Passa já da hora o vosso despertar espiritual . . . Saiba que a tua verdadeira pátria é no mundo espiritual . . . Teu objetivo aqui é adquirir luzes e bênçãos para que possas iluminar teus caminhos quando deixares esta dimensão, ascender e não ficar em trevas neste mundo de ilusão . . .   Muita Paz Saúde Luz e Amor . . . meu irmão . . . minha irmã

sexta-feira, 24 de outubro de 2014

27. JESUS PRECISA DE VOCÊ - Livro: As Forças do Bem.





Sempre que os mensageiros do Senhor recebem a incumbência de trabalhar no plano físico, em contato, portanto, com os Espíritos encarnados, a primeira coisa que pedem ao Divino Mestre é a compreensão dos encarnados para a missão que lhes é confiada. E isto porque as condições peculiares à existência no plano físico consistem na impermeabilidade das consciências às idéias luminosas vindas do Alto.

Assim, todos aqueles que, como eu, se encontram presentemente trabalhando junto aos irmãos encarnados fizeram como eu próprio aquele pedido ao Senhor, numa prece do coração diretamente ao coração do Divino Mestre.

Eu alimento, pois, a luminosa esperança de que minhas palavras sejam lidas, relidas e meditadas por quantos tiverem a ventura de possuir este volume, e que, a cada nova leitura, encontrem uma nova idéia que possa fazê-los compreender, afinal, este grande objetivo da vida: a iluminação gradual do seu Espírito.

Irmãos meus, amigos meus! Muito felizes se sentirão realmente aqueles que deliberarem aproveitar alguns minutos do seu tempo diário para entrar em contato com o Senhor por meio da oração noturna, e muito mais felizes ainda os que isto puderem fazer de manhã e à noite. Esta prática demonstrará, em pouco, a todos os queridos irmãos que deliberarem segui-la, um novo caminho iluminado em meio às trevas que envolvem a vida terrena, que é o caminho da felicidade verdadeira.

Existem no plano espiritual ensinamentos e práticas prontos para serem trazidos a este plano físico, que muito devem contribuir para eliminar muitas das causas de sofrimento que atingem os Espíritos encarnados. A vinda e divulgação de tais ensinamentos está apenas dependendo da preparação daqueles que deverão recebê-los, para felicidade e iluminação de seus Espíritos. Os irmãos a quem tais ensinamentos e práticas serão revelados não foram e não estão sendo previamente escolhidos, porque Nosso Senhor não concede privilégios a nenhum de seus guiados da Terra. Ele prefere antes convidar a todos a se prepararem para merecer a graça de receberem poderes e luzes para se tornarem realmente seus servidores, e a esses confiará então luzes e poderes suficientes para seu novo apostolado. Quão venturosos se sentirão, por conseguinte, todos quantos, compulsando as páginas deste livro, se dedicarem à prática da oração diária, numa perfeita comunhão com o Senhor! Dentre esses é que o Senhor designará os que, pela sua sinceridade, pela boa vontade e sua fé, estiverem devidamente preparados para o serviço divino na Terra.

Irmãos queridos: não há nenhum exagero de minha parte, em vos declarar que o bom aproveitamento do tempo que ainda vos resta da presente encarnação poderá alçar-vos às regiões habitadas pelas Entidades canonizadas pela Igreja Católica, em sua prática tradicional de distinguir Espíritos valorosos que viveram em vosso meio.

Desejo informar-vos, paralelamente, que em grande número dos irmãos encarnados que estas páginas compulsarem, vivem Entidades de grande poder e evolução, sem que disso se hajam apercebido até hoje. Isto sucede pelos motivos já apontados, relativamente à impermeabilidade da memória física aos compromissos do Espírito. Assim, pois, posso assegurar-vos que numerosos irmãos, altamente evoluídos, estão vivendo existência, aparentemente obscura, e podem seguramente recobrar conhecimentos e poderes que se encontram arquivados em sua memória espiritual. E não havendo, como não há, senão um meio de despertar essa memória, que é o hábito da oração sincera praticado quotidianamente, nenhuma dificuldade se opõe a que cada um dos meus leitores desperte prontamente poderes e virtudes de que é possuidor, conquistados em penosas encarnações anteriores, neste mundo de sofrimentos sem conta.

Vamos, então, amigos meus, irmãos meus! Nosso Senhor necessita do vosso concurso, da vossa cooperação, nesta campanha de esclarecimento a que muitos emissários Seus sinceramente nos devotamos.

Espíritos de santos e de heróis que este volume possuís; Espíritos valorosos que noutras encarnações já integrastes as falanges de trabalhadores do bem na Terra; Espíritos de mártires que valorosamente enfrentastes e vencestes quantas batalhas do Espírito contra o Espírito das trevas: eu vos concito a meditardes um pouco sobre vosso passado de bons servidores de Nosso Senhor, e que aqui viestes exatamente para o prosseguimento deste santo labor. Creio poder assegurar-vos, amigos meus, que em cada cinco leitores destes conselhos, nada menos de três encarnados têm grandes coisas a realizar. Meditai, então, irmãos de boa-vontade; meditai sobre o vosso passado, e vosso círculo de Protetores Espirituais vos iluminará o raciocínio, para que vos possais encontrar a vós mesmos. Fazei isto a partir de hoje, porque o Senhor precisa de todos os bons obreiros de sua vinha, e vós estareis certamente entre os mais capazes e eficientes.

E o que teremos nós a fazer depois? — indagareis certamente. O que vos incumbirá poderá parecer-vos pouco, mas será realmente muito para Nosso Senhor. O que podeis fazer e certamente o fareis, é inteirar-vos do sentido de cada um destes conselhos e desdobrá-los em palavras vossas perante vossos amigos, vossos conhecidos, seja do alto da tribuna em que vos encontrardes, seja através da palavra amiga, simples, cordial e fraterna, ampliando ininterruptamente o sentido de quanto vos tenho ditado neste livro.

Nosso Senhor abençoará, agradecido, esse vosso trabalho, em prolongamento daquele que noutras vidas já lhe oferecestes, aumentando vosso galardão espiritual que no Alto deixastes guardado em Suas mãos, ao partirdes para a presente encarnação.

Se, conforme declarei em princípio, em cada cinco de meus leitores se encontram três galardoados espiritualmente, nada impede que os outros dois façam jus igualmente ao seu galardão, dedicando também o tempo que puderem à propagação destes conselhos. Jesus fará como aquele agricultor da parábola, que mandou pagar aos trabalhadores da undécima hora salário igual aos da primeira. E vós todos vereis oportunamente que a Justiça Divina não recompensa o servidor pela quantidade de horas ofertadas, mas pela qualidade do trabalho realizado.

Eis, portanto, uma das oportunidades concedidas aos Espíritos encarnados para alcançarem a luz espiritual, que há dezenas de milênios buscam através de encarnações vividas sabe Deus em que condições e dificuldades, e nesta hora decisiva se encontram na Terra.

Seja qual for a vossa ocupação material; seja qual for a graduação de vossa atual condição humana; seja qual for o posto que ocupeis na escala social, cada um de vós desceu à Terra para fazer algo em certa oportunidade. Essa oportunidade acaba de chegar; os tempos que aí vêm devem encontrar cada trabalhador em seu posto de operação, que é, no caso, ingressado nesta grandiosa Cruzada de esclarecimento de todos os encarnados, acerca de seus compromissos espirituais.

Fazei, pois, a vossa parte, irmãos meus! Despertai a vossa memória milenar, e lá encontrareis a razão da vossa atual existência terrena. E em conseqüência desse despertar, recebereis de Nosso Senhor poderes e dons especiais para a execução de vossa luminosa tarefa. Vossa oportunidade acaba de chegar. Será provavelmente a única se não for a última, na presente encarnação.

Sempre que necessitardes de algum novo conselho, de algum esclarecimento, chamai em vosso coração este vosso dedicado — Irmão Tomé.