Passa já da hora o vosso despertar espiritual . . . Saiba que a tua verdadeira pátria é no mundo espiritual . . . Teu objetivo aqui é adquirir luzes e bênçãos para que possas iluminar teus caminhos quando deixares esta dimensão, ascender e não ficar em trevas neste mundo de ilusão . . .   Muita Paz Saúde Luz e Amor . . . meu irmão . . . minha irmã

sexta-feira, 31 de outubro de 2014

31. O MUNDO DE AMANHÃ – Livro: As Forças do Bem.





Desenvolve-se presentemente no plano espiritual particularmente relacionado com a Terra, um trabalho intenso de preparação do que bem se pode chamar o Mundo de amanhã. O Mundo assim designado, cuja preparação ocupa desde muitos anos uma grande equipe de cientistas, filósofos, artistas, psicólogos, juristas, médicos, engenheiros, enfim um número extraordinário de Espíritos altamente evoluídos, esse Mundo será a fase a ser implantada na Terra.

Estudou-se atenta e profundamente todos os detalhes, por assim dizer, dessa nova civilização terrena, que outra coisa não senão a vida a ser aqui instalada muito brevemente. Estudou-se cada detalhe particular dessa nova civilização, no que diz respeito à condição humana propriamente dita, sua educação moral, relações sociais e políticas, visando atingir no menor prazo possível a harmonia e união de todos os povos terrenos.

Há certamente detalhes que eu não posso revelar desde já, por constituírem particularidades somente conhecidas dos desencarnados evoluídos, as quais deverão aparecer a seu tempo na Terra. Mas posso dizer-vos desde agora que os Espíritos cuja reencarnação será permitida no decorrer do século XXI, serão submetidos previamente a experiências que tanto podem ser feitas no Espaço, como podem ter início aqui mesmo dentro em pouco, durante a encarnação em curso. Exigir-se-á daqueles que desejarem voltar à Terra, quando a vida aqui poderá ser comparada à vida de um pequeno paraíso, exigir-se-á desses Espíritos um elevado grau de fraternidade e uma afirmação segura, intransigente, de uma moral perfeita em todos os sentidos. Moral correta deverá formar a base do entendimento entre os homens e mulheres do futuro na Terra, entre as operações do comércio, indústria e todas as demais, de maneira que uma única seja a preocupação dos seres humanos: amarem-se reciprocamente e reciprocamente se repartirem o que mais tiver com o que necessitar, tornando então uma realidade na Terra o primado do Espírito.

Este primado, como já foi explicado em outro capítulo, representará em última análise a aplicação correta das leis morais que regem a vida no Universo, em que os seres inteligentes compreendem que a felicidade e o bem-estar do semelhante contribuem decisivamente para sua própria felicidade. Firmar-se-á então definitivamente na Terra o luminoso princípio enunciado por Nosso Senhor Jesus Cristo: amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a si mesmo.

Isto posto, dir-vos-ei em seguida que será apresentado à Humanidade verdadeiras maravilhas no que respeita à vida terrena, eliminando e substituindo numerosos processos tão apreciados nos dias que correm. Mas, se no Espaço se trabalha incansavelmente na preparação de uma vida melhor para os homens e mulheres, igualmente se preparam os Espíritos que aqui terão permissão de reencarnar.

A missão que este mensageiro que vos fala está desempenhando, assim como os milhares de outros de quem já vos falei, está estreitamente ligada a esse plano elaborado no Espaço. Não poderão voltar à Terra e não voltarão seguramente, os Espíritos que apenas têm enxergado em suas múltiplas vidas terrenas o objetivo de amealhar tesouros, na tentativa de se tornarem poderosos, ricos, abastados. Esta classe de Espíritos, dos quais infelizmente ainda avulta a humanidade atual, tem constituído sério obstáculo ao progresso da coletividade, e sobretudo ao seu próprio.

Espíritos que fazem por ignorar a existência de Deus e suas leis, Espíritos que se deitam e levantam como se irracionais ainda fossem, Espíritos para quem os ensinamentos religiosos não foram mais que simples obrigação na infância — quando o foram realmente — esses infelizmente não poderão reencarnar num mundo de amor, de paz, de bem-aventurança, onde o espírito de renúncia deve caracterizar o ser humano.

Surgiu daí um outro problema perante os Dirigentes Espirituais da humanidade terrena, que é o destino a dar a estes irmãos, que, não sendo inteiramente endurecidos nem transgressores habituais das leis divinas e humanas, não serão encaminhados àquele planeta de que me ocupei anteriormente. Estuda-se, assim, o destino a dar a todos aqueles que, tendo tomado conhecimento destes conselhos autorizadas pelo Divino Mestre, continuarem a desconhecê-los por conveniência própria, na ilusão de que pondo-os em prática ou não, o Sol continuará a nascer diariamente como há milhões de anos.

Ah! irmãos queridos; devo dizer-vos que se iludem completamente aqueles que assim procederem. A Grande Cruzada de Esclarecimento que ora se desenvolve por todo o solo terreno, deve ser considerada decisiva para todos os homens e mulheres do presente. Deveis mesmo considerá-la como sendo a Última Chamada que as Forças do Bem deliberaram lançar a todos os Espíritos encarnados presentemente na Terra; e sendo esta a última, esperanças não deveis alimentar de que outra oportunidade virá.

Certo é, realmente, que aceitando ou não os conselhos que este vosso irmão mais velho vos traz, aceitando-os, pondo-os em prática ou desdenhando-os, o Sol não deixará de surgir cada manhã, continuando a iluminar e aquecer a face da Terra como sempre o fez; vossa situação, irmãos meus, vosso futuro bem próximo é que poderá mudar, nunca evidentemente para melhor, porque o crivo espiritual selecionará aqueles que demonstraram possuir o desejo sincero de alcançar o grau de iluminação que vieram buscar na Terra. Somente, por conseguinte, os homens e mulheres que se esforçarem no sentido de sua elevação espiritual, é que virão a ser incluídos entre os bem-aventurados habitantes do solo terreno nos dias futuros. Se isso dependesse apenas da vontade divina, do desejo de Nosso Mestre e Senhor, tudo estaria resolvido desde agora, porque o Senhor do Mundo outra coisa não deseja que não seja a salvação de todo o seu rebanho.

Estou a adivinhar uma pergunta que certamente me faríeis se comigo pudésseis avistar-vos, e que seria provavelmente a seguinte: — E para onde seguirão os Espíritos que porventura desdenharem os vossos conselhos? Esses irmãos, meus queridos, serão designados pelas Forças do Bem para o desempenho de tarefas especiais compatíveis com suas aptidões, onde possam adquirir o mérito que não quiseram adquirir na Terra. Imaginemos, para melhor esclarecer a vossa curiosidade, que um homem possuidor de sólida cultura terrena, um jurista, por exemplo, que em toda a sua vida recusou aceitar o princípio da evolução espiritual através de reencarnações sucessivas, e se conserva inteiramente materialista no sentido real, grosseiro, da expressão, este Espírito irá cursar escolas espirituais elementares, onde possa reformular suas idéias e princípios errôneos. Ali, assim como as crianças nas escolas primárias, irá aprender o bê-á-bá da ciência espiritual, cujo aprendizado não tem limite de tempo, podendo durar cem, duzentos, quinhentos ou até mil anos, o que para o Espaço nada significa. E quando tiver assimilado esses princípios, se merecimento houver, será então encaminhado a viver num mundo adequado ao seu nível mental, que, entretanto, não poderá ser mais a Terra, cuja onda de vida ele perdeu de vista.

Para não me alongar demasiado no assunto, que é interessante para vossa edificação, prometo voltar a ele oportunamente, se permissão me for concedida para isso. Por hoje aqui se despede e vos abençoa o vosso dedicado amigo — Irmão Tomé.