores, o Senhor Jesus inclusive, de quem se tornaram porta-voz na Terra, sempre que a voz do Senhor Jesus se tornar necessária. 

Vede, estimados leitores, mais um mundo de alegrias à vossa disposição.


Sede diligente no que vos diz o Senhor, para que vossa alegria seja completa.