Passa já da hora o vosso despertar espiritual . . . Saiba que a tua verdadeira pátria é no mundo espiritual . . . Teu objetivo aqui é adquirir luzes e bênçãos para que possas iluminar teus caminhos quando deixares esta dimensão, ascender e não ficar em trevas neste mundo de ilusão . . .   Muita Paz Saúde Luz e Amor . . . meu irmão . . . minha irmã

quarta-feira, 3 de setembro de 2014

1, TEMPOS SE APROXIMAM... ACELERADAMENTE – Livro: As Forças do Bem



“A cada um será dado segundo suas obras. Àquele que tem, mais ainda lhe será dado: e àquele que não tem, ser-lhe-á tirado o pouco que tem.” Nesta linguagem parabólica está encerrado um dos maiores e mais belos ensinamentos deixados por Nosso Senhor Jesus Cristo, em sua última passagem pela carne. Entendê-la, é penetrar o grande segredo que levará o Espírito humano à meta de sua perfectibilidade. Dar-se-á, por conseguinte, tudo, àquele que tem merecimento para receber, compreender e assimilar ensinamentos de grande luminosidade para o seu desenvolvimento espiritual, ao passo que nada se dará àquele que, não possuindo as necessárias condições por falta de merecimento, inútil seria beneficiá-lo com aquilo a que o mesmo não saberia dar valor. E aí está mais um ensinamento em torno daquela outra parábola do Senhor, quando disse: “não atireis pérolas aos porcos”.

Tempos, porém, se aproximam aceleradamente, aliás, em que os homens serão chamados a meditar seriamente no seu próprio futuro, quando então abrir-se-ão suas mentes à compreensão destes ensinamentos. A dor, o sofrimento, os fracassos e outros fatores análogos ainda são indispensáveis à grande maioria dos encarnados, no sentido de os conduzir à grande meta do seu destino. O homem aproxima-se a largos passos da fase em que o interesse puramente material cairá num plano secundário em sua mente, para dar lugar à meditação e ao raciocínio em torno dos problemas do Destino, ou seja, em torno do fenômeno da vida e da morte. O homem sensato, aquele cuja inteligência consiga receber do Alto as vibrações puríssimas emanadas da Mente Divina, suspenderá por vezes as suas atividades materiais, interesseiras, e pensará um pouco no destino que o aguarda quando seus olhos do corpo se fecharem para este mundo de ilusões. Ele desejará saber então, se vale realmente a pena ao ser humano vencer uma existência inteira de labores puramente materiais, acumular fortuna sobre fortuna, para a certa altura, largar tudo de vez e partir para o desconhecido, sem uma idéia sequer do caminho que terá de percorrer para alcançar determinado plano de vida, onde a fortuna maior ou menor aqui deixada, só lhe poderá proporcionar sofrimento e remorsos...

Homens e mulheres a quem estas palavras puderem chegar, suspendei por um instante os vossos cuidados e ouvi-me! Vossa permanência na Terra é demasiado curta e vossas alegrias efêmeras! Meditai um pouco no futuro de vossos Espíritos, e procurai ser úteis ao vosso próximo, para que possais transformar em luz para vós próprios, aquilo que puderdes dispensar em favor dos vossos irmãos necessitados. Fazei-o, porém, segundo aquele luminoso ensinamento do Senhor: Que a vossa mão esquerda não saiba o que derdes com a direita.

Usai ainda de um outro recurso da maior utilidade para o vosso bem-estar, e tranqüilidade para os vossos corações: adquiri o hábito altamente salutar de orar diariamente ao deitar, agradecendo a Deus a proteção e as bênçãos recebidas durante o dia, e pedindo sua continuação para o dia seguinte. Nesse ato, não vos esqueçais, porém, de perdoar as ofensas porventura recebidas durante o dia, assim como de perdoar aos vossos inimigos, que outra coisa não são que irmãos vossos, porque assim como vós, também são filhos de Deus, e um dia todos se hão de reunir para cantar hosanas ao Criador de todos os mundos do Universo.


Assim procedendo, não chegareis a saber o que de amarguras e sofrimentos conseguistes afastar do vosso caminho. Fazei isto, eu vos peço, pelo grande bem que vos desejo, e podeis contar também a partir de agora com a proteção do vosso — Irmão Tomé