Passa já da hora o vosso despertar espiritual . . . Saiba que a tua verdadeira pátria é no mundo espiritual . . . Teu objetivo aqui é adquirir luzes e bênçãos para que possas iluminar teus caminhos quando deixares esta dimensão, ascender e não ficar em trevas neste mundo de ilusão . . .   Muita Paz Saúde Luz e Amor . . . meu irmão . . . minha irmã

terça-feira, 14 de outubro de 2014

22. A CIVILIZAÇÃO DO TERCEIRO MILÊNIO – Livro: As Forças do Bem.





O advento de uma nova civilização está prestes a surgir neste planeta. Algo de muito importante, contudo, terá de acontecer antes, e os homens e mulheres serão disso testemunhas.

Com o advento da nova civilização, novos métodos de vida surgirão, assim como novos costumes, novas leis, e novos Espíritos virão também povoar a Terra. Tem-se dito e redito à humanidade atual que seu método de vida totalmente material não corresponde às suas necessidades evolutivas, mas infelizmente muito poucos são os que tomaram na devida conta os conselhos recebidos. Agora, porém, cessam as advertências para dar lugar à ação espiritual para a reforma de tudo quanto tem constituído o conforto e o bem-estar dos Espíritos encarnados.

Espíritos de grande evolução, habitantes bem-aventurados de outros planetas se aprestam para encarnar na Terra, a fim de constituírem os pontos de apoio de que Nosso Senhor necessita para a execução dos planos em andamento no Espaço. Muitas das crianças que enchem de alegria os vossos lares já são outros tantos enviados com a missão de ajudar nessa tarefa.

Vai ser necessário arrancar pela raiz a planta daninha de numerosos hábitos que se tornaram vícios, aos quais se deve em grande parte o encurtamento da vida humana. Essa planta será pois arrancada e jogada ao fogo, para que não mais se reproduza na Terra.

Para adiantar um pouco do que posso antecipar, direi que um dos vícios a extinguir será o fumo, do qual o homem apenas tem colhido enfermidades. Notai que hoje em dia já é bem diminuto o número de pessoas que fumam, principalmente entre o sexo masculino. Quanto às do outro sexo, o hábito transformou-se numa quase epidemia, o que é deveras lamentável. Há mulheres que conduzem o filhinho pela mão ou o sustentam ao colo, segurando na outra mão o cigarro! Isto denota o grau de inferioridade mental a que se reduziu a mulher-mãe, seduzida pela propaganda dos industriais do fumo. Examinai atentamente o fato no lar, na rua, na condução ou no trabalho, e vereis a que ponto se deixou abater a frágil criatura humana. Já ouvistes referir que alguém tenha alcançado a felicidade, saúde ou bem-estar, aspirando baforadas dessa planta desprezível? Absolutamente.

Outros vícios que igualmente se constituíram fatores da infelicidade humana, serão também extirpados da Terra para sempre, por nocivos à criatura do futuro, como o são à dos dias que correm. Não precisarei de os mencionar por serem todos bastante conhecidos.

Com o advento, pois, da próxima civilização, a civilização do terceiro milênio, uma seleção se fará entre os Espíritos atualmente encarnados, com o fim de remover para mundos mais adequados ao seu nível moral, aqueles que após dezenas e dezenas de encarnações na Terra, nada ou muito pouco progrediram moralmente, porque a isso têm podido resistir continuamente. Ora, se a próxima civilização requer elementos úteis, compreensivos, de moral superior, como admitir que Espíritos de moral inferior venham perturbar esse nível, impregnando o ambiente vibratório com suas emissões de ondas magnéticas de nível inferior? E como os elementos portadores de vibrações inferiores não poderão harmonizar-se com os demais, o remédio é afastá-los daqui para outros mundos, onde irão ingressar em nova onda de vida.

Dada esta explicação sucinta, repetindo informação veiculada em capítulo anterior, desejo dirigir-me a quantos se sintam em condições de integrar o ambiente do terceiro milênio, que felizmente ainda são maioria, neste momento. Desejo pedir a estes irmãos que meditem seriamente sobre o assunto, na certeza de que essa meditação constituirá um belo esclarecimento para seus Espíritos.
Vai por todo o plano espiritual próximo à Terra uma enorme movimentação de vontades, na preparação do advento da nova civilização na Terra. Existe ali, igualmente, uma numerosa equipe de Entidades de grande luminosidade, cuja tarefa é auscultar os pensamentos irradiados pelos encarnados; e, para qualquer pensamento indagador, em torno das necessidades de conhecimento e evolução dos terrenos, outro pensamento esclarecedor é prontamente irradiado. Desta maneira, está o Espaço sinceramente empenhado em salvar o que puder ser salvo da humanidade, a fim de que possam os salvos ser aproveitados.

Salvos como? — perguntareis vós. Sim, irmãos meus; salvos serão aqueles que se esforçarem desde agora por melhorar seu nível mental e moral, passando a encarar a vida pelo verdadeiro prisma da evolução do Espírito, e unicamente por este lado, refreando suas paixões, desarraigando todo sentimento de ódio, vingança, vaidade, inveja, egoísmo e outros que não podem contribuir para a felicidade do Espírito.

Imaginai por um instante ser vosso Espírito um balão preso ao solo por sacos de areia com os nomes daqueles maus sentimentos. Se desejais que o vosso balão se alce à atmosfera, necessário será desligá-lo dos sacos que o prendem ao solo. Se o fizerdes apenas a dois ou três daqueles pesos, a subida será difícil e poderá o balão retornar violentamente ao solo com grave prejuízo para o piloto. Então, o melhor será cortar as amarras de todos os sacos de areia, e o balão (vosso Espírito) se alçará inteiramente liberto dos prejuízos da matéria, e penetrará feliz no mundo espiritual, assim que sua hora chegar na ampulheta do tempo.

Meditai, pois, irmãos meus, naquilo que realmente interessa à vossa vida infinita, e recebereis todos os esclarecimentos de que necessitardes. Bens terrenos, riqueza, poder, tudo isso pertence à Terra e nela tem de ficar. Muito feliz poderá dizer-se quem, possuindo esses bens materiais, puder manter bem alto o seu nível moral e mental, fazendo uso deles para aliviar o sofrimento de alguém ou contribuindo para o bom encaminhamento dos menos aquinhoados.

Tende sempre presente, irmãos meus, que a posse da riqueza constitui bem séria prova para o Espírito. Aqueles que souberem usá-la também em favor de outrem, terão vencido essa prova, demonstrando-se aptos a maiores concessões por parte da Divina Providência. Vencer a prova da riqueza é, por conseguinte, um ato de bondade mas igualmente de heroísmo, para aqueles que o fizerem.

Nosso Senhor deseja que todos os Espíritos encarnados na atualidade, possam regressar ao mundo espiritual em condições de poderem integrar-se na humanidade  em que a nova civilização será implantada na Terra. Poderá Nosso Senhor contar contigo, meu querido irmão? É o que sincera e ardentemente deseja, este teu dedicado — Irmão Tomé.