Passa já da hora o vosso despertar espiritual . . . Saiba que a tua verdadeira pátria é no mundo espiritual . . . Teu objetivo aqui é adquirir luzes e bênçãos para que possas iluminar teus caminhos quando deixares esta dimensão, ascender e não ficar em trevas neste mundo de ilusão . . .   Muita Paz Saúde Luz e Amor . . . meu irmão . . . minha irmã

quarta-feira, 22 de outubro de 2014

26. A LEGIÃO DO “SIM” - Livro: As Forças do Bem





Uma das maiores dificuldades que se antepõem aos Espíritos encarnados é encontrar o caminho certo de suas atividades terrenas para obterem o que se denominou o “êxito na vida”.

Isto não constitui, evidentemente, nenhuma novidade, visto ser cada um testemunha deste fato, tendo se dedicado no início de sua vida a atividades que foram variando com o decorrer dos anos, até se firmarem naquela em que alcançaram relativo ou grande sucesso.

Pouquíssimas são as pessoas, por conseguinte, que enveredaram desde tenra idade pelo caminho em que se mantiveram até ao fim da vida. E por quê? — pergunto eu. Eu mesmo responderei dizendo que tal fenômeno decorre em grande parte, para não dizer que exclusivamente, do esquecimento operado na memória do Espírito ao tomar um novo veículo de carne, ou seja uma nova reencarnação.

Daí o trabalho paciente dos Protetores que acompanham na Terra os passos de cada ser humano, procurando conduzi-lo ao gênero de atividade que lhe convém.

Casos existem e muito freqüentes, de se tornar necessário ir deslocando pacientemente o encarnado dos postos que ocupa, até alcançar aquele em que ele terá oportunidade de adquirir o grau de elevação espiritual que veio buscar na Terra. E acontece também, muito freqüentemente, ser o encarnado afastado de certas atividades contra sua vontade, chegando a considerar-se algumas vezes abatido ante o acontecimento ou fato que houver determinado a perda da posição até então ocupada.

Isto acontece precisamente pelo esquecimento da memória espiritual completamente sombreada pela memória física. Mas quando um tal acontecimento se verifica, isto é, quando o ser encarnado sofre a perda de uma posição na qual se sentia bem, e não haja dado motivos para isso, é, irmãos meus, que o que chamais Divina Providência está agindo à revelia e para o bem do encarnado. São bastante conhecidos fatos deste gênero, após os quais a pessoa humana em causa terá alcançado um tão grande êxito que continuamente bendiz o que antes lhe sucedeu, porque foi exclusivamente para o seu bem.

Ora, irmãos queridos, esquecimento semelhante da memória espiritual dos homens e mulheres encarnados, verifica-se a respeito de compromissos seríssimos assumidos pelo Espírito perante seus Protetores ao preparar sua nova descida à Terra, em busca de novas e maiores luzes. Dada a impermeabilidade da memória física aos compromissos assumidos no Alto pelo Espírito ora reencarnado, o que sucede então? Apenas isto: o ser encarnado, preocupado até à medula, como usais dizer na linguagem terrena, preocupado exclusivamente com os interesses e ganhos puramente materiais, arrasta-se na face da Terra durante dezenas de anos, e, encerrado o ciclo, regressa ao Espaço, algumas vezes em piores condições; digo bem, porque, lamentavelmente, alguns dos nossos irmãos regressam com a consciência carregada de faltas que antes não haviam praticado. E depois... ante a dificuldade de apagá-las, ei-los a penar dolorosamente o esquecimento de seus sagrados compromissos.

Para tratar de assunto de tamanha importância, qual seja o esclarecimento dos encarnados da hora que passa, foi organizada no plano espiritual uma grande cruzada que está prosseguindo por toda a Terra, segundo as possibilidades encontradas junto aos irmãos encarnados. Legiões de trabalhadores desencarnados, ingressados espontaneamente nesta cruzada, espalham-se por toda parte, aconchegados aos Espíritos cujos corpos repousam durante o sono, e procuram despertar neles aqueles sagrados compromissos de serem bons para com seus irmãos, humildes e compassivos, como desejariam que todos os demais fossem para com eles mesmos. Infelizmente, porém, a maioria desses Espíritos encarnados subestima tão úteis conselhos, sob a falsa alegação de que de nada precisam para a sua felicidade terrena.

Isto é infelizmente verdade; e como nada pode ser ensinado contra a vontade do aluno, é de ver-se a tristeza que se apodera das Entidades que só procuram ajudar, ante o endurecimento dos encarnados.

Designado que fui também para este setor de trabalho da grande cruzada de esclarecimento, estou prosseguindo nos meus conselhos aos homens e mulheres, um dos quais é você que estas páginas vem compulsando, devendo dizer-lhe que a Providência Divina, em sua perfeição e sabedoria, oferece a todos os homens e mulheres um meio altamente eficaz de poderem recordar sua memória espiritual presentemente esquecida: é a prática diária da meditação a que aludi em capítulo anterior. A meditação é a penetração do Espírito encarnado em seus arquivos que formam a memória espiritual, cujo hábito lhe proporcionará alegrias que a palavra é impotente para traduzir. E uma vez despertada a memória espiritual, recordados serão os compromissos do encarnado quando obteve permissão para descer à Terra.

Esta cruzada de esclarecimento da humanidade terrena está sendo executada sob a chefia imediata de Nosso Senhor, ante a fatalidade dos prazos concedidos a todos para enveredarem pela única senda a que aspiram: a iluminação espiritual. E como estão a esgotar-se esses prazos para o Sim e para o Não, Nosso Senhor, que não deseja perder nenhum dos Espíritos cuja evolução lhe foi entregue pelo Pai Celeste, organizou e chefia esta grande cruzada, da qual este irmão que vos fala é um dos menores elementos.

Chegaram pois os tempos do Sim ou do Não, meus queridos irmãos. Aquele que, tendo em mão estes e outros conselhos, mediante cuja aceitação procura adquirir a luz de que ainda carece, esse será considerado membro da Legião do Sim, e sua iluminação estará assegurada em seu próximo regresso ao mundo espiritual.

Aqueles, porém, que a despeito de quanto leram, viram e ouviram, preferirem manter-se alheios ao chamamento dos membros desta cruzada de esclarecimento, esses, meus queridos irmãos, que eu desejo sejam bem poucos, poderão apresentar desde logo suas despedidas à Terra, porque com toda a probabilidade aqui jamais voltarão. Esses irão conhecer mundos muito semelhantes ao que foi a Terra há uns quarenta mil anos, nem eu bem sei.

Se as coisas vão se passar desta maneira, eu que só desejo o engrandecimento da Legião do Sim, recuso-me a acreditar que possa haver alguém, por mais cético ou endurecido que seja, que se não modifique depois de tomar conhecimento das minhas palavras, que são verdades autênticas. Não seria crível que um Espírito que já alcançou elevadíssimo grau de iluminação, um Espírito que se comoveu totalmente ao escutar a pregação de Jesus de Nazareth, e nunca mais dele se afastou, não seria crível, repito, que um Espírito inteiramente devotado ao progresso espiritual da humanidade terrena viesse dizer fantasias em lugar de verdades aos seus irmãos encarnados. Todo o meu empenho, todo o meu esforço, toda a minha dedicação que estas palavras traduzem, tem um só, um único objetivo: é contribuir para que todos os homens e mulheres, viventes na Terra na hora que passa, façam um derradeiro esforço para merecerem ingressar na Legião do Sim, aquela que terá permissão para voltar à Terra, em sua próxima fase de mundo espiritualizado.

Eis, meus irmãos, o que minha sinceridade de Espírito evoluído vos deixa neste conselho, para, que façais agora a vossa parte, e certamente a fareis. Sempre convosco para o que precisardes, este vosso amigo dedicado. — Irmão Tomé.